Reflexões & Aprendizados
Andréa Nakane
Você pode sonhar, criar e construir a idéia mais maravilhosa do mundo, mas são necessárias pessoas para fazer o sonho virar realidade
Walt Disney
02
dezembro
2015

As Borboletas e seu Martírio na Revoada de Dor e Terror

escrito por Andréa Nakane

Sou uma profissional com mais de 25 anos de experiência no mercado, já vi quase tudo na área de eventos... porém... como o ser humano é magicamente criativo, tenho certeza que muitas outras novidades estão por vir a se acumular na minha bagagem.

Mas sou da linha que acredita que a criatividade tenha que ter limites sim, já que pelo entusiasmo efusivo de impactar e gerar surpresas, muitos profissionais estão aderindo a uma vertente, considerada esdrúxula e que usa e abusa de tudo que é possível e impossível.

Não é possível salientar que tudo pode ser utilizado, sem medir conseqüências e muito menos valores focados na ética e respeito, por outras pessoas e pelo próprio meio ambiente. Afinal se estamos em atravessando um momento difícil no que diz respeito a condições climáticas e gestão ambiental, sabemos bem que foi culpado.

A revolta que foi incessantemente compartilhada nessa semana é a revoada de borboletas em eventos sociais.

Quem trouxe à tona o absurdo foi a jornalista Claudia Matarazzo que levantou a informação que essa prática de soltar borboletas congeladas em determinado momento de uma cerimônia de bodas, que começou nos Estados Unidos, está bombando em terras brasileiras.

Na hora da "revoada", normalmente durante o beijo ou a saída do casal, a equipe do cerimonial precisa bater nas caixas ou sacudi-las para que as bichinhas se mexam, já que boa parte delas está morta ou muito fraca. Assim que soltos, já estressadas, algumas voam um pouco, se batem e caem no chão, sendo posteriormente pisoteadas pelos convidados, creio eu de forma não intenciona, mas o fazem.

Essa idéia estapafúrdia, criminosa e insensível tem seu alicerce nos borboletários, sobretudo oriundos do Nordeste, que utilizam o método da diapausa, uma espécie de hibernação dos insetos. As borboletas são embaladas e congeladas. A técnica diminui o metabolismo dos animais, deixando-os "desacordados".

A diapausa é um processo natural que ocorre no meio ambiente quando há baixas bruscas na temperatura.

Os borboletários assassinos oferecem a dúzia a partir de R$ 135,00. Elas são despachadas por avião dentro de caixinhas. Para a capital paulistana, por exemplo, são mais de duas horas de voo. As noivas precisam retirar a encomenda no aeroporto. As empresas especializadas recomendam a aquisição de no mínimo cinquenta borboletas para conquistar o "efeito" desejado na revoada.

Orgãos, sobretudo do Primeiro Setor, que devem atuar na preservação das espécies, se quer se pronunciaram... mas imagina... a inércia é total... é só lembrar da morosidade da expressão de consternação pelo acidente de Mariana...imagina no caso das borboletas... talvez quando sua extinção for totalmente declarada... eles irão se manifestar.

Por favor, colegas, Criatividade tem que ter Limites... Sejamos nós os benfeitores dessa causa... Revolte-se, Denuncie ao IBAMA, faça a sua parte e durma com a sua consciência tranqüila.

Não ofereça esse serviço e nem atenda nenhum desejo desse tipo de seu cliente... você é profissional e saberá conduzir a situação com uma postura digna e sensata.

Não seja mais um a cometer atrocidades!

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades