Canais
Feiras
publicado em 07 de abril de 2017 - 12h20

WTM 2017: novas atrações e boa expectativa econômica impulsionam o evento

Participação de visitantes cresce em 20% e reuniões de speed networking agendadas somam 12 mil durante os três dias

Da Redação

Boas notícias marcam o último dia de atividades da WTM Latina America & 47º Encontro Comercial Braztoa. Durante coletiva realizada no início da tarde de hoje (6), Charlie Cracknell, diretor Sênior de Exposições da Reed Exhibitions, Lawrence Reinisch, diretor da WTM Latin America, e Luciane Leite, gerente da WTM Latin America anteciparam números que reforçam a boa impressão dos organizadores quanto ao desempenho da feira. Até ontem (5), o número de visitantes havia crescido 20% em relação ao ano passado e a expectativa é que outros índices também fechem com saldo positivo.

Quem abriu a apresentação foi Charlie Cracknell, diretor sênior de Exposições da Reed Exhibitions. O executivo se disse bastante empolgado com o feedback positivo que ouviu dos clientes desde o início do evento. “Sentimos que o mercado brasileiro está voltando a aquecer e há uma impressão positiva em relação aos novos negócios”, relatou o diretor. “Nosso principal objetivo não é somente trazer outros destinos para a América Latina, mas impulsionar os produtos valiosos daqui para o resto do mundo”.

Entre os indicadores apresentados pelos executivos estão as reuniões de Speed Networking. Durante os três dias, o número de agendas realizadas deve somar 12 mil. Além disso, também se verifica um crescimento de 7% no número de buyers participantes nos primeiros dois dias da edição 2017, o que comprova o clima de otimismo econômico citado pela organização.

“Uma das novidades da WTM Latin America deste ano foi o My Event, plataforma online para networking e agendamento de reuniões, entre outras funções, para otimizar o tempo no pavilhão e tornar a visita mais focada em negócios, que foi aplicada pela primeira vez durante a WTM de Londres, em novembro do ano passado”, diz Reinisch.

Lawrence lembrou que, desde 2013, a equipe da WTM Latin America tem feito workshops e roadshows em diferentes países da região, como Colômbia, Uruguai, Argentina, Chile, Peru, Bolívia e também países da América Central (Panamá, Costa Rica, El Salvador, Honduras e Guatemala), buscando aumentar cada vez mais a sinergia entre os destinos e fortalecer a estratégia de mercado dentro e fora da América Latina.

O diretor terminou a fala lembrando que estamos inseridos em um mundo em constante transformação, com novos gostos, costumes e referências culturais. “Hoje o tempo de adaptação é muito menor do que há 10 anos, por isso os desafios envolvem não somente se adequar, mas antecipar tendências”.

A preferência dos clientes foi tema não somente do discurso de Lawrence, mas também do painel do professor pesquisador da ESPM e copresidente da Rapp Brasil, Ricardo Pomeranz. O especialista apresentou o “Índice Nacional de Satisfação do Consumidor”, conhecido também como INSC Viagens.

O estudo aponta que a avaliação dos consumidores com hotéis, companhias aéreas, agências de viagem, programas de fidelidade, locadoras de veículo e OTAs (online travel agencies) foi de 67,8% no período de férias, registrando uma queda de 9,4pp em relação ao levantamento realizado no ano passado.

Números e destaques da feira

Nesta edição, a feira foi composta por serviços e produtos turísticos de 50 países, espalhados em mais de 600 expositores, ocupando uma área líquida 20% maior em relação ao ano passado. Entre os destinos presentes, 30% eram do Brasil, 30% da América Latina e 40% do restante do mundo.

Entre os pontos fortes do evento, é possível destacar a cerimônia de abertura, que teve mais de 500 presentes acompanhando os discursos das autoridades e dos organizadores celebrando o início do evento. Além de secretários regionais e estaduais, líderes de entidades de classe e empresários do setor, o evento teve a participação do Ministro do Turismo, Marx Beltrão, que destacou a relevância do setor na geração de empregos e no fortalecimento econômico.

Beltrão também esteve na “Mesa Redonda Ministerial sobre Turismo como Ferramenta para o Desenvolvimento”, outro importante momento da feira, juntamente com Lilian Kechichián, Ministra do Turismo do Uruguai, e Alejandro Lastra, Secretário do Turismo da Argentina. Mais de 100 pessoas acompanharam a conversa entre as lideranças dos três países, que teve entre os temas as políticas de facilitação de vistos, o fortalecimento de infraestrutura aérea, com mais conectividade, e promoção do destino.

A WTM Latin America, em seu quinto ano, atraiu 9.000 executivos dos mais conceituados na indústria de turismo da América Latina. O evento em 2016 gerou mais de US$ 370 milhões em novos negócios, que foram realizados entre expositores e compradores.

Veja também:

20/04/2019
Fispal Tecnologia apresenta Plataforma de Conteúdo com mais de 200 horas de Programação
Espaço com capacidade para receber cerca de 2,5 mil congressistas contará com palestrantes de marcas como AMBEV, Nestlé, Coca-Cola e Bauducco; Ricardo Amorim será Keynote Speaker do evento.
18/04/2019
Francal Feiras anuncia novo Diretor de Negócios
Fernando Ruas Marques chega para impulsionar a direção dos negócios e se comprometer em novos setores.
18/04/2019
Grupo Couromoda anuncia Mônica Araújo como nova Diretora Executiva
Executiva conta com 20 anos de experiência no setor e passou por grandes empresas como Cielo e Multiplus.
18/04/2019
WTM Latin America contabiliza mais de 19.400 participantes na edição 2019
Números representam crescimento de 12% em relação ao ano anterior.
Newsletter
Receba as novidades