Canais
Pesquisas
publicado em 01 de setembro de 2020 -  1h35

Foz do Iguaçu pode recuperar 93% da conectividade aérea até dezembro

O levantamento foi feito com base na programação das companhias áreas registrada no sistema de gestão de vendas Sabre.

Da Redação

Se depender da programação das companhias aéreas, Foz do Iguaçu deverá recuperar até o mês de dezembro 93% dos pousos e decolagens e 86% dos assentos ofertados em relação ao que tinha no mesmo período do ano passado.

O levantamento foi feito com base na programação das companhias áreas registrada no sistema de gestão de vendas Sabre, ferramenta de pesquisa e reserva das viagens aéreas, que mapeia, em tempo real, as mudanças de voos de mais de 400 empresas do mundo inteiro.

Para o mês de dezembro, estão programados 1.455 pousos e decolagens no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, uma média de 47 por dia, que resultarão na oferta de 219.386 assentos.

Para o mês de outubro, Estão programados 1.028 pousos e decolagens e 154.598 assentos. E para o mês de novembro, 1.405 pousos e decolagens e 212.018 assentos.

“São voos programados. Se houver demanda, e as condições sanitárias forem favoráveis, independente da chegada de uma vacina, esperamos que todos esses voos sejam confirmados“, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

No momento, em função da pandemia do novo coronavírus, Foz do Iguaçu está conectada com voos diretos somente para os aeroportos Viracopos - Campinas e São Paulo - Guarulhos.

São dois voos diários regulares da Latam e um da Azul e outro da Gol, além de voos extras no feriado de 7 de setembro. Ao todo, serão 168 operações no mês de setembro.

Mas, a partir do dia 5 de outubro, a conectividade será ampliada para Curitiba e Porto Alegre. E a partir do dia 25 de outubro, para Santiago do Chile.

Curitiba

A Azul Linhas Aéreas confirmou o retorno dos voos entre Curitiba e Foz do Iguaçu, de segunda a sexta-feira, a partir do dia 5 de outubro. Os voos serão operados com os modernos aviões Airbus A-320. O voo AD 4066 sairá de Curitiba às 11h25 com chegada em Foz do Iguaçu às 12h40.

Já o retorno para a capital paranaense será com o voo AD 4067, com saída de Foz às 15hs e chegada em Curitiba às 16h10.

Porto Alegre

No mesmo dia 5 de outubro, a Azul inicia o voo AD 4181 ligando Porto Alegre a Foz do Iguaçu, com saídas às 14h35 e chegada às 16h25, com os aviões modelo ATR. O retorno será com o voo AD 4182, saindo às 17h10 e chegando em Porto Alegre às 19 horas. Voo será realizado três vezes por semana, sempre às segundas, quartas e sextas.

Rio de Janeiro - Galeão

A partir do dia 25 de outubro, a Gol inicia voos diários ligando o aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, a Foz do Iguaçu, com quatro frequências diárias: às 7h15, 9h30, 15h50 e 21h20. Retorno de Foz do Iguaçu para o Rio será às 05h55, 10h05, 12h20 e 18h35.

Santiago do Chile

Também no dia 25 de outubro, começa a operar o voo da companhia ultra low coast JetSmart ligando Santiago do Chile a Foz do Iguaçu, duas vezes por semana, aos domingos e quintas. Voo sai de Santiago do Chile às 17h30 e chega em Foz às 20h25. O retorno será às 21h20 e chegada em Santiago 00h25.

“Neste recomeço vamos surpreender os visitantes, oferecendo serviços diferenciados já a partir do Aeroporto que agora conta com um moderno e sonhado terminal com quatro fingers e pátio ampliado. Esta estrutura projeta a cidade para implantação de conectividade para todo o país e América do Sul num curto prazo”, avalia o presidente do Fundo Iguaçu, Enio Eidt.

Fonte: assessoria

Veja também:

09/09/2020
Pesquisa da .be comunica aponta tendências prioritárias para marcas e agências
Investimentos em segurança são prioridade unânime, seguidos da implementação ou aprimoramento de lives e ações com menos público presencial e maior alcance
01/09/2020
Pesquisa da ABIH-SP mede desempenho da hotelaria em Julho
Associação Brasileira da Indústria de Hotéis - ABIH-SP passa a divulgar, mensalmente, resultados atualizados da pesquisa que abrange 11 RTs (Regiões Turísticas).
01/09/2020
Eventos virtuais movimentarão US$774bi pelo mundo em 2030
Tendência pós-pandemia é investir em eventos online para economizar recursos e garantir segurança dos participantes.
19/08/2020
Setores de turismo, eventos e educação devem se fortalecer com a transformação digital
Afirmação é do especialista em desenvolvimento de estratégias para a inovação digital e CEO da ExímiaCo, Elemar Júnior.
Newsletter
Receba as novidades