Diversidade e Turismo
Bayard Boiteux
"Turismo é aprender a conhecer outras culturas, respeitá-las e sobretudo fazer de cada morador um aliado no desenvolvimento turistico"
Bayard Boiteux
17
outubro
2018

Democracia e Turismo

escrito por Bayard Boiteux

Num momento tão conturbado no país,gostaria de falar um pouco sobre a interação efetiva de turismo e democracia.

A  atividade turística contribui ,de forma decisiva ,para a democracia,quando permite que turistas de inúmeros países possam usufruir de experiências culturais distintas das que geralmente tem acesso e assim entenderem melhor a diversidade.No fundo,os deslocamentos possibilitam não só um contato com belezas naturais mas aproximam pessoas que pensam diferente e que muitas vezes ignoram a história da humanidade e suas lutas.Visitar culturas com pressupostos totalmente diferentes,abre as cabeças para a realidade de uma sociedade repleta de opções mas que podem se comunicar,caso não sejam negados momentos históricos,como o apartheid,o holocausto ou ainda a ditadura militar no Brasi,por exemplo.

O Código de Etica Mundial do turismo,talvez o melhor material concebido pela Organização Mundial do Turismo nos remete ao respeito constante aos atores que fazem parte da cadeia turística e que não podem ser subestimados,numa mera visão de comercialização.A população anfitriã assume um papel fundamental e tem que ser trabalhada e conscientizada sobre os efeitos positivos e negativos do turismo.No fundo,a preparação da mesma pode evitar conflitos que vem ocorrendo mundo a fora,em função do overturismo,que acaba gerando um grande mal estar nos centros receptores e criando uma animosidade.

Por outro lado,,nosso grande desafio é fazer com que turistas entendam os valores enraizados nas diversas cidades do mundo e possam com a sua absorção,melhorar o entendimento de religiões ,opções sexuais ou politicas.Os grupos minoritários merecem o respeito da humanidade e não podem ser descartados,sob pena de trazerem de volta sentimentos que deveriam estar enterrados para sempre mas que começam a florescer em algumas partes do mundo,através de escolhas governamentais,que querem acabar com a imigração e o asilo politico.Precisamos sobreviver dentro de uma sociedade sem ódio e que não esteja carregada de fakenews,que geram um conjunto de posts em redes sociais,que confundem o pensamento ,sobretudo do senso comum,que não tem ,como avaliar com mais discernimento as mentiras turísticas veiculadas.

A democracia permite hoje que possamos externar nossas ideias,desde que o façamos dentro do respeito ao outro,tratando com atenção e discutindo com conhecimentos sólidos e não com achismos e ideias pre-concebidas opiniões diversas.E lamentável ,por exemplo um falso entendimento de esquerda e direita,de Islamismo ou ainda de nações totalmente desconhecidas,que são alvo de constantes retaliações turísticas por completa falta de informação.

O airbnb contribuiu para que o turismo se democratizasse,com novas experiências e fazendo do espaço residencial,um espaço de troca.Nem sempre a melhor experiência turística e um hotel de luxo ou uma primeira classe,empresas aéreas foram inovando na classe econômica e meios de hospedagem abrindo frentes de alojamento competitivo e com preços atraentes dentro de novas visões de venda.Fora os cruzeiros marítimos e o parcelamento de viagens eu criaram,um novo segmento,em países emergentes.

O turismo é e sempre será um caminho de aprimoramento da democracia e da diversidade.A luta por uma nova visão dos produtos culturais faz parte das politicas desenvolvidas nos maiores receptores do mundo.Democracia e turismo caminham juntos,de braços dados e com vontade de mudar o mundo.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades