Canais
Turismo
publicado em 26 de fevereiro de 2021 - 15h 0

Teresa Perez Tours cria TP Corporate, agência de viagens e eventos para atender altos executivos

Fruto de uma parceria com LTN Brasil, empresa nasce preparada para atuar em um mercado transformado pela pandemia de Covid-19

Da Redação
 LEONOR e GUSTAVO BERNHOEFT acompanhados de TOMÁS PEREZ

O setor de viagens e eventos corporativos foi um dos mais afetados pela pandemia de covid-19. A previsão é de que as viagens corporativas sejam retomadas ainda em 2021, à medida que a vacinação em massa se espalhar globalmente, mas esse retorno implicará no surgimento de um mercado transformado, com demandas distintas, novos serviços e diversas oportunidades para novos entrantes. É esse cenário que levou a Teresa Perez Tours, líder no segmento de turismo de alto padrão, e a LTN Brasil, referência em viagens corporativas no país, a unirem-se para formar uma empresa independente: a TP Corporate by LTN.

O foco da nova empresa é oferecer viagens e organizar eventos que envolvam empresários e altos executivos de empresas brasileiras e multinacionais. O modelo de negócio foi criado a partir de pesquisas que mostram que há interesse em retomada de viagens corporativas e encontros específicos, mesmo que ferramentas digitais tenham tomado um grande espaço e facilitando as interações. “Para muitas decisões, o contato presencial seguirá necessário. Nas conversas que tivemos com diversas empresas e executivos, percebemos que, para eles, voltar a viajar é parte essencial do ‘retorno à normalidade''', afirma Gustavo Bernhoeft, sócio da LTN Brasil.

Antes da pandemia, o principal fator de decisão para uma viagem corporativa era o preço. Agora, mais importante do que o custo, estão variáveis como segurança, saúde e bem-estar desses profissionais. As empresas passam a ter uma responsabilidade diferente”, afirma Tomás Perez, presidente da Teresa Perez Tours. “Temos esse histórico de proporcionar excelentes experiências a nossos clientes, cuidando de todos os detalhes esperados para uma viagem de lazer de alto padrão. A ideia é levar essa expertise para o mundo dos negócios”.

Além de viagens individuais, a TP Corporate atuará na organização de roadshows para captação de investimentos, encontros de board, viagens empresariais temáticas e educacionais, além de eventos híbridos, que envolvam atividades online e presenciais. A companhia será responsável pela gestão de toda a logística, com serviços de concierge e negociação direta com fornecedores. A ideia é promover um atendimento individualizado, garantindo não apenas a melhor experiência para viagem ou o evento, mas também que todos os protocolos de saúde e segurança sejam cumpridos.

A ideia da TP Corporate nasceu de um encontro virtual com diversas lideranças do setor ainda no início da pandemia, quando as empresas de viagens estavam buscando formas de lidar com a crise e também saírem mais forte dela. “Unir os dois negócios faz sentido na medida em que muitos clientes da Teresa Perez são altos executivos de empresas brasileiras, que poderão ter a mesma experiência de alto padrão em suas viagens corporativas”, afirma Perez.

A TP Corporate by LTN será uma empresa independente com participação de 50% de Teresa Perez Tours e 50% LTN Brasil. A LTN tem todo o conhecimento e a tecnologia com foco em viagens e eventos corporativos, enquanto a Teresa Perez ficará responsável pelo marketing, a gestão de fornecedores e parcerias para as experiências de bem-estar. A direção comercial será de Cibeli Marques, executiva com uma longa e bem-sucedida trajetória no mundo das viagens e eventos de alta complexidade.

Um estudo recente da consultoria McKinsey mostrou que a retomada do setor deve correr em fases e durar pelo menos os próximos três anos”, afirma Cibeli. “A nossa visão é de longo prazo. A ideia é dar os primeiros passos agora, pois sabemos que as empresas e seus executivos precisarão de um parceiro como a TP Corporate para apoiá-los no momento da retomada”.

Mercado em recuperação

De acordo com a Associação Latino-Americana de Gestores de Viagens e Eventos Corporativas (Alegev), o mercado de viagens e eventos corporativos movimentou R$ 75,9 bilhões em 2019. Ainda não há números consolidados de 2020, mas sabe-se que foi um setor duramente atingido. A recuperação deve começar no segundo semestre de 2021.

A previsão de faturamento para a TP Corporate é de 100 milhões de reais em três anos. “Sabemos que o retorno do setor de viagens corporativas não será tão rápido. A única certeza é a de que haverá um movimento de consolidação de empresas e agências no nosso segmento. A TP Corporate é um exemplo disso e estaremos atentos a outras oportunidades que certamente vão existir”, conclui Bernhoeft.

Fonte: Assessoria

Veja também:

07/04/2021
Pesquisa indica que Brasil e LatAm estão fora do radar dos turistas chineses, maior mercado emissor mundial
Para Jeanine Pires, diretora da Matcher, marketplace dedicado a promover destinos e produtos turísticos brasileiros para o mercado internacional, a solução é "estreitarmos relações e apresentarmos a América Latina como opção de viagem ao mercado chinês".
19/03/2021
Segunda onda de covid-19 faz turismo nacional perder quase um terço do faturamento de janeiro
FecomercioSP pede celeridade na aprovação do Projeto de Lei PL 5.638/2020, cujo tripé "liquidez, emprego e crédito" ajudará setor a enfrentar a crise
16/03/2021
Azul Viagens lança campanha que pagará bônus a agentes de viagens
Iniciativa prevê compensação de até 5% em cashback para vendas de passeios para Porto Seguro, no litoral sul da Bahia
12/03/2021
CVC lança movimento #ElasNoTurismo
Iniciativa enaltece o papel das mulheres que ajudam a fomentar o empreendedorismo no turismo, em todo o ecossistema do setor, no Brasil e exterior
Newsletter
Receba as novidades