Canais
Feiras
publicado em 25 de julho de 2018 - 22h47

Feira AUTOMEC 2019 cria expectativa para o setor automotivo

Com programação focada em lançamentos, inovação e negócios, 1.300 marcas já confirmadas, maior mix de experiências e reunindo toda a cadeia de reposição e reparação, o evento é ponto de conexão para empresas e profissionais de toda a América Latina.

Da Redação

O setor de reposição espera movimentar, até 2020, aproximadamente R$ 142 bilhões segundo estudo desenvolvido pela consultoria Roland Berger. O montante inclui serviços, peças, impostos, custos operacionais e margens na cadeia de reparação automotiva. A expectativa positiva do segmento é um dos grandes atrativos para a AUTOMEC 2019 - Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços, que será realizada entre os dias 23 a 27 de abril de 2019, em São Paulo. O evento já tem mais de 1.300 marcas confirmadas e é reconhecido como o maior da América Latina para este mercado.

Dados do Sindicado Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) apontam que a projeção de faturamento do setor de autopeças em 2018 é de R$ 89,4 bilhões, sendo que 20% refere-se à venda de autopeças do fabricante para a cadeia de distribuição da reposição. Os investimentos feitos pelos fabricantes neste ano devem chegar a R$ 2,47 bilhões.

Para Paulo Octavio Pereira de Almeida, vice-presidente da Reed Exhibitions, a AUTOMEC é um importante termômetro do setor na América Latina. “A reposição teve papel importante quando a venda de veículos novos diminuiu e sentimos isso na edição 2017. Na edição 2019, veremos um evento impressionante com muito conteúdo e experiências para toda a cadeia”, afirma.

“A área de reposição escapou da queda da produção das montadoras instaladas no Brasil. O crescimento das exportações de veículos e de autopeças ajudaram a mitigar esse impacto. No caso das autopeças, acreditamos que a AUTOMEC de 2017 influenciou bastante no resultado. Essa mostra já é uma das maiores do mundo e tem condições de crescer ainda mais”, explica Elias Mufarej, conselheiro do Sindipeças e responsável pela área de Reposição e Fomento à Exportação.

A ANDAP também acredita que a próxima edição deve ser maior. “A reposição é responsável por 80% da manutenção da frota circulante. Algo singular, que não acontece em outros países e gera muitas oportunidades. E esse cenário favorável reflete positivamente na AUTOMEC”, explica Rodrigo Carneiro, presidente da entidade.

Juntamente com a ANDAP, o SICAP representa o segmento de distribuição e reforçou a importância do mercado de reposição para a economia brasileira. “É um setor que movimenta desde a fabricação de peças até sua aplicação, passando pela distribuição e varejo. Uma cadeia produtiva que contribui para a geração de empregos e acaba refletindo positivamente no cenário do país. Muitos fabricantes de autopeças encontraram oportunidades no aftermarket e conseguiram equilibrar as contas. Acredito em um crescimento para este ano entre 5 e 6% pela pequena melhora na economia e recuperação na fabricação de veículos”, comentou Alcides José Acerbi Neto, presidente do SICAP.

Complementando, o Sindirepa lembra como a feira representa este quadro positivo. “Os números falam por si. Para a edição 2019 da AUTOMEC pretendemos, inclusive, aumentar a quantidade de caravanas com profissionais do setor para que possam se atualizar e conferir as novidades”, ressaltou Antonio Fiola, presidente do Sindirepa-SP e Sindirepa Nacional.

Na mesma direção, o Sincopeças pretende reeditar a parceria fechada com o Sindirepa na edição anterior. “Foi um sucesso. Agora, queremos levar um número recorde de cerca de 18 mil varejistas. Também pretendemos promover uma ampla conscientização para que o trade automotivo abrace a definitiva implantação da Inspeção Técnica Veicular, proposta para entrar em vigor em 2019 e que foi suspensa em abril deste ano pelo Denatran”, diz Francisco Wagner De La Tôrre, presidente do Sincopeças-SP e vice-presidente do Sincopeças Brasil.

Com a visão e chancela destas entidades e um histórico de quase três décadas de sucesso, o diretor da AUTOMEC, Leandro Lara, ressalta que a feira é o maior evento de negócios para o setor na América Latina. “Teremos uma feira ainda mais grandiosa, com maior mix de expositores, mais experiências e focada na geração de novos negócios para toda a cadeia”, comenta.

Programação 2019

Para a edição do ano que vem, o público visitante pode esperar muita inovação e interação dos cerca de 1.500 expositores nacionais e internacionais, entre eles nomes importantes como Bosch, ZF Service, Nakata, Dana, Dayco, Fras-le, Magneti Marelli e Tecnomotor.

Serão 90 mil metros quadrados de área de exposição e 20 mil metros quadrados de área de experiência, que vão do Hub de Conteúdo, com mais de 100 horas de palestras e treinamentos, a atrações como a Oficina Modelo, que traz tudo sobre customização, performance, normas e padrões para o reparo e manutenção de veículos leves e pesados; a Loja Modelo, espaço com foco em aumentar a eficiência do varejo que apresentará melhores práticas em exposição de produtos, gestão e controle de estoque, sistemas de pagamento etc.; a Oficina do Futuro, que apontará os caminhos para que as oficinas se preparem para o desafios que estão por vir com temas como veículos elétricos e híbridos, conectados e autônomos; a Oficina na Prática, com especialistas a disposição dos visitantes para orientar no uso de ferramentas e equipamentos; e o Fórum AUTOMEC, que discutirá os principais movimentos da indústria.

“A AUTOMEC 2019 contará com uma agenda intensa de conteúdo e experiências para todos os profissionais que fazem parte cadeia de reposição e reparação automotiva. Além disso, a organização coloca à disposição de seus expositores e visitantes a oportunidade de se conectarem antes da feira, agendarem reuniões e realizarem novos negócios pré, pós e durante o evento”, afirma Leandro Lara, diretor da AUTOMEC.

A programação completa pode ser conferida no site.

Representatividade internacional e organização

Referência na América Latina e no mundo, a AUTOMEC teve seu recorde de público na última edição de 2017, com 74.252 visitantes de 62 países. Segundo Leandro Lara, “estes números devem ser ainda mais expressivos em 2019. Esperamos crescer 10% em visitação internacional na próxima edição”.

Fonte: Assessoria

Veja também:

16/10/2020
FESTURIS será a primeira feira presencial de turismo da América Latina desde o início da pandemia
Evento acontece de 5 a 8 de novembro, em Gramado, e pretende ser palco para a recuperação da indústria do turismo no Brasil
15/10/2020
Expo Retomada reúne players da indústria de eventos no São Paulo Expo
Expo Retomada reúne players da indústria de eventos no São Paulo Expo Primeiro dia do evento cumpriu protocolos de segurança, disseminou conteúdo e demonstrou inovações para o novo normal do setor
10/10/2020
Expo Retomada vai tratar sobre o futuro dos Eventos no Brasil
Planejamento, organização, mobilidade e rentabilidade dos eventos e grandes feiras de negócios no "novo normal" farão parte dos conteúdos da Arena Show da Retomada, que começam no dia 14, às 14h, no São Paulo Expo
09/10/2020
Francal Feiras apresenta na Expo Retomada seu protocolo de segurança para realização de feiras
Elaborado de forma clara e objetiva, documento detalha as regras que passarão a vigorar em todos eventos da promotora enquanto perdurarem as medidas de prevenção da Covid-19.
Newsletter
Receba as novidades