Canais
Eventos
publicado em 12 de dezembro de 2018 - 19h50

BCB São Paulo já tem os primeiros expositores confirmados

Evento de destilados premium contará com a presença de marcas de bebidas produzidas artesanalmente.

Da Redação

O mais importante evento de bares e bebidas, BCB São Paulo, que acontecerá nos dias 17 e 18 de junho de 2019, no espaço Expo Barra Funda, já tem definidos seus quatro primeiros expositores. A empresa Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento, espera atrair mais de 100 marcas expositoras e um público de 3 mil pessoas do setor de bares e bebidas. As marcas WIBA!, BEG Gin, Hof e Santo Mel já têm presença confirmada.

O ponto comum entre elas, além de suas fábricas localizadas no interior do estado de São Paulo e fundação recente, é a utilização de métodos artesanais nas etapas de produção de seus produtos. “Procuramos destacar a importância de se resgatar a tradição no processo de preparação das bebidas e mostrar que, ao mesmo tempo, é possível inovar e oferecer um produto de qualidade”, explica Paulo Octávio Pereira de Almeida, vice-presidente da Reed Exhibitions.

Conheça as marcas

Em 2014, o empreendedor Wilson Barros fundou a WIBA!, conhecida por suas cachaças de diversos sabores, que podem ser degustadas acompanhadas de pedaços de frutas e temperos, entre outros ingredientes. “A WIBA! foi criada para ser referência no mercado não só pela sua qualidade artesanal, mas pela maneira lúdica e divertida de beber cachaça”, comenta Wilson. A ideia é incentivar novas formas de consumo da cachaça, redescobrindo o prazer dessa bebida, por meio de um produto que preza pela tradição e práticas sustentáveis em sua produção.

Wilson acredita que o BCB São Paulo será um espaço que beneficiará a criação de relacionamentos estratégicos para os negócios. “Poderemos efetuar um maior número de contatos, incrementar nossas vendas e, consequentemente, aumentar nosso portfólio de clientes. Feiras do nível do BCB ajudam a propagar novos negócios a toda cadeia de stakeholders do mercado de bebidas, principalmente ao setor B2B, os maiores responsáveis pela pulverização de ideias e novos produtos para o consumidor final”, afirma.

Outra marca de cachaça que estará presente é o Santo Mel, criado em 2015. Os produtos de seu portfólio, por terem como base a cana-de-açúcar, fazem parte do grupo das bebidas mistas, também chamadas de compostas ou aperitivas. O destaque em seu stand no BCB São Paulo será o Cambu Santo, bebida premiada com a Medalha de Prata na Expocachaça 2018. Feita com base de cachaça e concentrado do fruto de cambuci, típico da Mata Atlântica, sua proposta é transmitir sensações, tornando bastante perceptível o sabor do cambuci, fornecido à Santo Mel por meio de um projeto de incentivo a pequenos produtores.

Vinicius Martins de Lima, diretor comercial do Santo Mel, comenta: “Participamos de diversas feiras, mas temos uma expectativa especial em relação ao BCB São Paulo. É uma oportunidade de visibilidade para a nossa marca, já que estaremos em contato com pessoas do segmento e poderemos mostrar o produto de qualidade que produzimos. Nosso desejo é diminuir as associações negativas normalmente feitas à cachaça e mostrar que ela é um produto brasileiro em sua essência”.

A microdestilaria Hof (Hof Microdistilery) também confirmou presença. As atividades da marca começaram em 2013. Seu proprietário e master distiller, Martin Braunholz, decidiu apostar em um conceito de boutique. Como resultado, a Hof une o contemporâneo à produção artesanal, com alto padrão e em pequenos lotes cuidadosamente preparados. Entre seus produtos, estão garrafas numeradas inspiradas em cachaças premium, gim, licores e aguardentes preparados artesanalmente com ingredientes de produtores do entorno. A versão London Dry do gim Minna Marie, produzido pela marca, foi premiada com a Medalha de Duplo Ouro no Concurso Mundial de Bruxelas, na Edição Brasil 2018.

“Nossa principal expectativa ao participar de um evento internacional de tanto prestígio como o BCB São Paulo é solidificar nossa marca e linha de produtos, além de obter visibilidade entre os principais integrantes do setor de bebidas e estabelecer contatos que possam impulsionar nossos negócios não apenas no Brasil, mas também no exterior”, diz Martin.

Já a BEG Gin foi criada por três amigos de infância, Arthur Flosi, Felipe Santoro e Thiago Luz, que costumavam se encontrar para testar botânicos e métodos de destilação em um pequeno alambique de cobre. A marca tem como destaque seu gim nacional genuinamente artesanal, com a essência britânica vinda do zimbro, semente de coentro e raiz de angélica, combinados com botânicos exclusivamente brasileiros de folhas de pitangueira e sabugueiro-do-Brasil. A bebida já foi premiada em competições internacionais, como The Gin Master 2018, em que conquistou as Medalhas de Ouro e Prata, além de ter levado o Ouro também neste ano no Spirits Selection by Concours Mondial de Bruxelles (Bélgica), que desde 1999 premia os melhores destilados do mundo.

“O BCB São Paulo é uma oportunidade de estabelecer um contato mais direto com o público do varejo. Esse é um trabalho que leva tempo e, em reuniões com clientes do setor, por exemplo, nem sempre eles têm a chance de degustar os nossos produtos, pois o foco maior é nas negociações. No evento, será possível mostrar a qualidade do que produzimos e o conceito que há por trás, além de todo o cuidado que temos durante as etapas de preparação”, conta Arthur, master distiller da marca.

Fonte: assessoria

Veja também:

21/03/2019
AMPRO Live Talks analisa NRF na visão do Live Marketing
Encontro está marcado para o dia 1º de abril, no Palácio Tangará, em São Paulo.
16/03/2019
Shopping Eldorado realiza evento inédito em comemoração aos 50 anos da chegada do homem à Lua
Evento educativo NASA Science Days terá a participação de quatro agências espaciais.
14/03/2019
Lançamento da 24ª edição do Minas Trend
A entrevista coletiva de lançamento da 24ª edição do evento será realizada no dia 19/3, terça-feira, às 18h30, na sede da FIEMG.
13/03/2019
Guarujá vai realizar Conferência Municipal de Meio Ambiente
Na pauta, o Corredor Ecológico de Guarujá. Uma vez consumado, ocupará cerca de 50% do território do município.
Newsletter
Receba as novidades