Canais
Artigo
publicado em 11 de maio de 2019 -  3h46

Eventos corporativos: trazendo o cliente para dentro de casa

Por Denis Braguini Bevacqua Head of Events, Latin America | Resultados Digitais

Da Redação

Trago um fato nada inédito: O mundo está cada vez mais digital, automatizado, hiperconectado.

Como consequência, as relações B2B e B2C foram mudando de formato. Por exemplo: quantos apps, ferramentas e plataformas você utiliza diariamente, sem ter contato direto com alguém? Só de abrir meu celular, vem a lista básica: Face, Insta, LinkedIn, Pinterest, Gmail, Slack, 99, Uber, AirBnb, Waze, Trello, Evernote etc.

São serviços buscados, contratados, utilizados - e até mesmo cancelados - sem o menor contato entre pessoas. O modelo funciona em muitos casos, afinal, não preciso de atendimento para produtos como o próprio LinkedIn, que é self-service (em caso de uso pessoal).

Em contrapartida, as estratégias H2H (Human to Human) se tornam uma oportunidade de diferencial, sendo valorizadas, e por quê não dizer demandadas, pelos diferentes públicos que são parte do ecossistema de cada negócio.

Esse balanço entre contato on e offline é um desafio enfrentado por muitas empresas, principalmente as de tecnologia e digitais. Afinal, como criar relacionamentos, posicionar sua marca e engajar seu público tendo como canal apenas o ambiente online?

Uma das ferramentas de Marketing que acerta bem no centro deste alvo é eventos. 84% das lideranças (vice-presidente e C-levels) acreditam que eventos presenciais são um componente crucial para o sucesso de uma empresa. (Bizzabo, 2018).

As empresas de softwares e serviço, em especial, investem de maneira mais consistente em eventos presenciais: 42% delas investem mais de 21% dos seus orçamentos para marketing em eventos (Bizzabo, 2018)

Por meio desses acontecimentos é possível promover um encontro personalizado com os clientes e parceiros. É no momento de contato live que conseguimos levar os participantes para “dentro da nossa casa”, associar todos os sentidos ao nosso produto (visão, audição, tato, paladar e olfato), mostrar qual é a essência da empresa.

Sem entrar no mérito do Marketing Sensorial - amplamente estudado e aplicado em diversos contextos, como o varejo e entretenimento -, eventos corporativos podem ser adaptados à realidade da sua empresa e apoiar sua estratégia de negócio e suas metas. Sim, estou falando também em gerar leads qualificados!

68% dos profissionais de marketing B2B usam eventos presenciais para geração de leads. Neste mesmo estudo, foi constatado que 73% dos profissionais estão priorizando a qualidade dos leads, acima da quantidade (AdStage, 2018), mostrando que esse canal pode ser usado de maneira efetiva para gerar resultados.

Reconhecimento de marca, retenção de clientes, venda de serviços complementares, captação de potenciais clientes, seja qual for o propósito de marketing, um evento bem planejado será mais um braço voltado a atingir o objetivo.

A Resultados Digitais vem utilizando este recurso há alguns anos. A nossa empresa promove durante o ano eventos itinerantes pelo país e América Latina. Além destes, a empresa realiza anualmente o RD Summit, o maior evento de Marketing e Vendas da América Latina, que reuniu em 2018 mais de 12 mil participantes em Florianópolis. Cada projeto tem sua particularidade e objetivo, mas o que se tornou nossa “receita de bolo” é reunir no mesmo ambiente nossos clientes, parceiros, empresas do ecossistema em uma feira focada em negócios, leads e conteúdo referência no nosso mercado.

Poderia dizer que a quantidade de negócios fechados, projetos criados, conselhos dados e conexões feitas é inestimável, mas não seria honesto: estimamos e contabilizamos tudo que podemos, utilizando esses dados de forma estratégica para empresa e para melhorias no projeto.

O RD Summit é um mega evento que neste ano chega à sétima edição, cerca de 2.500 profissionais atuam sob gestão da equipe de eventos para receber os +11.000 participantes em nossa casa. Entendo que projetos desse porte são uma realidade para poucas empresas, mas pequenas iniciativas podem já lhe trazer bons resultados. Além da visibilidade e experiência trazidas ao ser produtor do seu próprio projeto, ser participante, apoiador, patrocinador ou palestrante de outros eventos também contribuirão fortemente para o sucesso da sua marca... (o detalhamento desses exemplos, deixo para um próximo post ;)

 Denis Braguini Bevacqua

Minha dica é clara: não ignore esse canal. Utilize eventos e mescle constantemente ações on e offline. Eventos como uma estratégia de marketing são extraordinariamente efetivos. As experiências ao vivo devem usar a essência da marca para guiar o participante em sua jornada durante o projeto. Uma narrativa bem amarrada é uma ferramenta de marketing que entregará uma experiência sensorial, fazendo com que a história faça sentido, aumentando o seu nível de engajamento, retenção e atração de novos clientes.

E aí, sua casa está pronta para receber seus clientes?

Denis Braguini Bevacqua

Head of Events, Latin America | Resultados Digitais


Fonte: assessoria

Veja também:

22/05/2019
Um veto à diversidade vai na contramão dos maiores players do mercado
Por Ronaldo Ferreira*
16/05/2019
Indústria 4.0 pede soluções holísticas para o setor de Máquinas e Equipamentos
Por Marco Basso
15/05/2019
Os impactos da tecnologia na evolução do mercado de eventos
Por Uziel Barbosa
14/05/2019
LGPD: origem e questionamentos
Por Sérgio Junqueira
Newsletter
Receba as novidades