29
março
2016

O Turismo em 2030

escrito por

Em palestra sobre “Cenários do Turismo Brasileiro para 2030” na assembleia da Eventpool/Brasil (Associação de Agências de Turismo Operadoras de Eventos) ocorrida em Recife/PE em 19 de março no Hotel Sheraton Reserva do Paiva, o presidente do Recife Convention & Visitors Bureau, Bruno Herbert, apresentou dados estatísticos consistentes sobre  as perspectivas para o Turismo Global. Segundo ele, o Brasil poderá se inserir na demanda crescente de turistas no mundo, que deve chegar a 1,8 bilhão até 2030. Com análises das variáveis econômicas - incluindo as dívidas de grandes empresas que perderam valor de mercado na Bolsa de Valores, como a Petrobrás, Gol, entre outras-, Herbert salientou que “o fluxo de caixa acabou”. Com a queda nos preços do petróleo, o mundo deu uma guinada e o Brasil infelizmente não conseguiu acompanhar esse movimento. Na sua visão, “o Brasil fez o caminho inverso do mundo e ficou na contramão da história”. Considerada a 6ª economia do mundo em 2011, o país registrou uma queda de -3,8% no PIB em 2015 com prejuízos para toda a economia. No entanto, Herbert mostrou-se otimista e acredita que, a partir de 2018, o Brasil terá condições de entrar na rota positiva do turismo global, ampliando a capacidade de receber turistas estrangeiros -hoje na faixa dos 6 milhões de visitantes/ano. Deverá passar para a 2ª posição depois do Peru, considerando a expectativa de crescimento real de 3,3% ao ano no número de turistas viajando pelo mundo.

A assembleia com pré-evento organizado pela anfitriã Luck Viagens teve a presença recorde de diretores e representantes de agências associadas de 14 Estados.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades