Reflexões & Aprendizados
Andréa Nakane
Você pode sonhar, criar e construir a idéia mais maravilhosa do mundo, mas são necessárias pessoas para fazer o sonho virar realidade
Walt Disney
10
julho
2015

Organização promete uma das mais bonitas e impactantes Cerimônias na Rio 2016

escrito por Andréa Nakane

Será uma maratona de muito respeito, a final seus números impressionam, já que deve mobilizar mais de 12 mil pessoas, e percorrerá cerca de 20 mil quilômetros, em 100 dias, de maio até o dia 05 de agosto de 2016, com chegada prevista no lendário estádio Mário Filho, conhecido como Maracanã, no Rio de Janeiro.

Se vocë imaginou alguma modalidade esportiva nova, sinto lhe dizer que errou, já que esse ato faz parte de uma das mais antigas tradições dos jogos olímpicos, presente, inclusive nas edições da era antiga, ainda restrita ao território grego.

É a festa da Tocha Olímpica, que ganhará o país para propiciar que o espírito olímpico esteja presente do Oiapoque ao Chuí. Além do simbolismo forte, a tocha carrega acessa a chama mítica, oriunda de Olímpia, berço dos jogos da antiguidade.

Sua trajetória englobará as 26 capitais , o Distrito Federal e mais 270 cidades brasileiras, um revezamento que busca integrar e sensibilizar a nação para a proximidade dos XXXI Jogos Olímpicos da Era Moderna.

Aliás a corrida das cidades que receberão o fogo sagrado já recebeu a largada. Cada município interessado teve de assinar um termo de compromisso com o comitê organizador e já estão recebendo visitas de reconhecimento.

A própria escolha das pessoas que irão conduzir a tocha pelo Brasil será uma forma de valorizar e reconhecer o trabalho de pessoas que impactam positivamente a comunidade que vivem, não sendo restritivo a atletas. Por isso líderes comunitários, professores, gestores de ONGs, etc. serão alvos certos para essa participação especial.

Diariamente, entre 120 a 200 pessoas deverão conduzir a tocha e serão acompanhadas por grandes comitivas incluindo carro de comando, veículos dos patrocinadores, imprensa local, policiais, batedores

Um evento grandioso que demanda muita organização e planejamento para obter sucesso e sobretudo ganhar visibilidade nacional e até internacional.É preciso muita atenção com os mínimos detalhes, já que esse evento pode ser até considerado uma espécie de aquecimento e poderá formatar inicialmente a reputação da sede dos jogos.

Na recente viagem que realizou aos Estados Unidos, a presidente da República, Dilma Rousseff registrou uma gafe relacionada aos jogos que correu o mundo:

“Temos certeza de que faremos uma Copa segura, uma Copa que vai garantir… Aliás, desculpe, uma Olimpíada…”

Erros acontecem… mas esse tão primário… não tem vez e não pode retornar… pelo contrário… até porque dificilmente será apagado da mente das pessoas. Vamos torcer para que a tocha consiga elevar o astral do povo brasileiro e possamos juntos contribuir para uma edição histórica, já com uma bonita e organizada cerimônia que irá consagrar mais uma vez o pensamento do Barão de Coubertin, idealizador dos jogos da idade moderna: “Que a tocha olímpica siga o seu curso através dos tempos para o bem da humanidade cada vez mais ardente, corajosa e pura.”

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades