Canais
EVENTOS
publicado em 11 de março de 2021 - 18h 1

Eventos virtuais vão dobrar em 2021, segundo Linkedin

Conheça a startup que pivotou o negócio e cresceu 120%. Fundada por três amigos em Recife, Even3 simplifica a organização de eventos online e tem como propósito promover conexão entre pessoas e conhecimentos

Da Redação
 Cláusio Barbosa, Leandro Reinaux e Renato Cruz

Uma pesquisa realizada pelo LinkedIn apontou que os eventos virtuais vão dobrar em 2021. O estudo "Eventos virtuais: uma nova realidade" foi realizado com 200 organizadores de eventos B2B no país. Segundo os dados, 85% dos entrevistados realizaram diferentes eventos em formatos virtuais no ano passado e 83% afirmaram que vão continuar trabalhando com esse modelo nos próximos doze meses ou mais. A tendência é motivada não só pela pandemia, como retorno financeiro desse modelo e audiência do público e 93% acreditam que ela deve continuar a acontecer no futuro. Foi neste cenário que a Even3 - startup que simplifica a organização de eventos online, pivotou o negócio e cresceu 120% durante a pandemia.

A Even3 tem como objetivo conectar pessoas e conhecimentos e nasceu em 2015 a partir da necessidade de um professor de educação física da UFPE, que precisava organizar um congresso de médio porte, com todas as suas complexidades, de emissão de certificado à recebimento de artigos, mas não estava encontrando o suporte adequado no mercado.

Foi então que três amigos de Recife se uniram para criar um projeto capaz de atender as necessidades do setor acadêmico para eventos. Leandro Reinaux, Cláusio Barbosa e Renato Cruz começaram a atender as demandas nas horas extras e fins de semana, mas, com o sucesso do negócio, transformaram o projeto em empresa. "Percebemos que, apesar de existirem excelentes plataformas para eventos mais simples, aqueles que são mais técnicos ou científicos não possuíam uma solução adequada para um setor tão representativo. Demos um salto de fé ao empreender nessa área, mas hoje temos a certeza de estar no caminho certo", conta Reinaux, que também é CEO da startup.

A empresa foi criada com investimento próprio dos sócios e recebeu investimentos do programa de aceleração mineiro Seed e de anjos como Guilherme Moura - da família dona das Baterias Mouras, além de um aporte de R$ 4 milhões do fundo DOMO Invest anunciado no fim do ano. "Nossa primeira captação nos possibilitou ampliar o time, que hoje conta com quase 30 pessoas, e realizar melhorias em marketing e vendas. Além disso, nos orgulhamos em ver que nossa história se baseia em um crescimento sustentável que nos ajudou a conquistar outros investidores de renome", avalia o cofundador e COO da Even3, Renato Cruz.

Pivotagem do negócio trouxe crescimento de 120%

Com a pandemia, a empresa promoveu a transformação do negócio para a atuação online. Para isso, algumas tecnologias foram desenvolvidas pela startup e outras passaram a integrar os sistemas existentes, como recursos de CRM para ajudar empresas e clientes na captação de leads.

A plataforma permite a realização de videoconferências, sessões ao vivo ou gravadas e acompanhamento da programação, além de soluções presenciais ou híbridas. "Toda a tecnologia é embasada em recursos de segurança para garantir que o conteúdo seja preservado e nossos clientes possam ter a tranquilidade de acessar e cadastrar conteúdos sem risco. Chegamos a reunir mais de 50 mil pessoas em um evento durante a pandemia", explica o CTO Cláusio Barbosa. A startup também integrou o PIX à sua plataforma e a funcionalidade já representa 25% dos pagamentos registrados.

A Even3 oferece estrutura gratuita para organização de eventos que também são gratuitos. No caso dos pagos, é feita a cobrança de uma taxa por parte da startup. É possível adquirir serviços por módulos de acordo com a necessidade da atividade ou empresa. "A pandemia nos trouxe à tona uma necessidade de inovação que já tínhamos em nosso DNA, com isso, desenvolvemos serviços não apenas de eventos, mas também de publicações, de corporate e de pulverização de conteúdos acadêmicos", conta Barbosa.

Hoje, a startup conta com três frentes de atuação: Even3 Eventos (com foco em congressos, simpósios, cursos, webinars e conferências para professores e alunos), a Even3 Publicações (dedicada à veiculação de TCCs, revistas e livros, como alternativa às editoras tradicionais), e a frente de Empresas (criado em 2020 para que companhias e instituições realizem eventos em um ambiente personalizável, com as características das marcas e integrado à sistemas de captação de leads).

"A Even3 foca em eventos acadêmicos para professores e alunos, mas o plano é expandir cada vez mais o segmento de empresas. Queremos oferecer conhecimento técnico de qualidade, mas também temos planos de ser um agente global de conhecimentos mais amplos", prevê o CEO, Leandro Reinaux. "Com a pandemia, o mercado precisou de adaptar ao formato online de eventos e há um grande potencial para diferentes formatos com foco no cliente", conclui.

Fonte: Assessoria

Veja também:

06/05/2021
Connection Top Performer promove estratégias de marketing e vendas ao setor do turismo no primeiro dia de imersão
Programação continua nesta sexta-feira com palestras, workshops de destinos e mentorias com especialistas no Hotel Master Gramado
06/05/2021
Gramado Summit gera centenas de empregos indiretos
Conferência de inovação dá início à retomada do setor de eventos
05/05/2021
Connection Top Performer inicia nesta quinta-feira em Gramado
Primeiro evento presencial do turismo brasileiro em 2021 busca contribuir na transformação digital do setor
29/04/2021
Festuris Connection adota protocolos para realizar imersão em vendas com foco no setor do turismo
Evento reunirá grandes empresários e lideranças como palestrantes em programação nos dias 6 e 7 de maio, em Gramado
Newsletter
Receba as novidades