Canais
Destino
publicado em 05 de fevereiro de 2019 -  3h59

Janeiro de 2019 é o melhor mês na história do turismo de Foz

Marco das Três Fronteiras, um dos principais atrativos do destino, teve um crescimento de 28% no movimento.

Da Redação

Com um cenário composto por belas paisagens naturais e uma estrutura hoteleira com a melhor relação custo-benefício entre os principais destinos brasileiros, Foz do Iguaçu inicia o ano com a perspectiva de quebra de novo recorde de visitação. Janeiro já é o melhor mês na história do turismo.

O Marco das Três Fronteiras, um dos principais atrativos do destino, recebeu no primeiro mês do ano 28% a mais de visitantes do que em janeiro de 2018. Passaram pela bilheteria do atrativo no último mês 62.777 pessoas, ante 49.138 visitantes (2018). A maioria é de brasileiros.

No ano passado, o Marco das Três Fronteiras foi visto por 407.831 visitantes. Outro destaque no fortalecimento do atrativo foi o aumento da presença de estrangeiros. Em 2018, turistas de 127 países estiveram no Marco das 3 Fronteiras, atração que valoriza a cultura e a história da região.

O local tem opções de lazer para toda a família. O Restaurante Cabeza de Vaca traz a gastronomia regional; o parque infantil garante diversão para as crianças; os cenários do atrativo permitem belos registros fotográficos e vídeos; e, ao fim da tarde e início da noite, os visitantes têm uma série de atrações culturais, como o Labirinto Cultural e a Roda-Gigante.

Cataratas

O Parque Nacional do Iguaçu (PNI), onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu recebeu em janeiro deste ano 238.635 pessoas. Isso representa um crescimento de 2% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando 233.598 visitantes entraram na unidade de conservação.

Os brasileiros lideram o ranking de visitação no primeiro mês do ano nas Cataratas do Iguaçu, uma das Sete Maravilhas da Natureza. Passaram pelo atrativo 148.342 pessoas, o que representa 62% do público geral registrado no mês passado.

Em comparação a janeiro de 2018, houve um aumento de 4% no número de brasileiros que visitaram o local. No mesmo período do ano passado 142.682 brasileiros visitaram o PNI.

“Foi um bom começo de ano. Foz do Iguaçu é um destino múltiplo: conciliamos natureza, lazer, eventos, compras, ecoaventura e agora, também, o turismo termal. Este ano, vamos investir no turismo de golfe, casamentos e gastronômico”, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

Existe ainda a expectativa de quebra de recorde nos outros atrativos, como Itaipu e Parque das Aves. Os números finais serão divulgados nos próximos dias, mas já é aguardado um aumento de visitação em comparação ao mesmo período do ano passado.

A hotelaria também deve comemorar uma ocupação média expressiva para o mês de janeiro. Seguindo a tendência de crescimento do ano passado, o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, que divulgará os números de embarques e desembarques nos próximos dias, também acumulará números positivos no início deste ano, principalmente em função da operação de voos extras.


Fonte: assessoria

Veja também:

22/08/2019
Das 8 vinícolas do Projeto E-tourism “Sabor Mendoza”, 4 estão entre as 50 melhores do mundo
Divulgação da lista top movimenta agência de viagens especializada em roteiros personalizados.
21/08/2019
Colônia aposta no turismo de incentivo e reuniões
Cidade histórico-cultural, tombada pela Unesco, soma a seu currículo expertise em turismo de negócios e viagens de incentivos.
21/08/2019
Salvador Destination traz dez grandes organizadores de eventos para conhecer capital baiana
Encontro acontece de 22 a 25 de agosto e tem por objetivo atrair mais congressos, levando a cidade a ocupar posição de destaque neste segmento.
15/08/2019
Parceria com plataforma online vai atrair mais turistas chineses a Foz do Iguaçu
Cidade passará a oferecer serviços, incluindo atrativos, passagens aéreas e reserva de hotéis diretamente para os turistas chineses.
Newsletter
Receba as novidades