Canais
Políticas do Turismo
publicado em 30 de julho de 2019 -  1h34

São Paulo Pra Todos chega na mídia impressa

Secretaria Estadual de Turismo de São Paulo avança no programa São Paulo Pra Todos e lança campanha publicitária para mídia impressa.

Da Redação

A nova fase da campanha SP Pra Todos começou. O foco dessa vez é a mídia impressa. Desde o dia 23 de junho, a primeira campanha publicitária, em vídeo de um minuto, para incentivar a população a viajar e conhecer os atrativos do Estado de São Paulo, está sendo veiculada na televisão, cinema e internet em todo o Brasil e agora a campanha alcança a publicidade das revistas.

A propagação desta campanha publicitária com certeza irá sensibilizar e motivar mais brasileiros a embarcar numa viagem em terras paulistas. De acordo com o secretário Vinicius Lummertz, “é a maior campanha já feita para promover o turismo no Estado. São Paulo tem todos os segmentos do turismo, o que facilita a escolha do turista, porque mostramos toda a pluralidade que possuímos. Temos praias, montanhas, cavernas, trilhas, esportes radicais, aventura, cultura e gastronomia. Em São Paulo tudo pode”.

“Esta campanha consagra o turismo como fator de desenvolvimento econômico, gerador de empregos, valorizando a cultura e as características regionais. Desde o começo do ano, esta campanha foi planejada para mostrar que São Paulo tem força turística, seja na Capital, na Grande São Paulo, no litoral e no interior”, finaliza o titular da Pasta do turismo.


Fonte: assessoria

Veja também:

26/05/2020
Bolsonaro sanciona Nova Embratur e veta incentivos fiscais para setor do turismo
Ao todo, cinco pontos do projeto foram vetados, como esses que tratam de incentivos fiscais e outros sobre composição e financiamento da Embratur.
25/05/2020
Bolsonaro sanciona Nova Embratur e veta incentivos fiscais para setor de turismo
O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que cria a "Nova Embratur", com vetos a incentivos fiscais voltados para o setor do turismo. A norma sancionada deixou de fora o trecho que zerava, a partir de 2021, o imposto de renda devido por empresas aéreas em virtude de contratos de leasing de aeronaves e motores, e também o artigo que garantia a redução para 6% até 2024 do imposto de renda sobre valores remetidos ao exterior para gastos pessoais de brasileiros em viagens internacionais.
22/05/2020
Taxa de Serviços Turísticos municipal é declarada inconstitucional
Em ação proposta pela UNEDESTINOS, lei municipal foi julgada ilegítima pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.
20/05/2020
Em nota técnica, SENACON esclarece real responsabilidade solidária do agenciamento e seu direito à remuneração
Esta é uma vitória para todo o setor de agenciamento que entra para a história da ABAV.
Newsletter
Receba as novidades