Canais
FÓRUM EVENTOS
publicado em 23 de abril de 2018 - 21h55

Disrupção, tecnologia e inovação foram temas do primeiro dia do Fórum Eventos 2018

O primeiro dia do Fórum Eventos 2018 reuniu cerca de 500 especialistas, gestores de eventos, dirigentes de entidades e representantes de empresas ligadas ao setor, em São Paulo.

Da Redação
 Allison Manswell, CPLP (EUA), Fabio Ortolano, do SENAC, Fabio Cury, da Nomads Brand and Business Consulting e Paula Paschoal, da PayPal

O encontro traz as principais novidades e tendências do mercado e acontece até o final da tarde de terça-feira (24), no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo.

Rafael Vettori, Festival Path, Tonico Novaes, Campus Party, Pierre Mantovani, Comic Con, Rafael Lazarini, da Rio2C e Ralph Peticov, da Hack Town falaram sobre Destruição Criadora, citando o sucesso de eventos disruptivos, como Campus Party, Festival Path, CCXP e Rio Content Market.

A Campus Party é a maior experiencia tecnológica do mundo. Estamos entendendo como o humano e o robô vão coexistir, como vamos usar a inteligência artificial para que ela não substitua nossos trabalhos. Nos próximos anos, 60% dos empregos que existem vão desaparecer, mas novos vão surgir, aqueles relacionados a talentos e à estratégia vão permanecer. Vamos encarar uma robotização muito grande, saúde, mobilidade urbana, cuidados e bem-estar já se modernizaram”, afirmou Tonico Novaes.

Vivemos numa era de inúmeras possibilidades, todos conectados fazendo negócios, existe um pensamento disruptivo no mercado, um pensamento de necessidade de descontruir o que você construiu porque a mudança acontece muito rápido”, comentou Mantovani.

 Allison Manswell, CPLP (EUA), Fabio Ortolano, do SENAC, Fabio Cury, da Nomads Brand and Business Consulting e Paula Paschoal, da PayPal

Na sequência, Allison Manswell, CPLP (EUA), Fabio Ortolano, do SENAC, Fabio Cury, da Nomads Brand and Business Consulting e Paula Paschoal, da PayPal Brasil falaram sobre o viés inconsciente e sobre como as questões sociais, de gênero e raça são tratadas não só no setor de eventos, mas também na sociedade. “O viés inconsciente acontece, por exemplo, quando vemos a luz de freio no carro da frente e pisamos automaticamente no freio. Inconscientemente, calculamos a velocidade, o tempo e a intensidade que precisamos pisar no freio. E esse fator inconsciente acontece também com as marcas e pessoas quando criam comerciais”, explicou Allison.

Allison enfatizou que a cultura e os hábitos influenciam direta ou indiretamente as decisões a respeito de como conduzimos as marcas em todos os aspectos e isto é demonstrado, por exemplo, em detalhes observados nos comerciais. Falou ainda a respeito de comportamentos necessários para criar mudanças de formas continuas, como ser honesto consigo mesmo, aceitar as falhas e testar abordagens diferentes. A curadoria do painel foi de Dilma Campos, da agência Outra Praia.

Curadoria e softwares para eventos

No painel Curadoria para Eventos, Rafael Martins, da Share, trouxe um levantamento sobre os principais motivos pelo qual as pessoas vão a eventos, que tipo de conteúdo mais atrai o público e faz sentirem que o evento foi relevante.

De acordo com a pesquisa, sair do seu ambiente, o networking e adquirir conhecimento são os três fatores que levam as pessoas a participarem de eventos no Brasil. Sobre o que é considerado um bom conteúdo, ele enfatizou: “é aquele que é atual, testável e aplicável num formato que possa ser utilizado por muitas pessoas”. Martins compartilhou também seu método de curadoria para montar conteúdos e palestras para um evento, finalizando com alguns cases.

Vanessa Martin, da VM Consultoria, compartilhou com os participantes do Fórum Eventos a pesquisa inédita Inovação e Tecnologia em Eventos, que revelou que apenas 53% das empresas que realizam eventos usam softwares de gerenciamento, ou seja, “quase a metade ainda não usa, é um potencial muito grande para ser explorado”, comentou. Entre as ferramentas mais importantes, as que oferecem o credenciamento online foram as mais votadas. “Concluímos que é preciso mudar estrutura e o modelo de vendas dos eventos”, citou.

O painel também teve a participação de André Rodrigues, da Moblee, Eduardo Frezarin, da Yazo, e de Pedro Goes, da InEvent, comentando como escolhem os melhores softwares e quais as ferramentas mais utilizadas e de melhor custo-benefício. “Se o software não faz parte da estratégia do evento, não dá resultado. Para isto, é necessário ter envolvimento local, presencial com a organização do evento”, afirmou Frezarin.

Inovação e empreendedorismo

O primeiro dia do Fórum foi também a estreia do Inova Fórum Eventos, que proporcionou sessões paralelas sobre “Megatendências e Cenários Futuros”, “Comunidades Virtuais e Storytelling na rede”, “O poder de mensurar resultados – KPI’s e ROI”, “O Futuro é Agora” e “Novas Moedas de Troca / Reputação Digital”. O objetivo foi melhorar a experiência do cliente, a eficiência do negócio e a competitividade. O comando foi de Ronaldo Ferreira, da Agência Um, com curadoria de Marina Miranda da Mutopo.

