Canais
Feiras
publicado em 02 de outubro de 2018 - 16h24

Argentina aposta no Turismo contra a crise

Entre 26 e 28 de setembro, o país esteve na ABAV Expo 2018 e o Secretário de Turismo, Gustavo Santos, falou sobre as estratégias do país para o setor.

Da Redação
 Abav Expo 2018

A Argentina participou da ABAV Expo 2018, feira internacional de Turismo idealizada por e para os agentes de viagens, que aconteceu em São Paulo, no Pavilhão do Anhembi, entre 26 e 28 de setembro. Veio com muitas novidades e para mostrar que, investindo em Turismo, já saiu de crises econômicas anteriores.

Mesmo diante do atual cenário da Argentina que, dentre outras medidas implementadas para driblar a crise no país, transformou em secretaria sete ministérios, incluindo o de Turismo, o agora secretário Gustavo Santos, vê com otimismo o potencial e as perspectivas de crescimento do setor. Como em outros momentos de crise, o país não esquece que o Turismo tem a capacidade de abarcar e desenvolver atividades para trazer divisas para o país. E a Argentina sabe fazer bem isso.

Apesar dos desafios, a Argentina se mantém como líder da América do Sul em números de visitantes internacionais. São mais de 7 milhões por ano, com crescimento contínuo na última década - diferente do Brasil que, no mesmo período, nunca ultrapassou a casa dos 6 milhões, mesmo em anos de Copa e Olimpíadas. Os viajantes argentinos continuam liderando a lista de turistas internacionais que o Brasil recebe, respondendo por quase 40% do total. Daqui, mais de 1,2 milhões de brasileiros visitaram o país vizinho em 2017, o que deixa o Brasil também no topo da lista argentina. Isto reflete a importância que um país tem para o outro neste setor e a relevância em participar de eventos como a ABAV.

No ranking do WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo), com 185 países, o Brasil ocupou em 2017 a 117ª posição. Já a Argentina ficou em 87º lugar, ainda que tenha menor território, apresenta grande variedade de atrações e paisagens e tem investido em melhoras notáveis em termos de conectividade aérea e criado campanhas de promoção inovadoras, o que a aproxima do mundo e faz com que se firme como destino internacional.

Não à toa, na análise anual de impacto econômico mundial do setor de Viagem e Turismo publicada pelo mesmo WTTC em 2018, a Argentina aparece com bom desempenho e perspectivas. Segundo esse estudo, a contribuição direta do turismo no PIB argentino em 2017 foi de 381,8 milhões (de dólares, né?), o que representa 3,7% do PIB total. Com previsão de aumento de 3,5% para 2018 e pelo menos 2,5% de aumento anual entre 2018 e 2028, espera atingir 3,7% em 2028.

Como efeito de comparação, em termos globais o Turismo representa 10,4% do PIB mundial, gerando 313 milhões de postos de trabalho - o que significa quase 1/10 dos empregos no mundo. Diante deste panorama e dos bons resultados conquistados ano a ano, mesmo a tensão financeira não modifica os planos de atrair 9 milhões de visitantes estrangeiros até 2020. E a Argentina mostrou isso na ABAV Expo 2018 com novidades na conectividade internacional e nacional, federalização de ofertas como a 1ª Semana Gastronômica, além de campanhas promocionais online.

O êxito da Argentina dos últimos anos se deve, em grande parte, à atuação do secretário e sua equipe, que assumiu a gestão em 2015. “O Turismo é uma das atividades que mais cresceu no mundo na última metade do século passado e no início deste, prova disso é o aumento exponencial de pessoas que vêm se deslocando por via aérea em todo o planeta. Eram apenas 50 mil em 1950 e, em 2016, mais de 1,2 bilhões de passageiros cruzando os ares”, ressalta Santos.

O secretário apontou, ainda, que o setor do turismo, dentro do contexto da Economia Criativa, é um dos que permanecerá vivo e cheio de possibilidades em um futuro no qual profissões e setores tendem a desaparecer. Acredita que é uma das áreas que mais irá crescer nas próximas décadas e que vai gerar mais postos de trabalho. Afirma que viajar extrapola a atividade turística, é parte do nosso desenvolvimento pessoal, um portal para mais conhecimento. E concluiu dizendo que a automatização facilita diversas etapas da execução deste mercado, mas jamais supre a atividade fim. Pisar na areia, mergulhar no mar e conhecer pessoalmente novos povos e costumes sempre serão sensações únicas e insubstituíveis. Com essa visão, ele norteia as ações da secretaria e ajuda a dinamizar o turismo na Argentina, o que pôde ser conferido na prática no estande do país na ABAV 2018.

Fonte: assessoria

Veja também:

27/07/2020
Organizadores da Movelpar reforçam modelo da Feira que inovará em 2021
Evento acontece de 25 a 28 de janeiro de 2021, no Expoara, em Arapongas/PR e será palco de reencontro da cadeia produtiva.
24/07/2020
Beauty Fair anuncia realização da 16ª edição da feira em 2021
Apesar do adiamento no formato presencial, a boa noticia é a agenda de atividades online e Beauty Fair Estética ainda para este ano.
22/07/2020
Mais de 130 marcas levam seus produtos para a maior feira digital do agro
Produtos e serviços de lançamento estarão à disposição e com condições imperdíveis.
18/07/2020
Principal feira de A&B do país, APAS Show 2020 é cancelada
A 36ª edição da APAS SHOW, antes agendada para maio de 2020, será realizada de 17 a 20 de maio de 2021, no Expo Center Norte, em São Paulo.
Newsletter
Receba as novidades