Reflexões & Aprendizados
Andréa Nakane
Você pode sonhar, criar e construir a idéia mais maravilhosa do mundo, mas são necessárias pessoas para fazer o sonho virar realidade
Walt Disney
19
novembro
2018

Penetras: Uma Praga presente nos Eventos

escrito por Andréa Nakane

Dizem que onde há eventos, há – quase sempre – organização, esforços, trabalho de equipe, roteiro, receptivo, tecnologia, serviços de Alimentos & Bebidas e... Penetras.

Sim, Penetras. Também conhecidos como Bicões, Intrusos, Biculinos e Entrões.

Configurados como pessoas que buscam burlar a organização e fazem de tudo – tudo mesmo – para entrar em eventos sem possuir convites ou ingressos que liberem sua participação nos mesmos, essa categoria cresce vertiginosamente, sendo mais que hora de iniciarmos uma espécie de manifesto e união dos profissionais da área contra esses seres que acabam por só macular a imagem e brilho dos eventos.

As artimanhas desses mau educados de plantão, sim, pois tentar invadir um espaço para o qual não foram convidados e/ou não tem anuência para entrar, extrapola a boa prática de um comportamento civilizado e decente, e pode até mesmo ser considerado um ato de contravenção, pois está de forma arbitrária avançando sobre um espaço particular - no caso de eventos não públicos – e para tal circunstância é cabível acionar a polícia para devidas providências legais.

Essa categoria que nada acrescenta, pelo contrário, só dificulta a operação de um evento, pois ocupam lugares não planejados para recebe-los, não passam por identificações verossímeis de segurança, sem comentar àqueles com o interesse de furtos, tem até associações e agrupamentos não oficiais para fomentar logísticas quase infalíveis para enganar o receptivo e segurança dos eventos.

É preciso ficar muito atento, ser rigoroso no controle da entrada, enfim ter mais atitudes, pois no atual cenário, percebemos mais atitudes por parte dos penetras que dos próprios organizadores. Não podemos de forma alguma achar engraçado, inusitado e normal tais comportamentos que podem gerar transtornos irreparáveis aos acontecimentos especiais.

E na atualidade, ainda temos, o Ambush marketing, termo internacional que designa comportamentos predatórios e ilegais de empresas e marcas que pretendem associar-se aos eventos de grande porte sem que para tal assumam a condição de patrocinadores oficiais. Penetra S.A.

Na busca de um mercado mais ético e práticas nobres, não há como deixar campo fértil para qualquer que seja os tipos de intrusos. Os OPCs tem que fazer seu papel com maior rigor sem perder a altivez e classe, sabendo que existirá desgastes, mas que esses estarão acima de qualquer drible e intenções petulantes, afinal, o que é certo e incontestável é buscar de todas as formas corretas salvaguardar a boa imagem e reputação de um evento. Faz parte do negócio e não pode ser afrontado por nada e muito menos por alguém que age de forma inescrupulosa e insolente em forçar sua presença onde não foi chamado.

Penetras não são bem vindos e ponto final!

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades