Canais
Entidades
publicado em 08 de agosto de 2017 - 22h58

Entidades de turismo e eventos se organizam para Expo2022

Antiga bandeira da Revista Eventos, a Expo2022 tem como objetivo ser um festival integrado e também marcará o centenário do Semana de Arte Moderna.

Da Redação

Duas datas importantes irão comemorar 200 e 100 anos respectivamente em 2022: a proclamação da independência do Brasil e a realização da Semana de Arte Moderna. Para comemorar esse marco, entidades do setor de turismo e eventos se encontraram para a realização de um grande festival integrado: a Expo2022.

“Bandeira da Revista Eventos há mais de 15 anos, objeto de uma ampla reportagem na edição 16, editoriais em edições seguintes, pronunciamentos tanto nas cerimônias de abertura do Prêmio Caio, quanto do Fórum Eventos, as comemorações do Bicentenário da Independência e do Centenário da Semana de Arte Moderna, na cidade de São Paulo, tem seu marco neste comitê com cinco anos de antecedência”, enfatiza Sergio Junqueira, publisher do Portal Eventos.

A primeira reunião do comitê organizador contou com a presença de Juan Pablo De Vera Barbieri, 1º vice-presidente do Conselho de Administração do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) e presidente do Conselho de Administração da União Brasileira de Promotores de Feiras (Ubrafe); Toni Sando, presidente executivo do SPCVB e presidente da Unedestinos; Sergio Junqueira Arantes, da Academia Brasileira de Eventos e Turismo e publisher da Revista Eventos; Wilson Ferreira Junior, presidente da Associação de Marketing Promocional (Ampro) e vice-presidente do Conselho Curador SPCVB; Ênio Vergeiro, presidente da Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) e do Conselho Consultivo SPCVB; e Rogério Hamam, da R.Hamam Eventos e do Conselho Consultivo SPCVB.

O projeto será coordenado pelo SPCVB e prevê atividades integradas em diversos locais de São Paulo por todo o ano de 2022, já que a capital paulista foi palco para esses dois grandes eventos da história do país: às margens do Rio Ipiranga, em 1822, e no Teatro Municipal, em 1922. "Esses dois marcos foram essenciais para o rumo do Brasil, seja na questão da independência de Portugal, seja na arte vanguardista dos modernos. A Expo2022 vai prestar uma grande homenagem e pretende também ser um divisor de águas na história", contou Juan Pablo De Vera Barbieri.

Fonte: Assessoria

Veja também:

08/12/2017
Cetur/CNC conclui série de debates sobre as perspectivas do turismo brasileiro
Documento que reúne discussões e propostas geradas pelo trade nos encontros da Confederação será entregue aos Poderes Legislativo e Executivo e lideranças do trade turístico nacional
07/12/2017
Curitiba homenageia eventos que se destacaram em 2016 e 2017
Setor de turismo celebra resultados
06/12/2017
FOHB realizou Workshop sobre Distribuição em São Paulo
Encontro reuniu executivos das redes associadas no Grand Mercure São Paulo Ibirapuera.
06/12/2017
Ampro aposta em continuidade para gestão 2018 / 2019
Wilson Ferreira Junior e Celio Ashcar Junior permanecem como presidente e chairman. Diretoria ganha novas vice-presidências e Comitês para colocar em prática os pilares da próxima gestão
Newsletter
Receba as novidades