Notícias do mundo de cá! Reino Unido por ...
Anelise Longo
“Eu tenho duas opções: assistir a tudo isso acontecendo ou fazer parte disso”
Elon Musk
10
julho
2021

Edição 5

escrito por Anelise Longo

Final de semana cheio de emoções! O Reino Unido está em festa com as finais esportivas históricas nesse final de semana e com o avanço para a fase final do plano de reabertura total do país

Football's coming home! 

É a música mais tocada na Inglaterra nas últimas semanas. A canção foi escrita pelos comediantes de stand-up Frank Skinner e David Baddiel para celebrar a Inglaterra, anfitriã da Euro 96, há 25 anos atrás. Com a Inglaterra na final da UEFA 2020, sediada em Londres, os ânimos não poderiam ser melhores. O país chega à primeira grande final desde 1966, após a tensa vitória da Euro 2020 sobre a Dinamarca. Fingers crossed!

Outro esporte borbulhando por aqui é Wimbledon. O torneio de tênis mais “posh” do mundo está acontecendo em Londres entre 28 de junho até 11 de julho e a BBC UK não perdeu a oportunidade para destacar algumas tradições bem curiosas que ainda estão presentes no torneio desde o reinado da Rainha Victoria (1837-1901). Aqui listo algumas:

  • Dress code oficial: roupas imaculadamente brancas! Quando eles dizem branco, eles querem dizer branco, isso não inclui off white ou creme;
  • Morango com creme! Essa é outra marca registrada do torneio. Ao todo, 28 mil quilos de morangos e 7 mil litros de creme são consumidos nos campeonatos a cada ano;
  • Pimm's, o drink do verão por aqui! O coquetel foi criado em 1840 e o primeiro bar Pimm’s foi aberto no torneio de 1971.












London & Partners lançou essa semana o relatório sobre o impacto dos grandes eventos na economia londrina entre 2017-2020. Os eventos considerados no estudo são os com capacidade acima de 10.000 pessoas e/ou com visitantes domésticos ou internacionais, com grande exposição na mídia (TV ao vivo, cobertura nos noticiários ou considerável atividade na mídia social). ALERTA SPOILER! 757 grandes eventos, £2,51 bilhões injetados na economia da cidade, £238 milhões gastos com fornecedores locais e £2,27 bilhões gastos por visitantes incluindo acomodação. Os concertos e eventos culturais foram os que mais contribuíram. Acesse o relatório na íntegra clicando aqui

Apesar do atraso de 1 mês para o avanço da etapa 4 de abertura do país, o anúncio do primeiro ministro na última semana confirma a reabertura total da Inglaterra, que acontece no próximo dia 19 de julho, porém sujeita a uma revisão final dos dados na próxima semana. A fala foi muito sucinta e consistiu em 3 pontos centrais:

  • Fim do distanciamento social, não obrigatoriedade do uso de máscaras e aglomerações permitidas sem limites máximo;
  • Todos os locais fechados atualmente, como clubes noturnos por exemplo, poderão reabrir com segurança e sem limites de capacidade;
  • Precisamos encontrar uma nova maneira de conviver com o vírus!

Por hoje é isso.

Cheers!

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades