Canais
Eventos
publicado em 16 de novembro de 2016 - 11h10

Instituto Cultural ESPM realiza exposição com os principais ícones da publicidade

Dos colecionadores Giacomo Favretto e Evandro Piccino, as peças que fizeram história e compõem a memória afetiva da população, farão parte da exposição “Ícones que Marcam”, realizada no Centro Cultural Fiesp, e serão retratadas em livro

Da Redação

Quando pensamos em marcas como não lembrar do Homenzinho Azul de Cotonetes; da Galinha Azul da Maggi; do Bibendum da Michelin; e do Frango da Sadia? São ícones que marcam porque ocupam espaço significativo na memória afetiva de pessoas de diferentes gerações.

Com a finalidade de resgatar, qualificar e teorizar o que há por trás destes símbolos, mascotes e personagens, o Instituto Cultural ESPM recorreu às coleções de Giacomo Favretto, fotógrafo, e Evandro Piccino, pesquisador e estudioso. Eles preservam acervos com centenas de ícones e participaram da edição do livro e organização da exposição “Ícones que Marcam”, que ficará aberta para visitação no Centro Cultural Fiesp (Av. Paulista, 1.313), entre os dias 17 de novembro e 11 de dezembro, com entrada franca.

A exposição “Ícones que Marcam” é formada por diferentes ambientes, justamente para facilitar a compreensão do visitante: Ícones Clássicos Nacionais e Globais – estão ativos no mercado e/ou presentes na memória afetiva das pessoas; Ícones Atuais – apesar de ativos no mercado, ainda não poderiam ser eleitos para um imaginário ‘Hall da Fama’; e Ícones Clássicos Internacionais – não vieram ao Brasil, mas são reconhecidamente importantes no repertório global do marketing e da publicidade.

Para Geraldo Alonso Filho, diretor do Instituto Cultural ESPM, apesar de ter apenas quinhentos anos, o Brasil é rico em histórias, porém, o acervo que as conta ainda é muito pequeno. Nossa intensão com o projeto ‘Ícones que Marcam’ é valorizar a importância desse precioso instrumento de marketing”, explica.

Durante a exposição, serão exibidos mais de 140 comerciais de televisão estrelados por personagens marcantes como o Menino dos Cobertores Parahyba, o Tucano da Varig, a Chiquita Banana da United Fruit e a Gang da Bardhal. Também estarão disponíveis seis diferentes minidocumentários, produzidos especialmente para o projeto. Cada um deles traça o perfil de um ícone, tendo como base entrevistas exclusivas com criadores, animadores e profissionais de marketing e publicidade.

A exposição e a publicação do livro “Ícones que Marcam” contam com o patrocínio, através da lei Rouanet, do Bradesco, anunciante que participou ativamente na história dos ícones brasileiros como o Chip, a Turminhado Prev Jovem Bradesco e o robô Link 237.

“Ícones que Marcam” sucede a outras iniciativas inéditas do Instituto Cultural ESPM, como os livros Partituras Publicitárias, Antes do Rádio e Annuncios do Almanak de Laemmert: 1919, 1923, 1924, lançados em 2013 e 2014, respectivamente. Todos coerentes com a crença da Escola de que há história em seu futuro.

Serviço

Exposição: Ícones que Marcam

Local: Centro Cultural Fiesp – Espaço Fiesp (Av. Paulista, 1.313 – estação Trianon-Masp do Metrô)

Período: de 17 de novembro a 11 de dezembro

Horário: diariamente, das 10h às 20h, com entrada permitida até 19h40

Valor: Entrada franca

Mais informações: (11) 3549-4499


Veja também:

16/10/2017
Malai Manso (MT) recebe primeiro leilão de cavalos
Cerca de 800 pessoas são esperadas para um evento imperdível de cavalos e competições equestres.
11/10/2017
InterContinental São Paulo oferece ingresso para o Brasil Gam
Apoiador da Brasil Game Show (BGS), o hotel desenvolveu pacotes de hospedagem incluindo ingresso para o evento.
10/10/2017
São Paulo Oktoberfest comemora sucesso da primeira edição
Os números mostram que o paulistano abraçou a cultura alemã, curtiu as músicas típicas e apreciou os pratos com sabor germânico.
10/10/2017
VillaMix recebe 40 mil pessoas em 10 horas de programação
Evento aconteceu neste sábado (7/10), no Estádio do Morumbi, com apresentação de dez atrações.
Newsletter
Receba as novidades