Canais
Eventos
publicado em 20 de setembro de 2017 -  0h38

Pesquisa avalia Rock in Rio

500 moradores dos arredores do Parque Olímpico respondem sobre os impactos do RIR naquela população.

Da Redação

A pesquisa foi feita entre os dias 15, 16 e 17 com 500 moradores dos arredores do Parque Olímpico sobre os impactos do RIR naquela população. A pesquisa foi feita pela Fundação Cesgranrio e Associação dos Embaixadores do Turismo do RJ, coordenada por Bayard Boiteux.

Realizada com 500 moradores das redondezas do Parque Olímpico, onde acontece o Rock in Rio, a pesquisa avalia os impactos do evento na percepção dos moradores revela:

Acha o evento importante para a cidade?

70% = sim

30% = não

Irá ao evento?

40% = sim

60% = não

Principais pontos negativos

30% = ruas interditadas

25% = barulho

20% = ambulantes

15% = mudanças no transporte publico

10% = sujeira

Principais pontos positivos

50% = valorização do entorno do Parque

35% = presença da guarda municipal

13% = divulgação da cidade

2% = movimentação da área

Amostra

  • 60% = sexo masculino
  • 40% = sexo feminino

  • 70% = trabalha
  • 30% = não trabalha
  • 40% = nível superior
  • 50% = nível médio
  • 10% = nível fundamental

Fonte: Assessoria

Veja também:

15/11/2018
Projeto arquitetônico para o pavilhão do Brasil na Expo Dubai 2020 é divulgado
O projeto foi escolhido em concurso nacional promovido pela Apex-Brasil. A Exposição Universal de Dubai será realizada entre 20 de outubro de 2020 e 10 abril de 2021.
14/11/2018
Mega edição do Roadsec comemorou 5 anos
Maior festival hacker da América Latina movimenta final de semana com 24 horas de atividades e premiações.
13/11/2018
'Cataratas Day' comemora 7 anos do título de Nova Maravilha da Natureza
Dia 11 de novembro, internautas do mundo inteiro estão convidados a compartilhar fotos e vídeos nas redes sociais para marcar o #CataratasDay2018.
13/11/2018
FecomercioSP e Senac São Paulo fomentam o empreendedorismo no Brasil
Alunos participam do Empreenda Senac e conquistam prêmios por projetos inovadores desenvolvidos em sala de aula.
Newsletter
Receba as novidades