Canais
Artigo
publicado em 15 de novembro de 2018 -  2h36

WTM Londres inspira mercados mundiais

Artigo de Luciane Leite*

Da Redação
 Luciane Leite - Diretora do evento WTM Latin America

A WTM London é sem dúvida um evento de vitrine mundial. O show, que há décadas reúne players estratégicos do mercado de viagens e turismo se consagra, também, como um espaço onde é possível conferir as inovações do setor, debater tendências, aprimorar conhecimento e, claro, gerar negócios. A edição 2018 reservou excelentes opções em todos os aspectos e reuniu milhares de visitantes de diferentes partes do planeta.

Dentre os 5.000 expositores, provenientes de 182 países, o Brasil esteve presente com um estande da Embratur. O evento foi considerado um sucesso. Não apenas pelo número de expositores e visitantes – cerca de 51 mil – mas, também, pelo conteúdo diferenciado e de qualidade oferecido durante os três dias de evento.

A edição 2018 da WTM London apresentou novidades que foram além das ativações e posicionamentos dos expositores. Ao menos três novas áreas de conteúdo foram criadas com uma curadoria que surpreendeu os participantes.

A Inspiration Zone Area, inaugurada nesta edição, foi sem dúvida um formato a ser replicado no evento a ser realizado no Brasil. Dividido por áreas que representavam as Américas, Ásia, Oceania, África e Europa, o espaço permitiu que o visitante da WTM Londres pudesse conhecer cases e culturas relativos a cada região. No Americas Inspiration Zone, por exemplo, temas sobre comportamento, gestão de crises a partir de desastres ambientais, viagens de luxo, turismo de aventura, turismo indígena e boas práticas do turismo nas relações trabalhistas foram alguns dos temas abordados.

A inovação esteve presente no show, que abrigou o T>F Travel Forward, um evento de tecnologia em viagens com uma grande aderência do público participante. Focado em tecnologias para viagens e hospedagem, o T>F Travel Forward, trouxe para a discussão a possibilidade de melhorar a experiência do cliente viajante por meio da tecnologia. Grandes empresas como a Amadeus, Sabre e Travelport – gigantes da tecnologia de viagens –, compartilharam com os 150 expositores suas experiências. Os palestrantes e painelistas de peso, e com conteúdo enriquecedor, foram atrações à parte de uma programação que encantou uma diversidade de 8.500 visitantes.

O Turismo Responsável, uma das grandes bandeiras da WTM London, teve espaço para cerca de 23 painéis. O tema, de fato, não nos permite ficar indiferentes. É preciso cuidar para continuarmos um processo de evolução do setor com geração de lucro e responsabilidade ambiental e social. O convite à reflexão e ao diálogo e, a importância do tema, joga luz nas boas práticas para garantir às gerações futuras o respeito ao meio ambiente e sustentabilidade do setor como um todo.

Antenada aos grandes temas mundiais, a WTM London e a Woman in Travel propuseram três painéis voltados para o empreendedorismo feminino. O enfoque do encontro foi a presença da mulher no segmento de turismo e reuniu empreendedores sociais, financiadores e mentores femininos e masculinos para discutir como é possível perseguir sua paixão, administrar um negócio de sucesso e, ao mesmo tempo, impactar positivamente e beneficiar os destinos. O espaço foi muito concorrido e, certamente, será ajustado para a realidade latino-americana para a próxima edição de WTM Latin America.

Nos três dias de evento, foram incontáveis networkings com foco na geração de negócios, visando nosso evento na América Latina. Mas, principalmente, pude vivenciar e observar dinâmicas, temas, formatos e inspirações que contribuem positivamente para o desenvolvimento do segmento de turismo no mundo.

Londres foi um espaço para aprender, refletir e se inspirar. A grandiosidade do evento e o conglomerado de nacionalidades e de visitantes de todo o mundo nos relembra a todo o momento a relevância que o setor de turismo tem em nível mundial, uma potência do ponto de vista econômico, social e de oportunidades.

Um evento imperdível. Que nos permite adaptar, recriar e inovar com outras formas para compor um show grandioso, como fazemos em todo nosso portfólio. Para 2019, algumas ideias e práticas que compartilhei aqui já estão em alinhamento para o mercado latino-americano. Certamente, vem novidade por aí!

*Luciane Leite é diretora da WTM Latin America, na empresa REED Exhibitions

Fonte: assessoria

Veja também:

15/03/2019
SXSW 2019: Quatro ativações de marca mais criativas
Por Sandya Coelho, gerente de comunicação e parcerias no GetNinjas.Com.Br
07/03/2019
Transmissão ao vivo é tendência no mercado de eventos em 2019.
A transmissão ao vivo de alguns anos para cá se tornou tendência em todos os tipos de eventos. Com a falta de tempo das pessoas, as empresas acharam na transmissão ao vivo uma forma de conseguir atingir todo o seu público sem se preocupar com fatores externos como ausências por conta de trânsito ou altos custos com passagens.
06/03/2019
10 melhores ferramentas de ROI para Live Meeting e planejamento de eventos
Artigo de Zack Palmer, presidente e COO da Educational Measures
21/02/2019
2019 deve ser um ano de crescimento para o Turismo no Brasil
Por Marta Rossi, CEO Festuris Gramado - Feira Internacional de Turismo
Newsletter
Receba as novidades