Diversidade e Turismo
Bayard Boiteux
"Turismo é aprender a conhecer outras culturas, respeitá-las e sobretudo fazer de cada morador um aliado no desenvolvimento turÍstico"
Bayard Boiteux
14
março
2020

Turismo,Coronavirus e Humanidade

escrito por Bayard Boiteux

Hoje,quero conversar com você sobre o que está ocorrendo na humanidade,no turismo por força do coronavirus e de que não podemos perder nunca as esperanças

Uma das mais importantes características do turismo é o convívio entre pessoas,que embora muito diferentes buscam conhecer novas culturas e de alguma forma se apropriar das mesmas com vivências,fotos,lembranças e novos amigos.O turismo é um símbolo da democracia,da diversidade e me encanta como forma de mudar as percepções de muitos daqueles que viajam.E uma atividade de uma riqueza nunca vista e que ajuda de pequenos produtores a grandes conglomerados financeiros.No entanto,o advento do coronavirus está mudando de forma decisiva os deslocamentos e sobretudo o encantamento que o desconhecido sempre proporciona.

Hoje,o epicentro da pandemia é a Europa,onde estão concentrados os maiores países receptores de turistas do mundo e que tem na indústria turística ,sua forma de sobrevivência.A doença que nasceu na China hoje atinge quase a totalidade dos países mas os cientistas continuam buscando soluções mais rápidas,o que talvez ainda demore uns 3 meses.A cadeia produtiva do turismo está parada,com cancelamentos de quase 70./. de todas as viagens de lazer.Ela deverá sobreviver como sempre aconteceu,com outras crises mas vai precisar de incentivos e buscar novas formas de comercialização,já que uma de suas características é a falta de criatividade e de oferta de produtos ,com raras exceções.

O mundo está vivendo um período de afastamento social,de pessoas fechadas em suas casas e muita falta de solidariedade em alguns casos.O governo brasileiro e do Rio estão tomando medidas acertadas de suspensão das aulas em todos os níveis ,fechamento de teatros e estádios de futebol e orientações comportamentais.E um período difícil mas necessário.Várias empresas estão incentivando o home office e autorizando que funcionários dos grupos mais vulneráveis se abstenham de trabalhar.Outras estão criando programas de férias coletivas mas algumas ,infelizmente começam a demitir funcionários ,em período de tantas incertezas.

Com a criatividade que nos é peculiar,vamos encontrar novas formas de viabilizar nossas vidas,sabendo que tudo é passageiro mas que desta feita teremos mais trabalho,no sentido de encontrar motivos ainda maiores para entender o mundo,nossa fragilizade,a necessidade do respeito mutuo,da verdade das informações e da história.

Para a maior parte de nós,tudo é muito novo mas temos fé de que a junção de esforços,a certeza de que o mundo tem solução com espaços democráticos,a liberação de verbas para compras emergenciais , o preparo da rede de saúde aos poucos mostrará que a VIDA é um valor tão importante que merece respeito e sobretudoentendimento.É o momento de nos preocuparmos ainda mais com nossos cidadãos da melhor Idade e dos segmentos mais desfavorecidos ,que já convivem com falta de infraestrutura e informação.

Juntos,venceremos com muita solidariedade e sem pânico.Que as pessoas tomem cuidado com o que divulguem,já que fakenews trazem alarmes que agravam ainda mais nosso estado de pandemia e criam percepções diferentes da realidade.

Eu vou fazer a minha parte,esclarecndo,divulgando,escrevendo e mostrando a realidade.A humanidade caminha para a compaixão.Viva a solidariedade humana e a capacidade de lutar...

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades