Canais
Centros de Convenções
publicado em 16 de julho de 2020 - 23h 4

Centros de Convenções de Sâo Paulo se unem na produção de vídeo com iniciativas para a retomada

Centro de Convenções Frei Caneca, Centro de Convenções Rebouças, Expo Center Norte, São Paulo Expo, Transamerica Expo Center e WTC Convention Center se uniram a fim de fortalecer o segmento e produziram um vídeo que comunica de forma clara e didática como o setor já esta preparado para a retomada das atividades.

Da Redação

Atentos às repercussões da pandemia, os Centros de Convenções da cidade de São Paulo rapidamente começaram a trabalhar para implementar as medidas previstas no protocolo de segurança do Plano São Paulo e assim deixar seus respectivos parques operacionais aptos a receberem visitantes.

Com este objetivo, Centro de Convenções Frei Caneca, Centro de Convenções Rebouças, Expo Center Norte, São Paulo Expo, Transamerica Expo Center e WTC Convention Center se uniram a fim de fortalecer o segmento.

E um dos primeiros passos desta união foi a produção de um vídeo que comunique de forma clara e didática como o setor já esta preparado para a retomada das atividades, assim que as autoridades sanitárias do país autorizem.

O vídeo mostra como os centros de convenções estão cuidando de cada detalhe nesse processo de preparação para a retomada de suas atividades, destacando as medidas que serão adotadas para tornar todos os ambientes ainda mais seguros, seguindo rigorosamente os protocolos de segurança e as recomendações das autoridades sanitárias e de especialistas em infectologia.

 Alexandre Marcílio, diretor do Transamerica Expo Center
Segundo Alexandre Marcílio, diretor geral do Transamerica Expo Center, o roteiro inicialmente escrito contava apenas com a implementação do protocolo no TEC. No entanto, Alexandre percebeu que a iniciativa deveria incluir outros Centros de Convenções de São Paulo.

A princípio, tínhamos organizado um vídeo interno com as normas de biossegurança do Transamerica Expo Center. Mas entendemos que restabelecer o setor de eventos deve ser um esforço de todo nós. Por isso, dividimos a ideia com os demais pavilhões, que aderiram à ela e decidimos, em conjunto, fazer um vídeo único”, comenta.

Paulo Ventura, diretor superintendente do Expo Center Norte, explica que além de medidas internas, o Expo Center Norte criou um protocolo obrigatório para que promotores atuem no espaço.

 Paulo Ventura, diretor superintendente do Expo Center Norte
Nossa principal preocupação é zelar pela saúde e bem-estar dos colaboradores, expositores, parceiros, fornecedores e participantes das feiras e congressos que acontecem em nossos espaços. Neste sentido, estabeleceremos junto aos promotores a obrigatoriedade de seguirem todas as medidas necessárias para a realização dos eventos como, por exemplo, uso de máscara de proteção em todas as dependências, controle de acesso e fluxo de pessoas, aferição de temperatura na entrada, marcações e sinalizações de distanciamento e disponibilização de dispensers de álcool em gel em todos os ambientes”, afirma Ventura.


 Ana Luiza Diniz Cintra, diretora do Centro de Convenções Rebouças
Já o Centro de Convenções Rebouças foi um dos primeiros espaços de São Paulo a se preparar para a retomada do ponto de vista da segurança sanitária. Ligado ao Hospital das Clínicas e a Faculdade de Medicina das USP, o Rebouças esteve na linha de frente ao enfrentamento do Covid-19 na capital paulista, recepcionando respiradores que seriam distribuídos para os hospitais paulistas e servindo de base para a triagem e treinamento de profissionais de saúde para o combate ao Covid-19.

"Em função disso, nós não paramos. E para fazer frente a estas ações, nossos colaboradores tiveram que ser capacitados e treinados desde o início, já respeitando os protocolos de distanciamento, utilização de máscara, álcool em gel, para garantir um ambiente seguro para todos. O que significa que,na prática, já implantamos e testamos todos estes protocolos", afirmou Ana Luiza Diniz Cintra, diretora do Centro de Convenções Rebouças.

 Daniel Galante, diretor geral do São Paulo Expo e vice-presidente da UBRAFE
A partir da definição dos protocolos pela Ubrafe - União Brasileira dos Promotores de Feiras, com participação da ABEOC Brasil - Associação Brasileira de Empresas de Eventos, Abrace - Associação Brasileira das Montadoras e Locadoras de Stands e Sindiprom - Sindicato das Empresas de Promoção, Organização e Montagem de Feiras, Congressos e Eventos do Estado de São Paulo, e respectiva validação do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o São Paulo Expo seguiu todas as recomendações, além de aplicar as medidas de segurança definidas pelo Ministério do Turismo, o que lhe rendeu o selo "Turismo Responsável - Limpo e Seguro".

