Canais
Políticas do Turismo
publicado em 22 de julho de 2019 - 23h35

Suspensa a licitação para construção de Autódromo do Rio

Já existia uma decisão judicial proibindo que o governo estadual fizesse a licitação por falta de estudo de impacto ambiental.

Da Redação

A Justiça Federal suspendeu a licitação para a construção do Autódromo do Rio. A decisão foi em caráter liminar. A ação foi feita pelo Ministério Público Federal, que pedia que nenhuma obra fosse realizada até que o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima) estivesse pronto e a licença prévia fosse concedida.

A Prefeitura do Rio promoveu a concorrência, que anunciou em maio a Rio Motorpark como vencedora. A empresa ganhou o direito de construir e explorar um autódromo em um terreno de 4,5 quilômetros de extensão, cedido pelo Exército em Deodoro, na Zona Norte da cidade. O contrato de concessão tem valor estimado em R$ 697 milhões e é válido por 35 anos.

“Esta decisão judicial histórica impede o desmatamento de 200 mil árvores da Floresta do Camboatà na Zona Oeste carioca”, afirma Sérgio Ricardo, do Movimento Baía Viva.

Já existia uma decisão judicial proibindo que o governo estadual fizesse a licitação por falta de estudo de impacto ambiental. Como não havia sido citada na ação, a Prefeitura do Rio tomou a frente e fez a concorrência, que teve a Rio Motorpark como única participante.

Alguns ambientalistas defendem que basta construir o Autódromo do Rio na mesma região, mas em uma outra área, que não teria impacto ambiental.

Fonte: assessoria

Veja também:

19/12/2019
Secretaria Estadual de Turismo assina convênios no valor de R$ 128,6 milhões
Recursos financiarão obras de infraestrutura em 203 municípios (67 Estâncias e 135 Municípios de Interesse Turístico - MITs).
27/11/2019
Bolsonaro transforma Embratur em agência, isenta hotéis de ECAD e eleva imposto sobre leasing de aeronaves
Entidades do turismo e hotelaria comemoram e ABEAR critica Medida Provisória, apelidada de 'A Hora do Turismo', assinada por Bolsonaro.
28/10/2019
Setor de parques e atrações celebra conquista definitiva da isenção do imposto de importação
Novidade foi aprovada no Mercosul e publicada no Diário Oficial da União, dando nova perspectiva e oportunidades a uma indústria que movimenta R$ 3 bi por ano no País.
12/10/2019
Nova cota potencializa turismo de compras em Foz do Iguaçu
Cota de compras terrestres de US$ 500 (R$ 2.050,00), anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro, vai potencializar ainda mais o turismo de compras na fronteira trinacional.
Newsletter
Receba as novidades