Reflexões & Aprendizados
Andréa Nakane
Você pode sonhar, criar e construir a idéia mais maravilhosa do mundo, mas são necessárias pessoas para fazer o sonho virar realidade
Walt Disney
23
maio
2015

Pode ser dicotômico, mas quando a Morte chega pensamos na Vida

escrito por Andréa Nakane

Não há escapatória... mais cedo ou mais tarde... tomara bem mais tarde... ela chega... às vezes na surdina, repentina, outra vezes até mesmo ansiada, uma solução de alívio para sofrimentos e dores... natural ou não... seja qual for sua especificidade quando ela chega deixa todos atordoados, saudosos e com uma sensação de repensar a vida quando ainda a temos.

Pode ser dicotômico, mas quando a Morte chega pensamos na Vida.

E hoje, sábado, dia 23, com a notícia do falecimento, do Sr. Lemos Britto, um ícone da área de comunicação e eventos... essa sensação domina nossos pensamentos.

Seus 76 anos certamente foram muito bem vividos e deixaram um legado único para quem vivencia e tem paixão pela área de eventos.

Seu pioneirismo como produtor independente fez escola e acabou por inspirar tantos outros profissionais a trilhar seu caminho de empreendedor.

Promoveu inúmeros shows com artistas nacionais e internacionais e seus projetos, muitos ligados a televisão, demonstravam sua visão de espetáculo de massa. Como exemplos pode-se citar o “1º Festival Nacional da Bossa Nova”, o “Troféu São Paulo”, que reuniu artistas como Elis Regina, Silvio Santos, Wilson Simonal, Jair Rodrigues, entre outros.

Por suas façanhas começou a ser chamado de “o homem das coisas impossíveis”. Trouxe a primeira Escola de Samba do Rio para São Paulo, e conseguiu um público de 500.000 pessoas. Organizou grandes concursos como o “Miss São Paulo”, “Miss Café”, Miss Algodão”.

Realizou inúmeras feiras e sua empresa acabou por introduzir uma nova forma de planejar e administrar os eventos.

Ele hoje se foi... para outra esfera... para outros desafios desconhecidos... mas... vale ressaltar todo o importante legado que deixou para nós, profissionais de eventos, que temos agora, ainda, mais responsabilidade em continuar honrando esse projeto de vida, que não irá cessar com sua partida, pois há inúmeros admiradores e colegas que manterão seu espírito vivo, proporcionando que suas histórias continuarão sendo fontes de inspiração para alçarmos grandes projetos e quem sabe um dia também escrevermos um capítulo no livro de ouro dos eventos no Brasil como ele o fez!

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades