Viagem de Negócios
Fabio Steinberg
Um jornalismo crítico e independente do setor
08
outubro
2017

Como voar sem perder a cabeça

escrito por Fabio Steinberg

A transformação da aviação em transporte de massa alterou a rotina dos passageiros. Antes aeroportos e aviões eram frequentados por poucos, o que permitia um tratamento personalizado. Hoje, com multidões que diariamente embarcam e desembarcam, isto se tornou impossível.

Neste novo contexto, cada vez mais o usuário vai ter que interagir com recursos tecnológicos e menos com pessoas. Totens de autoatendimento e auto despacho de bagagens, personagens que há pouco tempo inexistiam nos terminais, agora se tornaram padrão.

Não é fácil se atualizar com as máquinas e processos, que parecem mudar num piscar de olhos. Confusos e pouco amigáveis, até os novos ambientes assustam mesmo o mais experiente viajante de avião.

A situação exige um jogo de cintura que poucos conseguem acompanhar. Eis algumas dicas básicas de passageiros experientes para encarar as etapas da viagem. CONTINUA


LEIA MAIS TEXTOS EM Viagens & Negócios - Turismo sem Censura                         www.steinberg.com.br 


Fonte: Viagens & Negócios - Turismo sem Censura

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades