Canais
Eventos
publicado em 14 de maio de 2018 - 23h 4

Chubb destaca variedade de riscos em eventos

Em razão dessas ameaças, o mercado de eventos tem solicitado seguros de forma crescente, a fim de se proteger de um amplo número de situações de difícil controle.

Da Redação

A Chubb afirma que os numerosos riscos que ameaçam o mercado de eventos deram origem, nos últimos anos, a uma grande variedade de incidentes que surpreenderam os promotores. “Desabamento de camarotes, tumultos, descargas elétricas, danos a equipamentos, desmoronamento de palcos, quedas de estruturas provisórias, avarias em objetos cenográficos, incêndios, estragos em função de ventania e chuva, cancelamentos e adiamentos têm sido os principais acontecimentos que prejudicaram shows e eventos”, afirma Juliana Santos, responsável pela área de seguros de entretenimento da Chubb Brasil. De acordo com a executiva, a Chubb dispõe de proteções para todos esses imprevistos.

Em razão dessas ameaças, diz Juliana, o mercado de eventos tem solicitado seguros de forma crescente, a fim de se proteger de um amplo número de situações de difícil controle. Essa movimentação, segundo ela, começou a ficar visível no transcorrer da primeira década do novo milênio, quando os organizadores passaram a procurar de modo mais decidido os seguros contra acidentes pessoais. “São proteções que dão cobertura para morte e invalidez permanente em função de acidente em eventos como shows, feiras, jogos e outros, considerando ainda as etapas de montagem e desmontagem da estrutura do evento”, explica. Depois disso, Juliana lembra que os seguros de Responsabilidade Civil passaram a ser requisitados com a mesma intensidade, pois a legislação tornou-se mais severa para os casos em que os acidentes também envolvem terceiros.

Juliana Santos conta que, nos últimos anos, o seguro para cancelamento começou a ser igualmente procurado, reproduzindo no Brasil uma tendência consolidada há várias décadas na Europa. Segundo ela, os promotores de grandes shows internacionais vêm contratando com frequência no país esse tipo de proteção, que também cobre interrupção e adiamento. “O produto também despertou o interesse de realizadores de pequenos e médios eventos, mas o processo está ainda no início”, observa. A executiva acredita que esses organizadores vão intensificar a procura, pois os prejuízos em função de cancelamento costumam ser severos, uma vez que o promotor pode ficar sem renda para custear a divulgação, a locação do espaço e a própria realização do evento. “Esse tipo de sinistro pode facilmente provocar a falência da empresa organizadora”, adverte.

A Chubb é pioneira em seguros de entretenimento no Brasil, onde atua desde 2001. No mundo, a seguradora completou 50 anos no setor. A companhia se diferencia no segmento porque oferta um amplo leque de coberturas para eventos de todos os portes. Para os grandes, a empresa dispõe de uma equipe diferenciada para gerenciar os riscos. Para os pequenos e médios, a seguradora oferece grande agilidade ao disponibilizar um site em que o corretor pode facilmente cotar e emitir boletos e certificados, além da apólice.

Fonte: Assessoria

Veja também:

16/01/2019
Ceará receberá prêmio Silvia Zorzanello na Espanha
A premiação é uma parceria entre o Grupo Excelencias e os organizadores do FESTURIS Gramado.
16/01/2019
BRAZTOA abre calendário de eventos com Encontros Comerciais exclusivos para agentes de viagens
Inscrições para os ECBs Rio e São Paulo já podem ser feitas.
15/01/2019
Camarote Bar Brahma dá seu grito de Carnaval no aniversário de São Paulo
Em fevereiro, todo sábado, tem esquenta carnavalesco no bar. Tema escolhido para 2019 é "Unidos do Bar Brahma – Da Esquina para a Avenida".
12/01/2019
Tendências futuras dos eventos
A jornalista Lauren Arena, da Biz Events Asia, resumiu as conclusões do estudo realizado pela PCMA e a Marriott Internacional que descreve cinco macrotendências que vão impactar a indústria de eventos de maneira significativa nos próximos anos, com alto potencial de mudar a face da indústria.
Newsletter
Receba as novidades