Canais
HOTELARIA
publicado em 07 de maio de 2020 - 18h47

Mapeamento do setor hoteleiro de São Paulo auxilia profissionais de saúde em tempos de Covid-19

Senac São Paulo e ABIH-SP firmam parceria para identificar a oferta hoteleira próxima a hospitais públicos para profissionais de saúde terem opções de hospedagem, preservando suas famílias.

Da Redação

O Senac São Paulo elaborou o “Mapeamento de Meios de Hospedagem Próximos a Hospitais na cidade de São Paulo”, cujo objetivo foi identificar a oferta hoteleira próxima a hospitais públicos para que o poder público possa analisar a melhor forma de viabilizar a hospedagem aos profissionais de saúde que atuam nas instituições, de modo que não retornem às suas casas, preservando suas famílias.

A ação é fruto da parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-SP) para ampliar esforços visando contribuir com o setor hoteleiro na grave crise enfrentada por conta da pandemia.

A equipe do Senac São Paulo – docentes, alunos e corpo técnico – realizou o mapeamento dos hotéis a partir de plataformas e informações on-line, identificando aqueles localizados em um raio aproximado de 5 quilômetros dos hospitais elencados pela pesquisa.

A partir desse ponto inicial, foram identificadas a quantidade de acomodações, as categorias dos hotéis, os endereços e os contatos das hospedagens. Posteriormente, a ABIH-SP entrará em contato com os órgãos públicos e serão definidas quais as regiões/hotéis poderão receber os profissionais da saúde e em que condições serão ofertadas as vagas.

“A parceria firmada com o Senac São Paulo permitiu um olhar atualizado e específico sobre a oferta hoteleira, contribuindo para atender as demandas do poder público, seja em âmbito federal, estadual ou municipal”, afirma Ricardo Roman, presidente da ABIH-SP, referindo-se aos primeiros resultados obtidos com o cruzamento da oferta hoteleira e a rede de hospitais públicos constantes das listas apresentadas para a associação.

Mapeamento no detalhe

Foram mapeados 302 meios de hospedagem próximos a 89 hospitais da capital, contemplando as regiões central, norte, oeste, sul e leste. Sobre as categorias, os pesquisadores consideraram 130 meios de hospedagem 3 estrelas, 84 na categoria 2 estrelas, 78 hotéis classificados como 4 estrelas, apenas cinco classificados como 5 estrelas e, por fim, dois de uma estrela. No total, foram catalogadas cerca de 34.600 unidades habitacionais (UH).

Alguns dados interessantes: os hotéis 4 estrelas poderiam ser o hub principal de hospedagem, pois possuem 14.800 unidades habitacionais disponíveis, ou seja, 40% do total levantado. A região mais bem servida em relação à hospedagem é a Zona Sul.


Fonte: assessoria

Veja também:

26/11/2020
CVC Corp faz acordo global com a Rede IHG
Com a parceria, os clientes das 10 marcas do Grupo terão à disposição mais de 6 mil opções de hospedagem da InterContinental Hotels Group (IHG) em todo o mundo, já disponíveis para reservas
25/11/2020
Atlantica Hotels International amplia presença em Belo Horizonte com hotel da marca by Wyndham
Com a conversão do Ramada by Wyndham Belo Horizonte Lourdes, AHI chega a 9 hotéis na capital mineira
19/11/2020
Hotel Hilton São Paulo Morumbi usa tecnologia da Ecoquest de descontaminação do ar que combate a Covid-19
O hotel Hilton São Paulo Morumbi adquiriu um sistema de higienização do ar permanente que combate a Covid-19 além de muitos outros contaminantes.
18/11/2020
Atrio Hotel Management anuncia nova operação na capital de SC
WK Design Hotel entra na rota do luxo para o trade de turismo e eventos
Newsletter
Receba as novidades