Canais
Vai e Vem
publicado em 29 de março de 2021 - 19h 0

Sergio Junqueira Arantes eleito para integrar o HALL DE LA FAMA DEL FIP FESTIVAL

De acordo com Jorge Sardella, diretor do FIP Festival, Sergio Junqueira foi eleito para o Hall da Fama da premiação por sua trajetória profissional no segmento de marketing e eventos no Brasil e região.

Da Redação

 

 Comunicado Oficial do FIP Festival

O CEO do Grupo Conecta Eventos, Sergio Junqueira Arantes, foi eleito para integrar o Hall de la Fama del FIP Festival, uma das principais premiações ibero americanas de marketing.


A eleição foi anunciada esta semana pela organização do FIP Festival, junto com o anúncio da eleição de personalidades de outros países da região.

 

De acordo com Jorge Sardella, diretor do FIP Festival, Sergio Junqueira foi eleito para o Hall de la Fama da premiação por sua trajetória profissional no segmento de marketing e eventos no Brasil e região.

 

Já foram eleitos para o Hall de la Fama del FIP Festival as seguintes personalidades (confira o perfil completo de cada um na Galeria de Imagens ao final desta matéria):

  • Sergio Junqueira Arantes, CEO do Grupo Conecta Eventos - BRASIL;

  • Emílio Abud, fundador da Agência Ají - CHILE;

  • Carlos Vega Flores, diretor da C&S Marketing - HONDURAS;

  • Fernando del Castillo, CEO do Future Group - MÉXICO;

  • Gerardo Woscoboinik, Universidad Andina Simón Bolívar - ARGENTINA

Em 2020 o FIP Festival já havia homenageado Sergio Junqueira Arantes com o Gran Premio FIP Festival, pelo conjunto da obra do empresário. Na época Junqueira foi o primeiro brasileiro a receber o Gran Premio FIP Festival. E agora é novamente o primeiro brasileiro a ser indicado para o Hall de la Fama da premiação.

 

Além de CEO do Grupo Conecta Eventos, responsável pela publicação da Revista Eventos, da revista Mix Hotel by BIH-SP e do Portal Eventos, e pela realização do Prêmio Caio e Fórum Eventos, Sergio Junqueira é presidente da Academia Brasileira de Eventos e Turismo e vice-presidente da ADVB São Paulo.

 

O Hall de la Fama del FIP Festival reflete o anseio e a responsabilidade de honrar aqueles profissionais que desempenharam um papel de relevância na história do Marketing Internacional, e que ao mesmo tempo, desenvolveram seu espírito criativo, cunhando ideias que revolucionaram o mercado e colecionam dezenas de premiações relacionados.

 

O Hall de la Fama é um lugar para Lendas, personalidades que alcançaram o topo da pirâmide, exaltando suas realizações. É uma homenagem para consagrar os melhores profissionais de nossa era.

 

Com a criação do Hall de la Fama, o FIP Festival vai buscar refletir em seus indicados o brilhantismo das três últimas décadas do Marketing ibero americano, principalmente entre aqueles que figuram entre os vencedores de edições anteriores da premiação.

Imagina um criativo tão competente, que tenha participado de dez edições do FIP Festival e ganhou prêmios em todas elas? Imagine um empresário pioneiro e todos os riscos que ele teve que enfrentar para chegar onde está hoje. Estas pessoas são verdadeiras lendas. É indiscutível, afirma Sardella.

Entre os nomes que farão parte do Hall de la Fama del FIP Festival, também estarão os fundadores e pioneiros do mercado. Figuras que elevaram o nível das promoções quando mais importava e deixaram seu legado.

É disso que se trata: para exaltá-los, para nomeá-los, para honrá-los. Nada mais. Nada menos…, completa um entusiasmado Jorge Sardella.

O Hall de la Fama del FIP Festival começou a ser discutido em 2015, após debates aprofundados sobre seus fundamentos. 

Qual reconhecimento recebem os profissionais de Marketing e Eventos da região (incluindo Espanha e Portugal)? Não havia nada parecido. As personalidades e suas realizações não foram exaltadas. Faltava alguma coisa”, explica Sardella. “Um Hall da Fama - neste caso, um primeiro passo que é um Hall- é uma ferramenta de testemunho estabelecida por um grupo para tentar homenagear pessoas com realizações notáveis, em uma determinada atividade”.

No caso do Hall da Fama do FIP, é algo ainda mais figurativo, pois inclui conquistas das Marcas, méritos da Mídia Especializada e até professores de prestígio.

 

CRITÉRIOS
Este foi um debate amplo. Concluiu-se que a região (países da América do Sul e Central, além de Espanha e Portugal) tem, por vários motivos e situações que se conectam com o social, verdadeiros heróis que muitas vezes não têm o devido reconhecimento dos seus feitos.

 

Chegam, lançam idéias extraordinárias e geram sucessos para marcas e clientes. Também os "fundadores", os professores dos centros de estudo, a mídia especializada, apareceram na análise.

 

JÚRI- INDICAÇÕES
Qual deveria ser o seu perfil dos jurados? Quanto tempo deveria durar? O FIP optou por um mix: profissionais do meio e outros, retirados de outras atividades, num caráter rotativo. Uma certa brevidade de cada júri garantiria total transparência à função. Ele relataria uma variedade de critérios e o debate enriqueceria. O objetivo: neutralidade total

 

FUTURO - NOVOS NOMES
Com certeza o Hall de la Fama del FIP Festival vai surpreender com estas primeiras indicações e as futuras. A idéia tinha que ser lançada e o FIP encarregou seus fundadores de nomearem os primeiros membros.

 

Para começar, era preciso identificar os primeiros nomes. Nomes que fossem indiscutíveis. Desde os muito discretos e até os mais extraordinários. “Este Hall pretende ser uma referência de excelência.”

 

AS ATIVIDADES DO Hall de la Fama
Além de ter seu nome gravado no Hall de la Fama del FIP Festival de forma vitalícia, os indicados receberão um certificado e uma medalha. Para o futuro, a organização do FIP planeja criar também um troféu.

 

O FIP aspira que estes primeiros indicados se tornem Embaixadores da premiação, e que no futuro proponham a pré-seleção de candidatos de seus respectivos países. O Embaixador ficará encarregado da seleção dos candidatos e de sua elevação ao Hall de la Fama del FIP Festival.

 

As agências indicadas também podem propor candidatos representantes de grandes clientes. Eles devem apresentar a trajetória profissional do indicado e mencionar suas conquistas.

 

MARCAS
O FIP também pretende indicar para o Hall de la Fama del FIP Festival algumas MARCAS que já se destacaram como vencedoras em edições passadas da premiação. De fato, em breve serão incorporadas Harley-Davidson, Johnnie Walker e Coca-Cola.

Em 1966, entrevistando Erasmo Carlos para o jornal Folha da Juventude Em 1966, entrevistando Erasmo Carlos para o jornal Folha da Juventude

Sergio Junqueira Arantes iniciou sua carreira ainda na década de 60, com a criação do jornal Folha da Juventude, e teve passagens por diversos jornais paulistanos, como o Gazeta do Bairro da Zona Oeste. No início da década de 1970, criou uma editora, responsável pela veiculação da revista Palco+Plateia, pioneira do gênero no meio artístico, e de programas para peças de teatro.


NA decada de 1970, entrevistando o então prefeito de São Paulo, Olavo Setúbal, pelo jornal Gazeta do Bairro da Zona Oeste NA decada de 1970, entrevistando o então prefeito de São Paulo, Olavo Setúbal, pelo jornal Gazeta do Bairro da Zona Oeste

Na década de 1990, junto com seu irmão Paulo Junqueira, começou a atuar no segmento MICE, inicialmente com a produção de show cases para destinos estaduais e municipais, e de revistas customizadas, como a Viaje Bem, revista de bordo da extinta companhia área VASP.


Em 1996 criou a Revista Eventos, publicação dedicada ao segmento MICE. Três anos depois nascia o Portal Eventos, e que deram origem a Expo Editora, que depois se tornou o Grupo Conecta Eventos, e que atualmente, além dos títulos acima, é responsável também pela publicação de outros títulos, como a MIX Hotel by ABIH São Paulo, revista oficial da entidade paulista.


Em 1999, apresentando a última edição da Revista Eventos ao então Ministro do Esporte e Turismo, Rafael Greca. Em 1999, apresentando a última edição da Revista Eventos ao então Ministro do Esporte e Turismo, Rafael Greca.

