Canais
Hotelaria
publicado em 01 de outubro de 2018 - 23h21

Confira o relatório 133 do InFOHB

No mês de agosto, os resultados consolidados registraram acréscimos nos três indicadores.

Da Redação

O FHB apresentou ontem a 133ª Edição do InFOHB – informativo desenvolvido mensalmente pelo FOHB – que exibe e analisa os resultados estatísticos da hotelaria no país. Esta edição traz os dados de desempenho de agosto de 2018 em comparação ao mesmo período de 2017. A análise contou com amostra de 467 hotéis de redes associadas, responsáveis pela oferta de 73.047 unidades habitacionais (UHs).

No mês de agosto, os resultados consolidados registraram acréscimos nos três indicadores, sendo: 8,2% na taxa de ocupação; 1,5% na diária média; e 9,9% no RevPAR.

Na performance por região, a taxa de ocupação revelou leva queda no Nordeste (-0,2%), mas incrementos em todas as restantes: 7,4% no Sul; 9,4% no Sudeste; 9% no Centro-Oeste; e 16,3% no Norte. Na diária média, houve queda apenas no Sul (-2,7%), mas aumentos em todas as outras: 0,5% no Norte; 1,8% no Centro-Oeste; 2,1% no Sudeste; e 4,8% no Nordeste. Por fim, o RevPAR revelou resultados positivos em todas as regiões: 4,5% no Sul; 4,6% no Nordeste; 11% no Centro-Oeste; 11,7% no Sudeste; e 16,9% no Norte.

Na análise de desempenho por categoria hoteleira, resultados positivos em todas as categorias. Na taxa de ocupação, aumentos de 7,9% no Econômico, 8% no Midscale e 9,5% no Upscale. Na diária média, acréscimos de 0,8% no Econômico, 1% no Midscale e 2,7% no Upscale. No RevPAR, incrementos de 8,8% no Econômico, 9,1% no Midscale e 12,4% no Upscale.


ACUMULADO DO ANO

Janeiro a Agosto de 2018

Para o acumulado de janeiro a agosto, o InFOHB considera para o estudo 422 hotéis das redes associadas, responsáveis por 66.534 unidades habitacionais (UHs). Nos resultados consolidados em comparação com 2017, incrementos nos três indicadores: 5,9% na taxa de ocupação; 1,6% na diária média; e 7,6% no RevPAR.

Quanto à análise por região, a taxa de ocupação registrou acréscimos em todas as regiões, variando entre 4% no Sul e 21,1% no Norte. Para a diária média, somente a região Norte expressou variação negativa, com queda de -2,7% em relação a 2017. As demais regiões oscilaram positivamente entre 0,4% no Sudeste e 4,8% no Nordeste. Já no RevPAR, variações positivas em todas as regiões: 4,4% no Sul; 7,5% no Sudeste; 9,2% no Centro-Oeste; 10,3% no Nordeste; e 17,8% no Norte.

Na análise de desempenho por categoria hoteleira, resultados positivos em todas as categorias. Na taxa de ocupação, aumentos de 4,5% no Econômico, 1,4% no Midscale e 6% no Upscale. Na diária média, acréscimos de 7,7% no Econômico, 0,8% no Midscale e 8,6% no Upscale. No RevPAR, incrementos de 5,3% no Econômico, 3,1% no Midscale e 8,6% no Upscale.


Fonte: assessoria

Veja também:

16/01/2019
Grand Hyatt São Paulo e The Confidante Miami Beach se unem para criar experiências únicas durante o verão
Parceria com o hotel americano traz atmosfera do verão de Miami para São Paulo por meio de música, drinks, menu, decor e experiências exclusivas.
16/01/2019
Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá é o mais novo associado da Resorts Brasil
Novo integrante é o segundo resort do interior mineiro a se juntar à instituição.
16/01/2019
Mais unidades da AccorHotels chegam a Belém do Pará em 2019
Mercure Belém Boulevard, ibis Styles Batista Campos e ibis Styles Nazaré ampliam presença do Grupo na capital paraense a partir de janeiro.
16/01/2019
Wyndham Manta Sail Plaza & Convention Center é inaugurado no Equador
O hotel está localizado na Rota Barbasquillo, área de maior turismo da província de Manabí, repleto de praias.
Newsletter
Receba as novidades