"Garantir a saúde de nossos colaboradores, parceiros e clientes é nossa premissa essencial, por isso estamos adotando os mais rígidos procedimentos, que oferecem total segurança de higiene e distanciamento", atesta Daniel Galante, diretor geral do São Paulo Expo e vice-presidente da UBRAFE.

O Centro de Convenções Frei Caneca também está tomando todas as medidas de segurança e higiene cabíveis para garantir o retorno das atividades de seus clientes.

 Winston Chagas, diretor do Centro de Convenções Frei Caneca
"Nossa preocupação está voltada à garantia da segurança dos nossos clientes, expositores, congressistas e visitantes em geral para que possam usufruir de nossas instalações e de toda a infraestrutura oferecida pelo shopping Frei Caneca e, assim, darem continuidade a realização de seus negócios", declarou Winston Chagas, diretor do Centro de Convenções Frei Caneca.

Por estar inserido dentro do shopping Frei Caneca, empreendimento que já está de portas abertas e, seguindo todas as normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária para receber o seu público, todos, sem exceção, ao entrarem no shopping, seja pela entrada principal ou pelos diferentes pisos de garagem, passarão por uma triagem de segurança. Com isso, os clientes do Centro de Convenções passarão por uma segunda triagem ao entrarem nos eventos.

"Mesmo com todos os desafios impostos à todos pela pandemia nesse momento, conseguimos promover com êxito o diálogo com nossos clientes na garantia de nossa resiliência", disse Wiston, que reforça que o Centro de Convenções Frei Caneca está preparado para oferecer segurança e tranquilidade à todos durante a realização dos diversos eventos sediados no empreendimento. “Nesse contexto, a ação mais assertiva é a reflexão da estratégia e definir o tipo de processo em cada negócio”.

Uma equipe de filmagem percorreu todos os Centros de Convenções da capital, detalhando as medidas de higiene e segurança sanitária adotadas. Todas as pessoas envolvidas na produção respeitaram as orientações de distanciamento e de proteção individual contra a COVID-19.

Previsibilidade

Para a produção dos eventos, são necessários cerca de 45 a 60 dias, em que toda a cadeia se prepara para a montagem, realização e desmontagem. "Previsibilidade é a palavra-chave de nosso negócio, pois é impossível fazer um evento da noite para o dia. Por isso estávamos ansiosos para que o governo pudesse divulgar a data para a retomada. A nossa grande preocupação advém dos profundos impactos que o setor sofreu com a pandemia, já que 95% do setor são compostos por pequenas empresas e autônomos, além da perda de empregos", pondera Daniel Galante, que também é vice-presidente da UBRAFE.

O setor de eventos foi um dos primeiros a ser impactado pela pandemia do Covid-19. De acordo com levantamento da UBRAFE, a paralisação no primeiro semestre gerou uma perda de R$ 129,1 bilhões para a economia brasileira, e R$ 5,9 bilhões para as empresas do setor de eventos do sistema expositor.

O valor do impacto anual na economia brasileira na geração de resultados para as empresas expositoras dos eventos são da ordem de R﹩ 305 bilhões, equivalente a 4,6% do PIB Nacional. Para obter esses resultados, expositores e visitantes aplicam no setor de eventos de negócios, somente no estado de São Paulo, cerca de R$ 16,3 bilhões.

Fonte: assessoria

Veja também:

15/01/2021
SPTuris homologa concessão do Anhembi para GL Events
Homologação da concorrência, vencida pela empresa com proposta que inclui pagamento de R$ 53,7 milhões de outorga fixa, foi publicada nesta sexta-feira
29/12/2020
Setor aquece e GL events Live expande atuação
Além de São Paulo e Rio de Janeiro, empresa realizou projetos em Santos
18/12/2020
GL events conquista quatro Jacarés de Ouro. Projeto Bienal nas Escolas levou o Jacaré Verde
Um dos principais players do setor, a GL events conquistou quatro estatuetas no Prêmio Caio, um dos mais relevantes da indústria de eventos e turismo. Foram quatro ‘Jacarés’ na noite do último dia 15, quando ocorreu a cerimônia de premiação.
04/12/2020
CC Rebouças recebe primeiro congresso presencial após seis meses sem eventos do tipo em função da pandêmia do Covid-19
O 23º Congresso de Oftalmologia da USP acontece hoje (04) e amanhã (05), no formato presencial, no Centro de Convenções Rebouças
Newsletter
Receba as novidades