Canais
Entidades
publicado em 27 de setembro de 2019 -  4h55

Sérgio Souza assume a presidência da Resorts Brasil

Após a assembleia geral da Resorts Brasil, Sérgio Souza assume a presidência da Associação no biênio 2020/21, ao lado de Ana Biselli Aidar que ocupará o cargo de diretora executiva.

Da Redação

A Resorts Brasil – Associação Brasileira de Resorts anuncia, na ABAV Expo 2019, Sérgio Souza como novo presidente. O executivo, que já assumira o cargo de presidente da instituição depois de Alberto Cestrone ter se afastado em junho deste ano, foi eleito para o cargo e exercê-lo no biênio de 2020/21. Na diretoria executiva, a Resorts Brasil terá Ana Biselli Aidar.

 Sérgio Souza

“Assumo o cargo de presidente da Resorts Brasil para continuar o projeto que iniciamos no ano de 2017, junto ao Alberto Cestrone e Ricardo Domingues. Estamos muito, muito orgulhosos com o que desenvolvemos até aqui e esperamos dar andamento a todo o nosso desenvolvimento nos próximos dois anos”, relata Sérgio Souza, presidente recém-eleito da Resorts Brasil.

O presidente ainda relembra do início de todo o planejamento, quando ele (ainda como vice-presidente), Alberto Cestrone e Ricardo Domingues vislumbraram um cenário positivo à instituição. “Fizemos uma tríade [Alberto, Sérgio e Ricardo] com um projeto de estruturar a Associação, aproximarmos cada vez mais dos resorts e buscar parceiros comerciais que pudessem agregar ao segmento como um todo. Além disso, avançamos no relacionamento com o governo para o fomento do setor no Brasil, com propostas de extrema importância”, finaliza.

Ricardo Domingues deixa a diretoria da Resorts Brasil depois de gestão com inúmeros avanços. Ana Biselli Aidar assume o cargo

Uma nova relação com o mercado do turismo, reestruturação de todo o organograma da Resorts Brasil, reaproximação e associação de mais de 10 resorts referências nacionais à instituição. Esses são alguns dos inúmeros avanços da Associação Brasileira de Resorts sob a gestão da diretoria executiva de Ricardo Domingues. Ciente de toda a responsabilidade e dedicação que o cargo demanda, Ricardo optou por se afastar da diretoria, pois não conseguiria conciliar seus projetos particulares empresariais à movimentada agenda da associação. Ele deixa o cargo de diretor com o sentimento de dever cumprido e entrega o “bastão” para Ana Biselli Aidar, para que ela dê continuidade ao ambicioso projeto da associação.

“Saio dessa fase com a sensação de dever cumprido. Foram dois anos de conquistas e realizações. Voltamos a expor a marca dos resorts no mercado internacional e trouxemos um novo olhar ao segmento, com aproximação de startups de tecnologia, por exemplo”, afirma Ricardo.

O executivo também faz questão de ressaltar as habilidades de Ana Biselli Aidar, que irá substituí-lo em seu cargo na associação. “Sou muito fã do trabalho da Ana. Ela trará uma nova dinâmica à entidade, pois se trata de uma profissional com ampla experiência, que prima pelo bom relacionamento e desenvolvimento de estratégias a longo prazo”, comenta.

Ricardo volta para Santa Catarina, local onde passou boa parte de sua vida, para se dedicar em tempo integral a sua empresa que está em fase de expansão.

Ana comenta suas expectativas e desafios que irá enfrentar no novo cargo. “A Resorts Brasil é uma referência na área do turismo. Aceitar essa nova função é gratificante e desafiador, pois percebo o compromisso dessa gestão em contribuir para o desenvolvimento dos associados e do segmento de resorts como um todo”, explica.

Ana também faz questão de enaltecer o trabalho de seu antecessor. “Não tenho a pretensão de substituir o Ricardo Domingues. Isso seria uma missão impossível, pela trajetória e relacionamento que o Ricardo estabeleceu com a associação. Planejo dar continuidade ao excelente trabalho conduzido pelo Ricardo, procurando contribuir com um novo olhar e, assim, identificar novos projetos que atendam às necessidades tanto dos investidores quanto da operação hoteleira”.

Associação apresenta o relatório “Resorts em Números”, edição do 1º semestre de 2019

Em um documento rico em detalhes, a Resorts Brasil analisou o panorama do 1º semestre de 2019 no segmento de resorts. No período, o principal indicador de desempenho dos associados, o TRevPAR, sofreu leve recuo de 2,15% em termos nominais. Muito se explica essa estatística a redução na taxa de ocupação, que foi em 5,1%. Por outro lado, demonstrando toda a criatividade e expertise na gestão dos empreendimentos, a receita média se elevou em 3,1%.

Embora os números, de uma forma geral, tenham sofrido discretas reduções, se comparados ao ano passado, as perspectivas no setor se perpetuam muito positivas. Em princípio, porque o segundo trimestre apresentou valores mais positivos que o primeiro. Em longo prazo, pela expectativa criada pelo governo, com as tão desejadas reformas (previdenciária e financeira) e a valorização do dólar, que deve beneficiar o Brasil como um todo e, especialmente, o empresariado nacional.

Fonte: assessoria

Veja também:

02/07/2020
UBRAFE anuncia saída de Armando Campos Mello da presidência executiva
Armando Campos Mello estava nos quadros executivos da Ubrafe há mais de 20 anos. Ex-presidente permanecerá como Consultor Especializado.
01/07/2020
Abracorp elege conselhos para o biênio 2020/2021 por aclamação
Carlos Prado, da Tour House, e Luis Vabo, da Solid, foram reconduzidos à presidência e vice-presidência do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corproativas.
25/06/2020
ABIH-SP propõe encarar a crise de frente
A entidade vai oferecer aos associados a oportunidade de interagir com Pedro Englert, ex-sócio da XP e CEO da StartSe.
24/06/2020
GCVB apoia Fórum de Economia Criativa e Colaborativa
Objetivo é discutir possibilidades, tendências e a reinvenção de um dos setores mais afetados pela crise.
Newsletter
Receba as novidades