Canais
Artigo
publicado em 28 de outubro de 2019 - 19h44

Transformação digital: mais um passo determinante para a economia brasileira

Por Marco Basso*

Da Redação

Os avanços tecnológicos transformaram profundamente todas as camadas da sociedade. Em poucos anos, as mudanças foram tantas que alteraram completamente nossas formas de comunicação, relacionamento e, consequentemente, de fazer negócios. As vendas de produtos e serviços, por exemplo, não apenas ganharam novas plataformas, mas novos formatos. Hoje surgem, a todo momento, ideias tão inovadoras que são capazes de criar e prever demandas, que há alguns anos sequer imaginávamos ser possível.

Tamanha transformação exige, no entanto, um olhar atento aos próximos passos. É preciso ampliar as discussões sobre os mercados da tecnologia para que as inovações futuras atendam às legislações vigentes e tenham sinergia com as necessidades dos mercados consumidores. No Brasil, por exemplo, todos os olhares se voltam agora para a nova Lei Geral de Proteção de Dados, que estabeleceu regras de coleta e tratamento de informações de pessoas, empresas e instituições e que entram em vigor em agosto de 2020. Outros assuntos em alta e que devem ditar os próximos passos da tecnologia do País se referem ao Plano Nacional de Internet das Coisas, que condiciona à Anatel a fiscalização desses sistemas de telecomunicações, além da expectativa para a chegada da tecnologia 5G.

 Marco Basso

Tão importante quanto olhar com lupa para essas diretrizes é analisar os impactos das tecnologias em cada um dos setores da economia. Segmentos como agronegócio, saúde, financeiro e de mobilidade, por exemplo, já vivem essa transformação no dia a dia e buscam, cada vez mais, soluções inovadoras para o desenvolvimento dos seus negócios. Durante a Futurecom 2019, maior evento de transformação digital da América Latina, congressos e auditórios simultâneos, além de eventos de nicho paralelos, discutirão as experiências e geração de negócios em cada mercado com o objetivo de desenvolver de maneira ampla a digitalização de toda a cadeia produtiva brasileira.

Segundo informações da Brasscom, Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, a produção do Macrossetor de Tecnologia de Informação e Comunicação ultrapassou, em 2018, os R$ 479 bilhões, mas ainda há espaço para crescer. A expectativa é que os investimentos em tecnologias de transformação digital superem os R$ 345 bilhões, entre 2019 e 2022, tornando urgente para os mercados brasileiros estarem a par desse desenvolvimento. Resta saber se estamos prontos para encarar essa nova era de transformações digitais.

*Marco Basso é presidente da Informa Markets

Fonte: assessoria

Veja também:

25/11/2019
O crescimento gradual do turismo brasileiro
Por Alexandre Sampaio*
20/11/2019
A utilização da inteligência artificial em grandes festivais no Brasil
Por Leandro Eustáquio*
16/11/2019
Otimismo no setor de turismo, eventos e viagens
Por Juan Pablo de Vera Barbieri*
01/10/2019
A importância da legalização dos Jogos no Brasil
Por Manoel Linhares*
Newsletter
Receba as novidades