No ano 2000, idealizou e criou o Prêmio Caio, que em 2020 realizou sua 21ª edição ininterrupta. Em 2012 criou o Fórum Eventos, atualmente em sua 8ª edição, principal palco para debates dos temas mais relevantes do segmento MICE no país. No ano seguinte criou o CEO Council, um grupo de trabalho focado em gestores de marketing e eventos.


No ano 2000: na primeira edição do Prêmio Caio, junto o então Ministro do Turismo, Caio de Carvalho, homenageia Caio Alcantara Machado, inpiração para o nome da premiação No ano 2000: na primeira edição do Prêmio Caio, junto o então Ministro do Turismo, Caio de Carvalho, homenageia Caio Alcantara Machado, inpiração para o nome da premiação

Na área associativa, Sergio Junqueira também começou cedo. Em 1965 participou da criação do Clube dos Amigos do Saber, e foi diretor da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte). No segmento MICE atuou direta ou indiretamente em diversas entidades nacionais e internacionais, como Abeoc Brasil, Ampro, SITE, entre outros.

Em 1965, Sergio Junqueira participa da criação do Clube dos Amigos do Saber. Na foto, entre os poetas Stella Carr e Pedro Oliveira de Ribeiro Neto Em 1965, Sergio Junqueira participa da criação do Clube dos Amigos do Saber. Na foto, entre os poetas Stella Carr e Pedro Oliveira de Ribeiro Neto

No final da década de 1990, através da Revista Eventos, promoveu uma série de seminários focados no marketing de destinos (Meeting & Conventions), que se tornaram o embrião para a criação de uma entidade que reunisse conventions bureau de todo o país, hoje representados pela Unedestinos – União Brasileira de Conventions & Visitors Bureau.


Em 1999, durante a realização do I Meeting & Conventions: primeiro de uma centena de eventos realizados pela Revista Eventos ao longo dos últimos 25 anos. Em 1999, durante a realização do I Meeting & Conventions: primeiro de uma centena de eventos realizados pela Revista Eventos ao longo dos últimos 25 anos.

Em 2006, ao lado de nomes como Chieko Aoki, Roosevelt Hamam, Paulo Gaudenzi, Rafael Gagliardi, entre outros, participa da fundação da Academia Brasileira de Eventos e Turismo, ocupando a Cadeira número 01.


Em 2006, toma posse na recém fundada Academia Brasileira de Eventos e Turismo Em 2006, toma posse na recém fundada Academia Brasileira de Eventos e Turismo

Desde 2019 é diretor da ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil) e vice-presidente do Skal São Paulo. No início de 2020 foi eleito por unanimidade como presidente da Academia Brasileira de Eventos e Turismo.


Ao longo de sua carreira recebeu inúmeras homenagens:


Troféu MG Turismo 2006;

Homem do Ano 2006, na Assembleia Legislativa de São Paulo;

• Eleito Embaixador de Rio de Janeiro 2012, prêmio promovido pela Fundação Cesgranrio e UniverCidade;

• Indicado como Profissional mais Influente do Marketing Promocional em 2011 e 2013, pelo Promoview;

Personalidade Hoteleira do Ano 2018, pela ABIH-Associação Brasileira da Indústria Hoteleira.

Personalidade do Ano 2019, pelo Skal São Paulo

Gran Premio FIP Festival 2020, pelo conjunto da obra.

 

Veja também:

08/04/2021
Dio Marketing apresenta nova Sócia-Diretora
Especialista em liderança, criação, planejamento de projetos de eventos e campanhas digitais integradas, Michele Chaves é a nova sócia-diretora da Dio Marketing, do empresário Dio Trotta, voltada para o mercado de marketing digital.
07/04/2021
Carolina Ribeiro assume Business Growth na Bullet
Profissional chega para potencializar negócios e novos produtos da agência.
07/04/2021
ALAGEV reforça time com a chegada de Sandra Veloso
Profissional ficará à frente das atividades das Comunidades e dos eventos da instituição
31/03/2021
Mudanças na GL Events: Milena Palumbo é a nova CEO
Uma das principais empresas do mercado de eventos do mundo, a francesa GL Events tem novo comando no Brasil: Milena Palumbo, que está na companhia desde 2007 e era a segunda na hierarquia da operação brasileira, é a nova CEO.
Newsletter
Receba as novidades