Diversidade e Turismo
Bayard Boiteux
"Turismo é aprender a conhecer outras culturas, respeitá-las e sobretudo fazer de cada morador um aliado no desenvolvimento turistico"
Bayard Boiteux
05
setembro
2015

Importância dos eventos na formação acadêmica

escrito por Bayard Boiteux

As grades curriculares precisam de atualização constante,sobretudo na atividade turistica,onde passamos por mudanças rápidas e contínuas que precisam ser resgatadas para nossos discentes.Tal providência não é fácil,pelas burocracias impostas pelas autoridades regulatórias e pelas IES internamente.Precisamos buscar uma solução rápida e talvez a melhor resposta sejam as atividades complementares previstas em lei,que podem de forma real manter nossos alunos atualizados.

desenvolvidas em diversos formatos,dentro de uma visão sistêmica do curso e de sua interação com o trade turistico,o entonno e a disponibilidade de tempo e orçamentária dos alunos.

Em nossa humilde opinião,a melhor forma é sempre sistematizá-las,através de um calendário apresentado no principio do semestre para os alunos.Elas não podem ir nascendo de forma aleatória,excetuando se forem possibilidades de alcance grande e que nasçam repentinamente.As instiuições devem criar ambientes internos para sua divulgação,lembrando que grupos no FB são vitais hoje ,uma vez que os alunos estão ligados quase "full time" ao aplicativo.Lembramos,que IES avançadas retiram o registro e cômputo daas atividades ,assim como a sua divulgação das mãos do coordenador.Vivencio ,hoje,um exemplo de excelência no centro universitário,onde atuo como gestor.

Uma das modalidades,que me parece mais conveniente são os eventos internos acadêmicos,que podem ser operados com palestras,workshops e seminários,onde os alunos tenham inclusive participação na organização,através de laboratórios acadêmicos ou projetos de extensão.Faz-se necessário trazer para o ambiente interno acadêmico,profissionais de sucesso no mercado e ideias inovadoras,que possam suscitar discussões e novos paradigmas nas atuações profissionais.

A construção da formação não se pode ,de forma alguma ,se ater à relação ensino-aprendizagem em sala de aula e os alunos devem ser constantemene impelidos a partuicipar de eventos externos também,não só de sua área de atuação mas interagindo com áreas de conhecimento periféricas,que abram suas cabeças e formem individuos pensantes,globalizados,curiosos mas prontos para uma melhor empregabilidade.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades