Canais
Variedades
publicado em 13 de janeiro de 2014 - 12h41

Especialista em Mercado de Capitais Comenta Sobre A Crise Nas Corretoras de Valores

E As Perspectivas Para O Cenário Investidor em 2014

Sergio Junqueira Arantes

 Abe Advogados - Fernando Zanotti Schneider Fernando Zanotti Schneider

Com o baixo volume de negociações com ações na BM&F Bovespa, o número de investidores individuais cresce lentamente.

Diante disso, as corretoras de valores, ou seja, as empresas que intermediam a compra e venda de papeis na bolsa, precisam usar meios de grande eficácia para se reerguerem no mercado e sanarem os prejuízos dos últimos anos. O motivo é que a principal fonte de receita das instituições, a cobrança de taxas dos clientes para intermediar as operações na Bolsa de Valores, subiu vagarosamente e a expansão foi de menos 8% desde 2008, de acordo com um levantamento da consultoria Austin Ratings.

Fernando Zanotti Schneider, especialista em mercado de capitais e fusões e Aquisições (M&A) no escritório Abe Advogados, fomenta que “o mercado de corretoras de valores sofre um processo de comoditização de parte de seus serviços com um aumento na demanda por tecnologia por parte das autoridades regulatórias e da própria Bolsa. Esse é um cenário que favorece a consolidação do mercado através de fusões e aquisições. A busca pela eficiência e por serviços diferenciados é fundamental na competição entre estes players”.

Nas corretoras independentes, a situação também apresenta complicações devido a falta de espaço para atuação no mercado. Atualmente, mais de 80% do lucro e 55% da receita com prestação de serviço de todo o setor está concentrada apenas nas dez maiores corretoras do Brasil. É importante ressaltar que algumas instituições têm altos custos para participação em pregões, às vezes chegam a ultrapassar o lucro anual.

Fonte: Assessoria

Veja também:

07/05/2019
KSM e Fazenda da Grama trazem para o Brasil a primeira praia com ondas artificiais para surf
No interior de São Paulo, a apenas 50 minutos da capital, a Praia da Grama faz parte da nova fase de expansão da Fazenda.
23/04/2019
São Paulo terá o maior complexo de E-Sports e Games da América Latina
A On e-Stadium tem previsão de lançamento para agosto deste ano e contará com uma arena, cursos, centro de treinamento e salas de gaming experience.
26/02/2019
Gi Group aumenta em 90% a verba de marketing para fortalecer suas marcas em âmbito global
As mídias digitais serão o principal alvo de investimento da multinacional de recursos humanos para engajar candidatos.
18/02/2019
Gi Group cresce mais no Brasil do que nos maiores mercados
A filial brasileira da multinacional de recursos humanos fechou 2018 com taxas de crescimento acima de 40%, superando a matriz italiana e os maiores mercados da companhia.
Newsletter
Receba as novidades