Canais
Transporte
publicado em 23 de janeiro de 2018 - 16h 9

CADE aprova fusão entre Locamerica e Unidas

Juntas as empresas têm 14% do market share no segmento de locação

Da Redação

O Conselho de Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou a fusão entre Locamerica e Unidas. A operação deu origem à segunda maior empresa do setor e a maior em aluguel de frotas corporativas no Brasil. A fusão possibilita um portfólio completo de produtos e serviços. Entre eles, o aluguel por hora, aluguel a longo prazo, entre outros.

Começa agora uma nova fase de integração entre as companhias e ajustes das melhores práticas, lembrando que todas as condições comerciais serão mantidas. Locamerica e Unidas vão ser mais competitivas, capazes de oferecer mais vantagens, serviços personalizados e melhor custo-benefício aos clientes.

Juntas as empresas contam com uma frota de mais de 100 mil carros, 234 lojas de aluguel de veículos e mais 72 lojas de seminovos com presença em todas as regiões do Brasil.

A decisão ainda cabe recurso no período de 15 dias.

Veja também:

23/09/2020
Localiza e Unidas anunciam fusão para criar empresa de R$ 50 bilhões
Juntas, elas têm quase 491 mil veículos no segmento de aluguel e em frotas corporativas e valor de mercado de 50 bilhões de reais
16/09/2020
CEP Transportes lidera mercado, segundo pesquisa da ABRACORP
A Abracorp (Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas) realiza constantemente pesquisas sobre o mercado de atuação de seus associados e áreas relacionadas com o setor.
14/08/2020
Grupo Heineken e Movida se unem e levam ação de conscientização para as ruas de São Paulo
As famosas mochilas de chopp presentes em grandes eventos serão agora utilizadas para distribuição de álcool em gel em pontos de grande circulação. A ação "Fazer Parte" pretende impactar 3 milhões de pessoas, em um movimento de conscientização e combate à pandemia.
27/07/2020
(Re)começaram na semana passada os grandes Cruzeiros na Europa
Pela primeira dez desde que a pandemia de Covid-19 atacou em Março, um navio de cruzeiros saiu de um porto europeu com mais de 1200 passageiros a bordo.
Newsletter
Receba as novidades