Marketing de Relacionamento e Incentivo
Edmundo Monteiro de Almeida
"A arte da comunicação não se resume apenas em saber falar e escrever, mas principalmente em saber se fazer entender.”
GUTEMBERG LAND
15
junho
2021

O que é mais importante: o Ovo ou a Galinha?

Esta metáfora tem tudo a ver com o conteúdo deste artigo, e que neste caso são os Eventos.

Os Eventos na sua engrenagem operacional são parte mais importante de uma maquina maior, o Turismo.

Assim, podíamos começar perguntando se o Turismo é o Ovo, e o Evento é a Galinha, ou é o contrário?

Deixo esse dilema essa resposta não tão importante para as considerações dos meus leitores.

No entanto, para podermos ser mais assertivos na avaliação da resposta, temos que avaliar o que cada ferramenta motivacional representa no contexto da economia.

O Turismo representa 8.1% do PIB BRASIL

Gera 319 milhões de postos de emprego em todo mundo em 2020.

Para o mundo em geral, a grande contribuição deste setor se dá na geração de muitos empregos, preservação da história e da cultura dos países, além de um aumento significativo na economia e na renda da população das cidades.

Mas como nem tudo são rosas, o Turismo no Brasil com todo o seu potencial é limitado, tanto na sua atuação como nos investimentos, principalmente, na sua infraestrutura, e na falta de um planejamento para divulgação no exterior.

A realidade deste cenário não fica por aqui, assim podemos acrescentar a burocracia a falta de capacitação e o que é mais notório, a miopia ou a pouca e relativa importância do Governo na atividade, o mesmo não se pode dizer do seu uso político.

Já os Eventos na sua multiplicidade são para mim o motor da infraestrutura do turismo.

Segundo dados apurados pelo SEBRAE e o Ministério do Turismo, o Setor de Eventos movimentava anualmente em torno de 900 bilhões de reais, ou 14.5% do PIB Nacional, em 2019, 2020.

Independente da sua sazonalidade ou do local onde o evento acontece, a atividade está ligada na sua importância e dinâmica a todas as ações que compõem o turismo. Malha aérea, Indústria hoteleira, Cenografia, Alimentação, Produção e Logística, Tecnologia, Comunicação e mão de obra altamente qualificada.

Por motivos óbvios os eventos online mudaram um pouco a sua configuração e importância, ainda assim, resgataram a tecnologia digital na sua divulgação.

Na sua confecção os eventos são multiculturais, prolixos, e podem acontecer em varias áreas de interesse e importância, como os Jogos Olímpicos, a Copa do Mundo, os Jogos Pan-Americanos, a Eurocopa entre outros. O céu é o limite.

Agora diante destas colocações pergunto: quem é quem? E que é mais importante o Ovo ou a Galinha?

Fundamentais na criatividade e na expressão da atividade humana, os eventos são cada vez mais importantes na atividade turística, no retorno financeiro, na cultura, na informação e no desenvolvimento cultural.

Por este motivo, no Brasil e no mundo, assiste-se ao reconhecimento da atividade à expansão deste mercado em nível mundial.

Para que isto se torne uma realidade no Brasil precisamos de investimentos, políticas públicas, políticas específicas que reflitam o esforço mercadológico nos mais diversos setores para captação de eventos

Para terminar apelo à realidade e à relevância dos eventos na sua atividade econômica e criativa, no seu crescimento cultural, e à constatação da sua importância estratégica na maximização dos seus benefícios.

Os Eventos são a atividade mais importante do Turismo, desculpem os céticos.

Obrigado

Edmundo Monteiro de Almeida

Professor. Mestre em Comunicação

Consultor do Grupo MICE+T Brasil

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades