Canais
Eventos
publicado em 29 de julho de 2015 - 17h49

Live Marketing apresenta novo estudo

O Comitê Pesquisa e Evolução de Mercado apresentou, na tarde da última terça (28) os resultados do último levantamento do mercado de Live Marketing durante o 2º Congresso Brasileiro, em São Paulo.

Camila Zaratin

O estudo foi feito pela Lafis, em parceria com a AMPRO, e avaliou cerca de 200 agências, das cerca de 3 mil especializadas no Brasil.

Os números da pesquisa revelaram que a maior parte das agências (65%) concentra-se na região Sudeste, sendo metade do mercado composto por pequenas e médias que faturam até R$ 5 milhões anuais, porém com predominância de grandes contas no atendimento (64%).

Dentre os serviços dos portfólios, as ativações de marca são realizadas por 93% das agências, e quase empatam com Eventos (92%), seguidos das Promoções (88%), Incentivo (83%), Trade (77%) e Digital (54%), que aparece também como tendências entre os respondentes. Em percentual de faturamento por serviço, os Eventos representam 25% do total movimentado.

Entre as agências pesquisadas que organizam eventos, segundo o levantamento, os corporativos lideram o ranking , sendo realizados por 85% delas, seguidos das Convenções (72%) e das Feiras (71%). Os demais citados foram os Congressos (56%), Shows (34%), Eventos Esportivos (32%) e Rurais (17%).

Os dados também mostraram os tipos de ações de Trade Marketing mais procuradas nas agências que oferecem esta solução, com a predominância das ações no PDV (76%); e as perspectivas para os setores que mais devem apresentar aumento demanda até 2017: varejo, atacado e instituições financeiras.

O Comitê foi liderado por Denise de Cassia, sócia-diretora da Agência 96, e trouxe ainda uma apresentação do diretor da Central Globo de Desenvolvimento Comercial, Carlos Henrique Nascimento, sobre a importância do planejamento e a necessidade de que as ações busquem “mudanças de hábitos” nos consumidores. “É fundamental conhecer bem o consumidor. Cada ação deve ser trabalhada de forma artesanal, não existe solução pronta”.

O painel seguiu com debate que teve a participação de Nascimento, de Marcio Oliveira, presidente do Grupo de Atendimento, de Luiz Arruda, sócio presidente da Avantgard Brasil, de Denise de Cassia, e de João Riva como mediador. A discussão enfatizou a evolução do marketing para o Live Marketing, as preferências do novo consumidor e características do mix de canais – com destaque ao Digital, que figura como oportunidade na aproximação entre marcas e público. “O olho no olho ainda é essencial, mas esses canais, como as mídias sociais, são complementares para atrairmos a atenção, e então levarmos a experiência para a rua”, comentou Denise, referindo-se ao “phygital”, termo que o mercado tem usado e que vem da junção de físico e digital.

Confira abaixo entrevista exclusiva de Carlos Henrique Nascimento ao Portal Eventos


Veja também:

18/11/2019
Brasil é o novo centro de atualização e negócios em coquetelaria na América Latina
Com o BCB São Paulo, bartenders, mixologistas e profissionais do setor de bebidas têm acesso a conteúdo técnico e tendências globais sem sair da região.
18/11/2019
FHAN ficará marcado na memória até próxima edição
O Fórum de Hospedagem e Alimentação do Nordeste (FHAN) já está confirmado para 2020.
18/11/2019
Réveillon 2020 White Celebration traz show de Daniel Boaventura
Canta pela primeira vez em uma festa de virada do ano em São Paulo; banda Santa Maria, DJ, telões em LED e espaço Kids também são atração.
18/11/2019
Bradesco realiza evento de mulheres com participação de Fernanda Montenegro
Evento acontece nesta terça-feira, 19 de novembro, das 8h às 15h45, no WTC - Golden Hall, na capital paulista.
Newsletter
Receba as novidades