Feiras & Exposições
Paulo Passos
"Não olhe para o ciclo de vida do produto: olhe para o ciclo de vida do mercado"
Philip Kotler
30
novembro
2017

Experiência

escrito por Paulo Passos

Muito se fala da famosa experiência, mas o que vem a ser? O Aurélio define como ensaio, tentativa, conhecimento adquirido por prática, estudos, observação ou ainda, homem de experiência: homem conhecedor das coisas da vida.

Mas afinal, o que é experiência?

No começo dos anos 80, projetei um pequeno stand para um empresa de móveis planejados, destacando-se cozinhas, estantes e armários para quartos. Uma empresa que tenho orgulho em ter trabalhado onde tenho o privilégio de ser amigo dos donos até hoje.

A Feira era uma UD Nordeste, a versão em Recife de uma das maiores feiras do Brasil na época.

Um stand onde além da exposição dos armários para cozinha, coloquei na ponta do stand o grande lançamento da empresa. Uma estante modulada, algo novo na época.

Do alto de minha “grande experiência” de um ano de vivencia em feiras e já, saboreando as delicias do marketing, sugeri um aquário com cavalos marinhos no meio do estante. Tínhamos de fazer algo diferente, dizia.

-Não podemos ser iguais, temos de nos destacar e criar algo que chame a atenção comentava.

Como devem saber, e eu não sabia, o cavalo marinho macho é que fica gravido. Tem até barriguinha!

Por “sorte”, um dos cavalos marinhos que colocamos no aquário estava gravido e ele além da barriguinha proeminente, chegou até nadar de ponta cabeça.

Imaginem um stand com fila?

Sabe quantas estantes vendemos?

Nenhuma!

Criei algo maior do que o produto. O cavalo marinho chamava mais atenção do que a estante.

Ha alguns anos, o amigo e organizador de eventos Roosevelt Hamam, um dos mais respeitáveis organizadores de congressos que conheço, ao inaugurar um evento (sim, tínhamos inaugurações oficiais com “autoridades” entre outros), estava com o que popularmente dizemos pulga atrás da orelha.

O evento tinha como tema a Suécia e tudo pronto para inaugurar faltavam apenas às autoridades do Brasil e da Suécia chegarem ao local. Exposição? ok! Público? ok! Bandeiras? Ok!, Tudo ok? Pulga atras da orelha….

Por parte da Suécia, o Rei e a Rainha Silvia (brasileira) e do Brasil, representando o Presidente da República, estava o Governador André Franco Montoro. A Banda, da Polícia Militar, com uniforme de gala, tudo como manda o Cerimonial Oficial.

Amigo, (a) leitora: pulga atrás da orelha vem a ser a somatória de termos técnicos como ferrou, tem alguma mer… errada + já me ferrei com isto antes.

Voltando ao nosso linguajar, mas popular, deixando este eruditismo técnico a parte, nosso amigo em questão, já com anos de bagagem, começou a andar de uma lado para o outro, checando tudo que pudesse ser checado. Ao conversar com o maestro da banda, responsável por executar os hinos nacionais da Brasil e da Suécia, da uma olhada na partitura e….

Em letras garrafais: Hino da Suíça!

Seria um vexame!

Ainda bem que deu tempo de ir até o batalhão e trocar!

Aprendemos na marra, traves de tentativas e erros o famoso: como fazer!

Uma aluna, em determinada ocasião, tentou convencer-me que eventos no Second Life eram o futuro dos eventos… Second o que?

Já outra, mostrou-me as inúmeras vantagens de utilizar a tecnologia como forma de fomentar os resultados dos eventos, fato que se tornou, nosso dia a dia.

Coleciono inúmeras historias minhas e de colegas onde as chamo de causos, contos e eventos, mas nada mais são do que experiências, a soma de tudo. Uma forma de conhecimento específico, ou de perícia, que, adquirida por meio de aprendizado sistemático, se aprimora com o correr do tempo; prática. A experiência!

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades