Marketing, Comunicação & Eventos
Eduardo Moreira
"Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre."
Charles Chaplin
26
outubro
2019

Desenvolva A Estrutura do Seu Projeto em 15 Minutos

escrito por Eduardo Moreira
Uma ideia só é válida quando praticada.


É de frente a muitas situações, nem sempre agradáveis, que o brasileiro consegue despertar seu melhor lado criativo, canalizando toda energia sentimental para atender uma demanda reprimida - quando pessoas necessitam de algo, mas não têm clareza devido ao comodismo a qual se encontram. Portanto, muitos imaginam que é necessário ter apenas uma ótima ideia e colocá-la em prática o quanto antes, mas nós sabemos que não funciona bem por aí. O que faz com que eles pensem assim, muitas vezes são as necessidades financeiras, as de realização pessoal e profissional, principalmente no estágio em que nos encontramos hoje com a economia brasileira, o que vem afetando cada vez mais profissionais, até mesmo os workaholics e sedentos por dinheiro.


De fato precisamos tomar atitude para fazer acontecer, entretanto, vamos voltar no tempo para entender melhor sobre alguns cuidados que precisamos tomar, como a estratégia e planejamento.


A logística tem existência desde os tempos bíblicos e vem sendo estudada com mais afinco a partir do final da Segunda Guerra Mundial (1939 - 1945), portanto, profissionais da área vem se aprofundando cada vez mais nos últimos anos devido aos resultados que esta profissão tão importante tem nos proporcionado, a fim de evitar desperdícios de tempo e dinheiro. Embora existam poucas especializações da área aqui no Brasil, a logística vem atendendo a demandas de várias áreas, tomando forma de frente às necessidades do homem em suas atividades no dia a dia. A importância desta especialização, junto ao planejamento e as estratégias, têm sido ferramentas indispensáveis para os projetos, não apenas de grandes eventos como o Rock in Rio, Lollapaloza, Réveillon, Copa do mundo e Carnaval, como também de casamentos e resenhas entre amigos nos finais de semana.

Em resumo, o estágio do planejamento é extremamente 

importante e precisa de muita atenção.


Da mesma forma funcionam os projetos, que vamos dividir aqui em duas etapas:

  • Pré-Projeto é aquela ideia que ainda não foi bem desenvolvida no papel, nem tampouco explorada, portanto, permanece em análise do autor e ainda precisa de um certo “empurrãozinho”.
  • Projeto deixa de ser projeto depois de um certo tempo que saiu do papel e está funcionando sem o auxílio de grandes ajustes recorrentes, uma vez que é preciso fazer revisões e atualizações periódicas para aperfeiçoá-lo antes de tirá-lo do papel. Portanto, até que seu projeto construa base e o conteúdo possa atender à uma certa demanda, podemos começar a desenvolver o escopo com o uso de post its e bloco de notas, tanto do seu próprio celular quanto com o uso de um caderno preferencialmente destinado ao projeto. Considerando que as boas ideias aparecem quando estamos no dia-a-dia convivendo com a diversidade de pessoas e em situações quase nunca esperadas. Anote tudo.

É importante se atentar não somente ao os pontos mais latentes e superficiais, como também devemos prestar uma certa atenção nas forças e nas fraquezas que o seu projeto possa sofrer no decorrer das próximas etapas. Não se esqueça de considerar também os pontos negativos e positivos que causaram impacto na sociedade. Assim, você estará preparado para qualquer dificuldade que possa enfrentar mais à frente. Esteja sempre atento à pior das surpresas, e mantenha o foco nas conversões positivas que as mesmas trarão para sua vida.


"Tudo é uma questão de troca pois não estamos

 falando de dinheiro, e sim de pessoas."


Com todo conteúdo já produzido, passe a segmentar as categorias do projeto organizando-as em tópicos. Peça sempre feedback aos seus conhecidos, pois eles podem entender melhor como você funciona e provavelmente terão uma visão mais ampla de onde você é capaz de ir. Possivelmente muito além do que você mesmo está idealizando. Nada melhor do que ouvir o que as pessoas ao seu redor têm a revelar sobre você e o que pensam que tem à contribuir para sociedade. Portanto, filtre alguns comentários, pois quem vai enfrentar as barreiras daqui pra frente é apenas você, caso não queira comprometer e envolver mais alguém por enquanto.


Depois de tudo organizado, está na hora de você apostar ainda mais no projeto, vestir a camisa e criar uma copy - texto descritivo - com o fim de vender a sua ideia, destacando sempre o que ela terá de melhor, com base nas seguintes categorias:

  1. Apresentação - Resumo do projeto com o que se pretende fazer;
  2. Objetivo Geral - Uma visão ampla de onde se pretende chegar;
  3. Objetivos Específicos - Mencione exemplos;
  4. Justificativa - Por quê seu projeto precisa existir?
  5. Público-Alvo - Com faixa etária, classe social e sexo, conte quem deseja alcançar;
  6. Formato - A categoria principal do seu projeto e como ele se firmará posteriormente;
  7. Plano de Comunicação - Quais mídias se pretende utilizar para a promoção;
  8. Programação - No caso de eventos, detalhe todo o conteúdo com os horários;
  9. Investimento - Em uma planilha completa, detalhe gastos (reversíveis) e custos (fixos como contas mensais) sem hesitar. Tenha seu check-list sempre em mãos;
  10. Contrapartida - Já pensando alto, o que você tem a oferecer em troca de algum apoio ou patrocínio?

Quando sua ideia já tiver tomado a devida proporção de um projeto bem desenvolvido a partir da estrutura acima, chega então a hora de se preocupar em tirá-lo do papel o quanto antes, considerando sempre que não existem fórmulas mágicas para o marketing (digital ou tradicional) de frente à necessidade e a reciprocidade do público, portanto, aposte na sua verdade e desenvolva algo partindo da sua essência. Desta forma ficaria muito fácil preencher estes tópicos e, podendo até mesmo cadastrá-lo em plataformas de crowdfunding como também em alguma lei de incentivo e se arriscar.

No Marketing Digital nós aprendemos que tudo é uma questão de TESTE. Nós lançamos campanhas após estudos de campo, depois analisamos e vamos trabalhando em cima das devidas demandas e nas necessidades do público. Se arrisque e pense fora da caixa mas nunca tenha medo, porque quem tem medo não sai de sua bolha e ninguém conhece. Estamos cheios de pessoas com ideias incríveis, mas que ainda não saíram do papel por um temor que as paralisa.


Você já tem o NÃO. Após chegar até aqui, 

com estas “dicas”,aliadas à seu conhecimento

e criatividade, parta em busca do SIM.


Contudo, monte já sua apresentação e esteja sempre atualizando seu projeto - mesmo que seja no PowerPoint, para enviar às empresas e se conectar com alguém que também irá apostar na sua ideia.


Ficou alguma dúvida? 
Comente a vontade no campo abaixo.



Eduardo Moreira | Produtor de Conteúdo | http://eduardo.estudio520.com

TAGS #planejamento #projetos #artigo #comunicacao #mkt #eventos

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades