Canais
Artigos
publicado em 17 de fevereiro de 2020 - 23h18

Agências de viagens corporativas: uma viagem sem estresse é possível

Por Adriana Gonzalez - BTA Manager Mexico, Caribbean & Central America, Amadeus*

Da Redação

Reduzir ao mínimo o estresse que o viajante corporativo enfrenta é, sem dúvida, um diferencial para os players em um mercado tão competitivo. Estar atento ao que o funcionário indica, definir políticas internas que tenham o bem-estar entre os objetivos dos gestores e utilizar a tecnologia para melhorar a qualidade das viagens são apenas alguns dos caminhos para cuidar dessa redução de estresse.

Com base nos resultados da nossa pesquisa ‘Bem-estar do viajante corporativo: Como manter os funcionários saudáveis, felizes e produtivos em viagens a trabalho', três atitudes são consideradas fundamentais para isso: ser um conselheiro dos clientes, ser um educador e, por fim, utilizar toda a tecnologia disponível no setor.

 Adriana Gonzalez

Segundo esta pesquisa da Amadeus, nota-se que muitas empresas adotam poucas medidas para o bem-estar dos viajantes. Sendo assim, entendemos que sua agência poderia ocupar este espaço de conselheira e ter uma abordagem mais estratégica para garantir a qualidade das viagens corporativas. Para a agência trabalhar como consultor de seus clientes, seria sugerir e indicar aplicativos ou tecnologia para ajudar o viajante a otimizar seu tempo enquanto viaja: encontrar bons restaurantes para almoçar com clientes no Panamá ou até mesmo um serviço adicional para o viajante que deseja aproveitar a viagem de negócios ao México e tirar alguns dias de férias para conhecer Cancun.

Já o papel de educador se constrói na medida em que o tema do bem-estar aparece sempre nas conversas estratégicas, por exemplo, durante uma visita com o cliente em que são discutidos os insights da indústria e os bons exemplos de aplicação da política de bem-estar. Estes temas podem ser facilmente reforçados com um brinde que torne palpável a discussão por exemplo, como um travesseiro ou uma máscara para os olhos para sinalizar como uma boa noite de sono durante a viagem impacta na produtividade do funcionário.

Em relação ao uso da tecnologia, nossa recomendação é sugerir sempre aos clientes soluções que personalizem serviços, facilitem as etapas da viagem e estejam ao alcance do viajante, sempre visando à redução do estresse, criando possibilidades de otimizar tempo e aumentar o rendimento dos funcionários, o que impacta diretamente nos resultados da empresa. A Amadeus disponibiliza soluções para facilitar tanto a vida da agência de viagens de negócios, das corporações e de seus viajantes como a premiada solução mobile Check my trip.

É importante a agência de viagens ter em mente seu papel na redução do stress de viajantes corporativos para assim se sobressair na excelência de seus serviços e impulsionar seus negócios.

Quer saber mais sobre como as agências podem planejar viagens sem estresse aos viajantes corporativos? Acesse nossa pesquisa completa.

*Adriana Gonzalez - BTA Manager Mexico, Caribbean & Central America, Amadeus

Fonte: assessoria

Veja também:

26/03/2020
Impacto do coronavírus no setor de eventos
Por Rossi & Zorzanello*
24/03/2020
Impactos da pandemia na economia criativa e maneiras criativas de evitá-los
Por D.J. Castro*
20/03/2020
Hotelaria nacional pede socorro: Não cancele, remarque!
Por Manoel Linhares*
19/03/2020
Previsões para o mercado de hospitalidade em tempos de Covid-19
Por Dave Collier, Gerente Geral das Américas pela OTA Insight
Newsletter
Receba as novidades