Canais
Políticas do Turismo
publicado em 25 de setembro de 2017 - 21h59

Calendário de eventos deve fomentar economia do Rio de Janeiro

Com a possibilidade de aumento de 20% no fluxo de turistas, economia do estado pode crescer R$ 6,1 bilhões.

Da Redação

O governo federal anunciou, neste domingo (24), o programa ´Rio de Janeiro a Janeiro´, calendário de eventos culturais, esportivos e de negócios para movimentar a economia da região. O turismo corresponde a 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado e a economia criativa a 3,9% desse indicador, o que torna esses setores pilares da economia fluminense, atrás apenas das áreas de óleo e gás.

O anúncio da iniciativa, que une os governos federal, estadual e municipal e a iniciativa privada, foi feito pelo prefeito Marcello Crivella, ao lado do governador Luiz Fernando Pezão, no Parque Olímpico, na Zona Oeste, onde está montada a Cidade do Rock. Também presente, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, afirmou que o Rio vive uma situação constrangedora e terrível, mas disse acreditar que o programa pode propiciar uma "virada" na situação financeira e social do estado.

 Roberto Medina

A ideia do projeto ´Rio de Janeiro a Janeiro´ foi do fundador e presidente do Rock in Rio, Roberto Medina. Ele anunciou o lançamento do calendário de eventos durante uma palestra no Palco Mundo da nova Cidade do Rock, para uma plateia de cerca de 600 pessoas que participaram do Rock in Rio Academy by HSM, na última terça-feira.

Medina revelou que, há alguns meses, a partir de conversas com outros promotores e empresários, começou a montar um calendário permanente de eventos para o Rio de Janeiro, incluindo cultura, entretenimento, esportes, moda e negócios.

De acordo com Medina, a Fundação Getúlio Vargas (FGV), a seu pedido, concluiu que um aumento de 20% no turismo da cidade teria impacto de mais de R$ 6 bilhões na economia, no primeiro ano, e cerca de R$ 200 milhões para o caixa da Prefeitura do Rio. A expectativa é que sejam gerados 170 mil novos postos de trabalho.

Com o investimento federal de R$ 150 milhões, estão previstos mais de 100 eventos, que contarão com investimento de R$ 50 milhões na divulgação.

A carteira de eventos foi selecionada seguindo cinco critérios da FGV, quanto aos impactos sobre o turismo, geração de emprego e renda, novos investimentos, inclusão social e manutenção a longo prazo.

O apoio federal também virá na forma de patrocínio de empresas estatais aos eventos. Os eventos já selecionados concentram investimentos de R$ 1 bilhão. Entre 16 de novembro a 15 de dezembro um novo período de inscrições será aberto pelo Ministério da Cultura para chancelar mais eventos para o próximo ano.

O projeto está associado ainda a ações de reforço à segurança do estado, que enfrenta casos alarmantes de violência urbana nas comunidades. O trabalho das Forças Armadas no Rio de Janeiro deve reforçar o policiamento militar e civil. Outra vertente é o fomento de políticas sociais voltadas para a juventude, como o emprego de jovens no setor hoteleiro e a promoção de ações de inclusão.

Confira o calendário de eventos de 2018

Janeiro
Copacabana Réveillon 2018, Corrida de São Sebastião, Luau Do Rio, Corrida Rio Ano Novo, Verão Rio, Rio Bossa Nova, Flutuante Attack

Fevereiro
3X3 Espetacular, Carnaval de Rua, Oi Jogos Cariocas de Verão, Rio Music Carnival, Desfile das Escolas de Samba, Rio Open ATP 500, Flutuante Attack

Março
Rei e Rainha do Mar, Mercado Veja Rio, The Drone Racing League, Rio Expofood, Internacional Beach Tennis 2018, Flutuante Attack

Abril
Rio Content Market, Alô Alô Rio, Brite Festival Niemeyer, Mano a Mano Pop Rio, Rio Boat Show, Rio Montreux Jazz Festival, Veste Rio, Comida Di Buteco, Flutuante Attack

Maio
Comida Di Buteco, Abertura Campeonato Brasileiro, Austro Festival, Ginástica das Estrelas, Mo Farah 10k Rio, Oi Rio Pro, Green Nation Fest, Rio GF Bike, Meia Maratona do Porto

Junho
Rio Mapping Festival, Bauernfest, Festival dos Festivais, Maratona do Rio de Janeiro, NFL Experience, Rio dos Namorados, Velocity Conferência Internacional, Prêmio da Música Brasileira

Julho
Campus Party Brasil, Fut Fest, Rio Bossa & Jazz, Rio Piro Festival, Samba Nota Mil, Festival Anima Mundi, Prêmio da Música Brasileira

Agosto
Corrida de Drone, De Outros Carnavais, 22a Meia maratona internacional do Rio de Janeiro, Rio Gastronomia, X Games, USU - Urban Sports Universe

Setembro
Art Rio, CSI - W da Cidade do Rio de Janeiro, Desafio Raia Rápida 2018, Educação 360, Game XP, Rio Oil & Gas, Rio Samba Run, Rio Wod Fest, Semana Design Rio, Nitro Circus Live, IV Jogos Master Brasileiro

Outubro
Rei e Rainha do Mar, Veste Rio, Festeja Brasil, Festival do Rio, FIL Festival Grangiro 2018, Parada Carioca, Tempo festival, Zytrons, Circuito Moda Carioca, Rio Capital do Surf, Parada Orgulho LGBT de Copacabana

Novembro
Rei e Rainha do Mar, Elle Fashion 30 anos, Festival Curta Cinema, Festival Panorama, Festlip - Festival Internacional das Artes da Língua Portuguesa, Mimo Rio de Janeiro 4a Edição, Festival Multiplicidade, Popload Festival, Rio Shopping & Show, Ultra Brasil, Butecada, Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro, Rei e Rainha do Mar

Dezembro
Abertura Rio Music Carnival, Árvore de Natal da Lagoa, Natal do Rio, Rio Bom de Copo, Uma Aventura de Natal, Wired

Fonte: Assessoria

Veja também:

29/07/2021
ICCA anuncia prazo para inscrições de vagas na diretoria
O Brasil desde a saída de Eduardo Sanovicz, 15 anos atrás, não tem assento no Board da ICCA.
14/07/2021
Programa de Estímulo ao Crédito é lançado com potencial de gerar R$ 48 bilhões em empréstimos
A iniciativa do governo federal é voltada para microempreendedores individuais (MEI), micro e pequenas empresas e produtores rurais, com receita bruta anual de até R$ 4,8 milhões por ano
07/07/2021
Eventos e turismo pedem desoneração fiscal de R$ 10,5 bilhões
Em audiência pública da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, representantes dos setores de eventos e turismo apresentaram proposta de desoneração fiscal de R$ 10,5 bilhões, nos próximos cinco anos, para ajudar na recuperação de empresas que tiveram o faturamento reduzido durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.
01/07/2021
Sancionada lei que facilita acesso a crédito durante pandemia
O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.179, de 2021, que estabelece regras para facilitar o acesso ao crédito e minimizar os prejuízos econômicos gerados pela pandemia de Covid-19.
Newsletter
Receba as novidades