Reflexões & Aprendizados
Andréa Nakane
Você pode sonhar, criar e construir a idéia mais maravilhosa do mundo, mas são necessárias pessoas para fazer o sonho virar realidade
Walt Disney
17
janeiro
2014

Em terra de Amadorismo, quem Tem Formação é Rei.

escrito por Andréa Nakane

Ano passa, ano chega e o amadorismo em eventos continua enraizado na sociedade global, alastrando-se como um vírus onipotente e visceral.

A última que está sendo anunciada é o ingresso do príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth II do Reino Unido, no mercado, por intermédio do exército inglês, onde ficará encarregado da organização de eventos do órgão.

O príncipe é capitão do exército e quarto na linha sucessória ao trono britânico e teve sua decisão anunciada pelo Palácio de Buckingham. Entre suas atribuições imediatas estará a colaboração na organização do evento Trooping the Colour, um desfile militar e sobrevoo anual em Londres que comemora o aniversário de 88 anos de sua avó em 2014.

É lógico que o nobre rapaz pode ter finalmente encontrado sua real vocação, mas torna-se imprescindível que o mesmo busque por meio de cursos profissionalizantes, o conhecimento técnico necessário para um desempenho de excelência.

Aliás, em um ano emblemático para o Brasil, com a Copa do Mundo da Fifa e tantos outros grandes eventos, falar em profissionalismo pode parecer absurdo, já que a captação de tantos acontecimentos especiais há muito demanda esse comportamento sério e comprometido.

Mas, a verdade é que há ainda muitos aventureiros e oportunistas, que acham que trabalhar com eventos é algo simples, repleto de situações de glamour e muita diversão.

Impossível não lembrar uma história de uma determinada figura, aqui em São Paulo, que adorava ser convidado nos eventos que sua equipe organizava e quando algum problema ocorria, a criatura simplesmente desaparecia ou se escondia em arbustos próximos para não arcar com as responsabilidades.

Sua trajetória incluía o encerramento de cinco razões sociais em função de processos judiciais, porém sempre teimava em começar uma nova empresa e como tinha uma rede de contatos poderosa... sempre voltava a aprontar.

E o que diretamente podemos fazer para reverter essa situação?

É preciso cada vez mais investir no bem maior que alimenta não só a alma e o intelecto de todas as pessoas, mas também proporciona crescimento pessoal e profissional: a Educação. Seja individualmente ou coletivamente, de nossas equipes.

Independente do patamar de sua carreira, jamais deixe de investir em seu maior patrimônio: o conhecimento atualizado, a ampliação de técnicas e a renovação constante.

Isso poderá torná-lo rei em terra em que há muitos falsos nobres, sem titulação, mérito e competências que teimam em achincalhar o mercado de eventos.

Vista a coroa da educação e não seja apenas mais um... faça a diferença, sendo diferente e investindo na sua contínua educação, o mercado agradece e marcará você definitivamente no rol da realeza suprema do profissionalismo.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades