Montando o cenário do nosso mercado
ABRACE
Blog da Abrace - Associação Brasileira de Cenografia e Estandes
12
agosto
2021

Crescimento (e retorno aos níveis anteriores) requerem investimento, requerem dinheiro!

escrito por ABRACE

HORA DA RETOMADA - E AGORA?

Vacina sendo aplicada, níveis de mortalidade caindo.... parece (e isso é apenas uma percepção) que estamos começando a enxergar luz nesse tenebroso túnel chamado Pandemia.

O esforço do setor (e particularmente das entidades representativas) parece ter sido notado pelas autoridades, que já começam a flexibilizar as regras e possibilitar o retorno dos eventos . Mais que isso,

Mais que isso, temos a impressão de que (até que enfim) temos nossas características e peculiaridades reconhecidos (não, não somos iguais a um show!) . Mas, e agora?

Uma análise pouco aprofundada parece levar à conclusão de que o retorno não será como um passe de mágica, como um “conto de fadas”.

O mercado está destroçado. Reservas pessoais e fragmentos de crédito bancário (quando existente) parecem ser as únicas alternativas de custeio e financiamento para um mercado que precisa reencontrar seu ponto de equilíbrio.

Crescimento (e retorno aos níveis anteriores) requerem investimento, requerem dinheiro!

Preparemo-nos, parceiros, para momentos de extremo stress, entre eles:

Concorrências com dezenas de empresas

Troca de parceiros comerciais por “centavos”

Despreparo (ou pouco preparo) da mão de obra

Falta de insumos

Aumento abusivo nos custos gerais de produção

Falta de crédito

Pouca confiança no retorno do setor

Sim, sei que pareço catastrófico, mas , se servir como consolo, sobreviverão os mais bem preparados. Aqueles que saberão medir o seu trabalho, enxugando custos, investindo em criatividade, em relacionamentos, em excelência.

Sobreviverão os mais organizados, os que recebem guarida de seu grupo. Sobreviverão os mais bem informados, o que tiverem acesso às tendências (técnicas, de mercado, políticas).

A pandemia nos ensinou muito. Novas regras estão sendo trabalhadas, para um mercado mais sadio e profissional.

Até lá, entretanto, caberá a você nadar neste mar não tão limpo, o que vai requerer mais braçadas para chegar a um mesmo lugar.

Vale a pena? Para os apaixonados pelo mercado, sempre valerá!

E você, é um deles?

ALESSANDRO RAGAZZI

Por ABRACE - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CENOGRAFIA E ESTANDES

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades