Canais
Destino
publicado em 30 de novembro de -0001 -  0h 0

Norte do Paraná: uma destinação surpreendente!

Da Redação
A convite dos convention & visitors bureau de Maringá e da Região de Londrina, visitei a região, ocupando-me, basicamente, dos seus equipamentos principais para eventos. Country & Cult - Não constitui tarefa fácil qualificar o Norte do Parará. Para quem nunca visitou a região, ou faz muito tempo que não a visita, o mínimo que se pode dizer é que surpreende. Quem espera encontrar ali uma região tipicamente interiorana, caipira, despretensiosa, modorrenta, muito rapidamente se impressiona com seu dinamismo, a modernidade presente nos seus belos espaços para compras, na ousadia arquitetônica dos seus belos teatros, edifícios públicos e arranha-céus, no seu avançado desenho urbano, com amplas e arborizadas ruas e avenidas, com sua cultura ambiental, principalmente de Maringá, onde a cidade “envolve” três grandes parques, um deles de mata nativa. Cornélio Procópio, apesar do seu dinamismo, aparenta ser a mais conservadora. Londrina é a mais desenvolvida, mas se ressente de alguns problemas gerados pelo crescimento mais rápido do que o planejado e Maringá, certamente a que mais impressiona pela sua proposta urbanística e ambiental. Região com terras férteis, tem seu esteio não só na produção rural (antes com o café, hoje com o café, milho, soja, cana e pecuária de primeira linha), mas também, num expressivo parque industrial, comercial e de serviços, ligado ao agribusiness. Sua população é bem educada, bem qualificada profissionalmente e seu poder aquisitivo, “per capita”, um dos maiores do Brasil. Portanto, se você promotor ou organizador de eventos, decidir realizar algum evento nessa região, o mínimo que vai conseguir é o deslumbramento dos seus participantes, com as cidades, com o sistema viário, com o equilíbrio ambiental, com sua população, produto da integração nacional, principalmente do sudeste (paulistas) e do sul (gaúchos e catarinenses) com os locais, sem mencionar os imigrantes japoneses (a “colônia” de Maringá é uma das mais expressivas do Brasil), italianos, alemães, poloneses, portugueses, judeus e árabes, vivendo na mais perfeita harmonia e comportando-se de acordo com a tradicional cordialidade brasileira. Sobre os Espaços - Em Cornélio Procópio, o destaque é para o surpreendente Aguativa Resort. Dotado de espaços multiusos, que levam os nomes de madeiras da região (Araucária, Ipê, Paineira, Amoreira e Jatobá) pode receber até 500 participantes no seu maior auditório: o Araucária, bem como cerca de 300, no Ipê; 150, no Paineira; 95 no Amoreira e 90 no Jatobá. O pé direito (sempre um problema) é bom no auditório maior (4 m), médio (3,75 m) no Auditório Ipê e baixo nos pequenos auditórios (2,98 m). Significa que o Resort pode realizar diversos eventos, principalmente corporativos, simultaneamente, ou somente um evento, de expressão (mas, cuidado, que o Aguativa só dispõe de 170 apartamentos). É claro que você pode utilizar outros hotéis na cidade, mas não terá as vantagens da integração completa. Se o seu grupo puder hospedar-se em aptos. duplos ou triplos, poderá abrigar algo como 400 pessoas, com razoável conforto. Os demais equipamentos, bem distribuídos na generosa área verde, enriquecem o hotel que dispõe de tudo que você pretende encontrar num resort: boa comida em restaurante para 600 pessoas, completa praça de esportes; inclusive com a prática de esportes radicais (parede de escalada, rafting, treking, tirolesa, jeep of road), complexo de relaxamento (sauna, centro de estética e embelezamento, massagem, shiatsu e do-in, fitness center e um ótimo parque aquático, com piscinas internas e externas). Telefonia digital, telefonia celular e internet com fluxo digital oferecem bom suporte para telecomunicações. Impressiona, também, o bom nível na prestação de serviços, já que o Aguativa (tem este nome em razão das fontes de águas naturalmente aquecidas) é propriedade do mesmo grupo que opera o complexo de Barra Bonita, portanto, com larga experiência na administração deste tipo de estabelecimento. Destaque cultural de Cornélio Procópio (66 km distante de Londrina) é o Museu de História Natural “Mozart de Oliveira Valim”, inaugurado em 2002, com o maior acervo de animais taxidermizados da América do Sul. Londrina - A rica, dinâmica e moderna capital do Norte do Paraná, com quase meio milhão de habitantes, quatro universidades com 22.000 estudantes, cerca de 3.500 indústrias, 14.000 empresas de serviço. 3.200 estabelecimentos agrícolas, com renda média familiar de 4,9 salários mínimos, 5 mil reais de renda per capita está a 576 m de altitude e pode receber cerca de 5.000 hóspedes, simultaneamente, nos seus 43 hotéis. Destacam-se, dentre eles, o Bourbon Londrina Business (110 quartos), o Bristol Londrina Residence (226 quatros), o Cedro (130 quartos), o Comfort Suítes (123 quartos), o Crystal Palace (89 quartos), o Thomas (117 quartos), o Sumatra (100 quartos) e o Aero Park (75 quartos). Todos eles possuem complexos de espaços para eventos. Destaque para o Crystal, com salões diversos e capacidade para até 400 pessoas, em auditório. O Sumatra, para até 480 pessoas. São todos hotéis em condições de operar, com qualidade, eventos corporativos e hospedar participantes de eventos maiores que se realizam nos seus centros de convenções, o CEEL e o CATUAÍ. O CEEL – Centro de Exposições e Eventos de Londrina está situado em região nobre da cidade e é composto de uma área de feiras e exposições, com 6.500 m2 de área, com isolamento termoacústico, doca de carga e descarga, quatro baterias de banheiros, sistema hidráulico, elétrico e de telecomunicações, gerador próprio de energia, pé direito de 8 m. Além disso, possui, auditório ou espaço multi-uso para 1.700 pessoas, ar condicionado, cozinha industrial, camarins, duas baterias de banheiros e, num segundo pavilhão, 1.750 m2 de área para multi-uso, além de 5 salas (60 pessoas cada). Trata-se de um belo edifício. O pavilhão maior serve, muito bem para exposições, refeições ou posters, ainda que sem ar condicionado. O grande auditório com ar condicionado, pode atender sessões plenárias. Mas, não é divisível, o que compromete a realização de congressos, que exijam salas para sessões simultâneas. Em nossa opinião, se o CEEL adicionar mais espaço, divisível em até 8 ou 10 salas, com capacidades para 70 a 80 pessoas (duas) 100 a 150 pessoas (duas) e mais duas de 300 a 400 pessoas cada, poderá tornar-se um dos melhores espaços para eventos, aumentando consideravelmente a possibilidade de Londrina hospedar congressos estaduais, nacionais e até internacionais. O CATUAÍ, é parte integrante do Shopping que leva seu nome. Possui espaço multi-uso de 2.100 m2 para feiras, exposições e outros eventos. Mas não pode ser indicado para Congressos, por lhe faltar alguns recursos exigidos neste tipo de evento. Concluindo: por enquanto, Londrina não possui capacidade para receber congressos maiores e mais complexos. Salvo alguns hotéis que podem sediar eventos corporativos, e o CEEL, que pode receber feiras e exposições de pequeno porte, bem como receber eventos religiosos, políticos e artísticos, num só espaço/auditório, não vejo como indicar, por enquanto, esta cidade para congressos nacionais ou internacionais. Maringá - Apesar de ter menos habitantes que Londrina, a belíssima Maringá com cerca de 300.000 habitantes, 1.400 indústrias, 6.000 empresas comerciais, 6.500 prestadoras de serviços, duas universidades (com 25.000 alunos) renda per capita de R$ 15.000,00 e 22 hotéis, oferece melhores condições do que Londrina, no que se refere a espaços para eventos técnico-científicos e corporativos. Espaços em Maringá - Maringá dispõe do Centro de Eventos Araucária, complexo composto de espaços multi-usos que levam nomes de famosos compositores e cantores nacionais: Joubert de Carvalho + Vinícius de Moraes (340 m2), Tom Jobim (600 m2), Cazuza (170 m2), Clara Nunes (100 m2), Miriam Batucada (75 m2), Elis Regina (50 m2), Carmem Miranda (50 m2), compondo três áreas distintas, cada uma delas somando, respectivamente, 600 m2, 370 m2 e 280 m2. Único senão: pé direito de 3,10 m no Espaço Tom Jobim e 2,70 m nos demais. Mas possui toda a infra-estrutura básica, incluindo climatização. Trata-se de um espaço onde o organizador ou promotor pode programar os mais diferentes tipos de eventos, incluindo congressos com até 600 participantes com alimentação e contando com salas de sessões simultâneas e até uma pequena exposição. Inaugurado em 2002, o Araucária seria quase perfeito se tivesse pé direito maior. O outro centro de convenções, tal qual Londrina, encontra-se instalado num Shopping Center (ASPEN). O Centro de Convenções ASPEN é composto de espaços que não oferecem toda a flexibilidade funcional do Araucária, mas é bastante sofisticado, com ótimo pé-direito (4,53 m). O espaço maior (Centauros), com 648,86m2 pode ser dividido em até seis novos espaços. Antares (106,78 m2), Atria (105,08 m2), Capella (120,28 m2), Polaris (101,86 m2), Sirius (104,93 m2) e Vega (110,30 m2). Há, ainda, outro espaço multi-uso de 113,89m2. Faltam algumas salas de apoio, se o organizador desejar utilizar todo o Centaurus. Como vantagem adicional, está o fato de que a Praça de Alimentação está no próprio Shopping. Como se percebe, o ASPEN destina-se a eventos corporativos, eventos sociais e uma ou outra atividade científica local ou regional. O Centro Universitário Maringá, instituição de ensino superior de muito bom nível, possui excelentes instalações para receber determinados eventos (o estabelecimento tem prioridade, é claro, mas é possível, com a aprovação da sua Diretoria, realizar eventos, principalmente os de natureza técnica e científica). Dois magníficos teatros podem ser cogitados para sessões especiais de congressos e outros eventos: o Teatro Calil Haddad e o Teatro Marita. Complementam a boa disponibilidade de espaços em Maringá, hotéis como o Bristol Metrópole Hotel (auditório para 600 pessoas e duas salas para 200 pessoas), o Hotel Elo Maringá (cinco salas para 340 pessoas), o Hotel Deville Maringá, com quatro salas para 500 pessoas e os hotéis Cidade Verde (100 pessoas) e Ingá Apart Hotel (3 salas para 200 pessoas). A cidade de Maringá, além do seu belíssimo design urbano, é uma das mais jovens cidades médias brasileiras e, por isso mesmo, muito bem planejada, lembrando modernas cidades norte-americanas, em razão das largas avenidas e dos seus enormes parques. Excelentes clubes, incluindo um lindíssimo clube de golfe, emprestam um ar de modernidade e sofisticação à cidade. A civilização japonesa, muito bem representada em Maringá, contribui muito para a cultura administrativa e organizacional da cidade, e o Festival Nipo-Brasileiro, que acontece em agosto de cada ano, é a maior expressão da “colônia” nipônica naquela cidade, constituindo evento imperdível e referencial da região, tão completo, a ponto de ser considerado, pelas autoridades japonesas, como um dos melhores do mundo. Acessos - O Norte do Paraná pode ser acessado por ótima malha viária, procedente de São Paulo, Curitiba e outros locais. Tanto Maringá como Londrina, dispõem de modernos aeroportos, com boa freqüência. Contudo, cuidado: dependendo da época, os aeroportos podem fechar, em razão de intempéries, já que não dispõem de aparelhamento adequado para pousos e decolagens sem visibilidade.

Veja também:

05/08/2020
Foz do Iguaçu se prepara para uma retomada definitiva
Esse é o pensamento geral das entidades representativas do turismo que preparam um forte movimento de retomada.
30/07/2020
Château Hotel Grand Barrail, da França, divulga as novidades do verão
Entre elas estão um novo bar de vinhos, piqueniques gourmet e massagem com um mestre de Shiatsu
24/07/2020
Eventos: Segunda reunião do comitê avança e setor aguarda devolutiva de documento apresentado
Foi realizada na tarde de terça-feira (21), a segunda reunião do comitê que está tratando da retomada do setor de eventos em Maringá.
23/07/2020
EXCLUSIVO: Portal Eventos transmite LIVE sobre retomada do turismo no Guarujá
O Portal Eventos transmitiu no último dia 23 uma LIVE do Guarujá Convention & Visitors Bureau – Visite Guarujá, com a participação especial do Prof. Marcelo Boeger, consultor hospitalar e hoteleiro, especializado em biossegurança.
Newsletter
Receba as novidades