Canais
Políticas do Turismo
publicado em 15 de agosto de 2019 -  1h14

Parceria com plataforma online vai atrair mais turistas chineses a Foz do Iguaçu

Cidade passará a oferecer serviços, incluindo atrativos, passagens aéreas e reserva de hotéis diretamente para os turistas chineses.

Da Redação

Foz do Iguaçu pretende triplicar o número de turistas chineses nos próximos três anos com a venda direta do destino, seus atrativos, hotéis, restaurantes e serviços para o público daquele país asiático. Um passo importante para o cumprimento desse meta foi dado ontem pelo prefeito Chico Brasileiro, que assinou uma parceria inédita com a empresa chinesa HRH Information Technologies Company e a Confederação Nacional de Serviços (CNS).

Participaram do ato o presidente da HRH, Yang Zhou, o diretor de relações internacionais e novos negócios da Confederação Nacional de Serviços - CNS, Dácio Pretoni, o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, e o diretor de Marketing e Eventos, Washington Sena.

“É um mercado com potencial enorme de turismo no mundo, e o turismo local não tem medido esforços para atrair os visitantes da China. Com essa parceria, os atrativos de Foz do Iguaçu estarão disponíveis nas telas dos celulares de viajantes chineses que querem conhecer o Brasil com tranquilidade e segurança”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro.

A plataforma HRH tem planos ousados de se tornar a mais popular em turismo e e-commerce e conquistar grande parte dos 135 milhões de chineses que viajam pelo mundo. Por meio de aplicativo, os chineses podem buscar serviços em diversas áreas, especialmente no turismo, com a compra de passagens e reserva de hotéis em destinos parceiros da empresa.

Além da possibilidade de obter descontos em ingressos de atrativos e também na compra de passagens aéreas, a plataforma desenvolveu um sistema de pânico exclusivo para os usuários.

Isso significa que, se o turista chinês acionar a função, os familiares serão avisados e todos os demais usuários, dentro de um raio de 100 quilômetros, também serão comunicados. De acordo com os representantes, 300 mil pessoas já utilizam a plataforma, que foi criada em 2015. Mas esse público vai se multiplicar agora com a popularização da ferramenta, que passou a ter reconhecida pelo governo chinês

“Durante as Olimpíadas no Rio de Janeiro, em 2016, os turistas chineses que vieram acompanhar o evento já puderam testar a ferramenta, em caráter experimental, utilizando os serviços na cidade brasileira. Tenho certeza que o chinês, quando ver as belezas das Cataratas do Iguaçu e de outras atrações visitarão Foz do Iguaçu”, comentou o presidente, Yang Zhou.

Além de Foz do Iguaçu, a HRH assinou, recentemente, parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Também está prevista a assinatura com o Consórcio Amazônia Legal, que abrande cidades em nove estados, e São Paulo. A plataforma ainda oferece opções turísticas de destinos na Europa.

Potencial

Perto de 135 milhões de chineses viajaram pelo mundo em 2018. O Brasil recebeu cerca de 60 mil, e Foz do Iguaçu 18.371 deste total, o que já representa um aumento de 23% em comparação a 2017, de acordo com o balanço de visitação do Parque Nacional do Iguaçu, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu. A China é o décimo país em visitação turística às Cataratas do Iguaçu.

“É o início concreto de uma grande parceria que pode render frutos imediatos. Nosso compromisso é contribuir com a produção de conteúdos para serem utilizados pela ferramenta. Essa ação no mercado online chinês vem em boa hora, quando as discussões para liberação de visito eletrônico para os turistas chineses estão próximas de sair do papel”, afirmou o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.


Fonte: assessoria

Veja também:

21/08/2019
Governo de SP anuncia serviço de stopover da Gol Linhas Aéreas nos aeroportos paulistas
Passageiros que fizerem conexão em Congonhas, Guarulhos ou Viracopos podem ficar até duas noites na cidade sem custo adicional.
02/08/2019
SKAL Brasil manifesta inconformidade com a nova Marca Brasil
A Associação Mundial de Profissionais de Viagens e Turismo salienta que a Marca Brasil não é um fim em si mesma e deve ser parte da construção de uma política de turismo.
30/07/2019
São Paulo Pra Todos chega na mídia impressa
Secretaria Estadual de Turismo de São Paulo avança no programa São Paulo Pra Todos e lança campanha publicitária para mídia impressa.
24/07/2019
O que precisamos é não perder o foco
Por Manoel Linhares*
Newsletter
Receba as novidades