Flavio Pripas, do Cubo, falou sobre empreendedorismo no painel Fomentando o Empreendedorismo no Live Marketing. Ele citou exemplos clássicos, como o Uber, o Airbnb, o WhatsApp e o Netflix, que levaram à mudança de comportamento da sociedade global em pouco tempo. “Ninguém, mais pede taxi colocando o dedo pra frente. O Netflix é uma empresa de 21 anos que conseguiu mudar o comportamento das pessoas pela quarta vez seguida – desde entregar DVDs nas casas das pessoas até mudar a forma como consumimos os filmes, qual queremos, na hora que queremos e na tela que queremos”.

Pripas comentou, ainda, que, no processo de empreendedorismo, é importante saber planejar o fracasso. “Todo empreendedor consegue controlar a variável da perda. Quando você planeja o fracasso, você se dá a liberdade de extrapolar o sucesso inicial que estava disposto a alcançar”.

 Sergio Junqueira, diretor do Fórum Eventos, Alexandre Canatella (E-Midia), Christian Barbosa (TriadPS), João Kepler (Bossa Nova Investimentos), Andre Chaco, Fotop, Jonathas Freitas (Gerenciagram) e Mario Yamasaki (Yamasaki

Startup Challenge

Pela primeira vez no Fórum Eventos, o Startup Challenge deu oportunidade para que startups apresentassem as melhores soluções para o mercado de eventos. Foram 30 inscritas, entre elas 20 foram selecionadas para apresentarem seus trabalhos numa galeria de pôsteres expostos na entrada do evento, e 5 finalistas fizeram um breve spitch na plenária, perante os participantes, sob o julgamento do júri.

A Castfy (aplicativo de casting para eventos), a Even3 (conecta todo o ciclo de vida de um evento acadêmico e científico, para aumentar em até 10 vezes a produtividade dos organizadores), a Fotop (oferece ao participante de eventos uma recordação fotográfica profissional das melhores experiências e facilita a localização de fotos em meio a centenas ou milhares produzidas no evento), a InEvent (plataforma completa para gestão de eventos, reuniões corporativas e hospitality) e a Yazo (aplicativo com diversos recursos para interação e engajamento pré, durante e pós-evento) foram selecionadas como as cinco melhores. O primeiro lugar ficou para a Fotop.

O júri foi constituído por cinco especialistas - Ney Neto (MCI Group), Felipe Tomé (Comnaction), Vanessa Martin (Sevrae/USP), Ronaldo Ferreira Junior (Agência Um) e Daniel Fazoli (AB Startups). Para questionar as apresentações e eleger a vencedora, foi convidado ainda um segundo júri, constituído de Investidores Anjos: Alexandre Canatella (E-Midia), Christian Barbosa (TriadPS), João Kepler (Bossa Nova Investimentos), Jonathas Freitas (Gerenciagram) e Mario Yamasaki (Yamasaki & Cia).

O Fórum Eventos 2018 conta com apoio institucional da CNC, Sesc, Senac e destino México e patrocínio do Centro de Convenções Rebouças, Grupo Eldorado, Bueno Arquitetura Cenográfica, Projetech Eventos, RSTcom, Expo Center Norte, Rio CVB, Royal Palm Hall Eventos, GJP Hotels & Resorts e Teleeventos. GL Events, Universidade Corporativa Comendadeira Helena Lundgren e Yazo Connecting Experiences; Hathor Comunicação, Moblee, Tech House, Grupo Atual Victória, Vice Versa, Stoc, Levitatur, HZ Eventos, Pombo Lindberg, Trembão e Cabify. Entidades apoiadoras: AMPRO – Associação de Marketing Promocional, Unedestinos, ABEOC Brasil – Associação Brasileira de Empresas de Eventos, ForEventos – Fórum do Setor de Eventos, UneDestinos, MPI Brazil - Meeting Professionals International, IAEE – International Association of Exhibitions and Events e CEM – Certified in Exhibition Management.

 O primeiro dia do 6 Fórum Eventos 2018 reuniu cerca de 500 especialistas, gestores de eventos, dirigentes de entidades e representantes de empresas ligadas ao setor, em São Paulo.

Veja também:

06/11/2018
Eventos Expo Editora anuncia 7ª edição do Fórum Eventos
No último dia 31 de outubro, o Hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo, recebeu os Embaixadores do Fórum Eventos 2019 para almoço. Na oportunidade, discutiram questões básicas relacionadas ao mercado e, também, temas para a 7ª edição do Fórum Eventos, marcada para os dias 29 e 30 de Abril de 2019, em São Paulo.
06/11/2018
Fórum Eventos anuncia identidade visual para edição 2019
O Fórum Eventos, o mais importante evento do segmento MICE no Brasil, chega em 2019 a sua sétima edição e anuncia a identidade visual para próxima edição do evento. A nova identidade do evento possui o objetivo de transmitir movimento, diversidade e inclusão, que são os temas centrais do evento.
23/05/2018
Fórum Eventos 2018 tem recordes em resultados e avaliações
O Fórum Eventos, considerado o mais relevante encontro da indústria de Eventos no Brasil, fechou a edição de 2018 com recorde de resultados e avaliações. Foram mais de 520 participantes, sendo 230 gestores de eventos – clientes finais e agências de Live Marketing, 90 congressistas e 115 palestrantes, professores, patrocinadores, jornalistas e criadores de startups.
02/05/2018
Formatura CEM acontece durante Fórum Eventos 2018
No segundo dia dia do Fórum Eventos 2018, ocorreu a cerimônia de formatura com a entrega da certificação CEM Certified Exhibition Management, que capacita profissionais de feiras e eventos, a sete profissionais brasileiros.
Newsletter
Receba as novidades