Diversidade e Turismo
Bayard Boiteux
"Turismo é aprender a conhecer outras culturas, respeitá-las e sobretudo fazer de cada morador um aliado no desenvolvimento turistico"
Bayard Boiteux
08
julho
2014

10 pontos positivos e 10 pontos negativos da Copa

escrito por Bayard Boiteux

Finalmente, a Copa acaba no domingo 13 de julho, na cidade do Rio de Janeiro. Acompanhei o evento daqui da cidade maravilhosa e com outros observadores nas outras cidades sedes. Seguem os pontos positivos e negativos do evento na minha opinião,

Pontos negativos

  1. Preços surreais praticados por hotéis e restaurantes.
  2. Falta de infraestrutura em atrativos turísticos, como o Corcovado, onde as pessoas chegaram a esperar 5 horas no Largo do Machado pelo transporte.
  3. Truculência dos jogadores sem fair-play resultando em mordida e no acidente com o grande Neymar.
  4. Irregularidades na venda de ingressos envolvendo de alguma forma a FIFA.
  5. Segurança precária nos estádios, ocasionando duas invasões por torcidas chilena e argentina, no Maracanã.
  6. Informações dadas no metrô do Rio num inglês com sotaque ruim e sem atentar para a necessidade do espanhol.
  7. Festa de abertura, embora nos moldes FIFA, sem nenhuma criatividade e com apresentações esdruxulas.
  8. Taxistas se aproveitando dos turistas no Rio, cobrando preços exorbitantes e fora do taxímetro.
  9. Serviço de alimentos e bebidas nos estádios deficiente.
  10. Estádios que não terão nenhuma serventia após a Copa, efetivamente, como os de Brasilia e Manaus.

Pontos positivos

  1. Alegria das torcidas e interação com a população anfitriã.
  2. Quantidade de matérias positivas relatando a boa organização do evento e nossas belezas naturais no Brasil e no exterior.
  3. Alguns legados importantes,como o BRT Transcarioca no Rio, que liga a Barra ao Aeroporto Tom Jobim, mas atende inúmeros bairros da cidade com transporte de massa.
  4. Os postos de informações turísticas da Riotur, que espero sejam mantidos após a Copa.
  5. Os eventos culturais paralelos gratuitos.
  6. A gentileza e respeito pelo Brasil de algumas torcidas como a holandesa  e a alemã.
  7. A presença das forças de segurança nas áreas turísticas.
  8. O envolvimento da população anfitriã no evento, que começou frio mas que vai esquentando rumo a final.
  9. O trabalho dos voluntários, que deveria ser melhor reconhecido e, num futuro, remunerado.
  10. Uma melhoria da autoestima dos brasileiros, vendo o evento acontecer com falhas, mas com garra e profissionalismo.

Agora, é torcer para que estejamos na final, mas sobretudo fazer da Copa 2014 um exemplo para o mundo de nossa competência em realizar eventos e começar nosso preparo para as Olimpíadas.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades