Canais
Resorts
publicado em 19 de fevereiro de 2019 -  2h51

Mabu Thermas Grand Resort é referência em sustentabilidade

O Resort entrega a segunda edição do relatório e comemora bons resultados.

Da Redação

Em 2012, o Grupo Mabu aderiu a Política de Gestão da Sustentabilidade. O objetivo é reduzir impactos e transformar de maneira positiva o setor hoteleiro operando de forma sustentável.

A segunda edição do Relatório de Sustentabilidade do Mabu Thermas Grand Resort acaba de ser lançada. A edição de 49 páginas, traz em um formato simples e explicativo, informações sobre todas as ações e principalmente avanços alcançados no ano de 2017. Baseados nas diretrizes da Política de Gestão da Sustentabilidade seguido desde 2012, o documento visa a mensurar os resultados alcançados, servir como base para a manutenção das ações já desenvolvidas e planejamento de futuras medidas.

As iniciativas que já estavam sendo aplicadas nesse sentido, foram intensificadas em vários setores. Em 2016 foi divulgada a primeira edição do Relatório de Sustentabilidade do Mabu Thermas Grand Resort. O documento trouxe o balanço oficial de todas as ações desenvolvidas no ano de 2015. Já na primeira edição foi possível perceber que houve uma redução de 30% no consumo de energia, fazendo a manutenção periódica dos equipamentos. Outra medida que foi destaque no relatório é a adoção de lâmpadas led em 100% dos ambientes do Resort.

As medidas e regras propostas na elaboração da política de gestão continuaram a ser implantadas, o que gerou ainda mais economia em 2017. Podemos destacar a substituição do uso dos geradores movidos à energia elétrica e a diesel por fontes de energias renováveis, o que gerou uma redução de 130 mil litros no consumo de diesel e a diminuição de 39% no valor referente ao consumo de energia. Só com essa iniciativa o Grupo Mabu deixa de emitir na atmosfera mais de 6 mil toneladas de CO2, o que representa 3412 árvores plantadas.

Entre outras iniciativas, além das voltadas aos recursos hídricos, naturais e de segurança, o Resort promove ações socioculturais e ambientais, que atendam às expectativas das partes interessadas, visando melhorar a imagem do destino turístico.

A Organização Mundial do Turismo (OMT) e a Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) determinaram que 2017 era o Ano Internacional do Turismo Sustentável. A meta era destacar o potencial do turismo para o desenvolvimento econômico sustentável, por meio da geração de empregos, redução da pobreza, proteção ambiental, defesa do patrimônio cultural, entre outros.

O Mabu Thermas Grand Resort é o primeiro resort do Brasil certificado pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) na norma NBR 15401, que avalia as áreas ambiental, econômica e sociocultural, sendo recertificado anualmente, após auditoria externa.

“Saber que estamos caminhando com passos firmes em direção ao único turismo que será aceitável daqui a alguns anos enche-nos de orgulho e nos entusiasma a aprimorar ainda mais”, explicou Wellington Estruquel, CEO Grupo Mabu.

Fonte: assessoria

Veja também:

19/07/2019
Malai Manso é o primeiro resort do Brasil a operar 100% com energia solar própria
Parque solar construído dentro do empreendimento se torna a maior instalação fotovoltaica do estado do Mato Grosso e produzirá 350.000 KWH mensais de energia limpa renovável.
19/07/2019
Royal Palm Hotels & Resorts fecha primeiro semestre de 2019 com alta de 30% no faturamento
Número positivo foi impulsionado pela conclusão do projeto Royal Palm Campinas, mais completo e abrangente complexo de eventos e hotelaria do país.
18/07/2019
GJP Hotels & Resorts anuncia parceria para representação comercial da rede na América do Sul
O objetivo é ampliar a representatividade dos hotéis do grupo em países como Uruguai, Paraguai, Argentina e Chile por meio de ações comerciais.
18/07/2019
Mavsa (SP) cresce 14% em receita no 1º semestre
Resultado considera públicos de lazer e negócios; realização de eventos sobe 15%.
Newsletter
Receba as novidades