Tecnologia em Eventos
Marco Barcellos
O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis
Fernando Pessoa
23
julho
2013

A Jornada Mundial de uma Juventude conectada!

escrito por Marco Barcellos

A JMJ - Jornada Mundial da Juventude, foi criada em 1985 pelo Papa João Paulo II. Mas a ideia deste grande evento católico começou no ano anterior, quando foi celebrado o Encontro Internacional da Juventude na Praça São Pedro, no Vaticano, por ocasião do Ano Santo da Redenção. Na ocasião, o Papa entregou aos jovens uma Cruz – conhecida hoje como Cruz da Jornada, que mais tarde se tornaria um dos principais símbolos da JMJ.

Vale lembrar que, naquela época, as transmissões eram feitas apenas pela Televisão e Rádio, com cobertura dos jornais e revistas através dos correspondentes internacionais, mas com pouca conexão instantânea, já que não existia telefonia celular e a Internet comercial estava engatinhando.

O ano de 1985 foi declarado Ano Internacional da Juventude pelas Nações Unidas, e em março houve outro encontro internacional de jovens no Vaticano. Ainda em 1985, o Papa João Paulo II anunciou oficialmente a criação da Jornada Mundial da Juventude. Desde então, a JMJ acontece em âmbito diocesano, celebrada no Domingo de Ramos e, com intervalos que podem variar entre dois e três anos, são feitos os grandes encontros internacionais.

Desde a sua criação, a JMJ acontece pela segunda vez na América do Sul, e a primeira no Brasil. Assim como os grandes eventos esportivos globais, o Rio de Janeiro recebe um dos maiores eventos religiosos do mundo, tornando-se assim a 12ª cidade a receber o encontro internacional de jovens com o Papa Francisco – o argentino Jorge Bergoglio.

O Papa Francisco terá uma agenda cheia, começando com uma missa na cidade de Aparecida, em São Paulo e retornando à Cidade Maravilhosa na sequência. A Jornada segue no Rio com a “Acolhida” – uma cerimônia realizada em Copacabana na primeira oportunidade de encontro dos jovens com o Papa. A “Vigília” reune os peregrinos da tarde de sábado à manhã de domingo. Para mostrar que a “Jornada” não termina, a “Missa de Envio” será realizada em Guaratiba (RJ) e representa o envio dos jovens pelo mundo. Durante esta missa, o Papa anunciará o local da próxima edição da JMJ. Depois, a “Via Sacra” destaca as estações da via dolorosa que Jesus percorreu e será encerrada na sexta-feira, na Praia de Copacabana.

Vários eventos paralelos ocorrerão durante a JMJ, incluindo a parte musical com apresentações nos bairros da Penha e Méier, na famosa Feira de São Cristóvão, nos Arcos da Lapa e no Teatro João Caetano. Além disso, na Quinta da Boa Vista ocorrerá a Feira Vocacional, que reúne os jovens das comunidades, congregações e diversos movimentos católicos. São três tendas e mais de 100 estandes com exposição de música, artes e esportes.

Ao longo dos 28 anos de existência, a Jornada Mundial da Juventude já reuniu mais de 15 milhões de pessoas nas edições anteriores. Mas com certeza, praticamente todos os peregrinos da JMJ 2013 no Rio estarão registrando o encontro com milhares de smartphones, celulares e tablets, gerando dezenas ou centenas de milhões de posts, fotos, comentários e tuítes. Vale lembrar que 2012 foi o primeiro ano em que a venda global de smartphones superou a venda de notebooks, criando este novo cenário de mobilidade mundial, principalmente da juventude.

Comparativo de Vendas de Notebooks, Smartphones e Tablets 


Atualmente, o Vaticano possui comunicação direta com os fiéis seguidores através do twitter, e o Papa Francisco certamente arrastará mais uma multidão virtual pela rede mundial. Além da intensa cobertura jornalística no principais portais de notícias do país e do mundo, certamente teremos uma grande quantidade de posts em Blogs e no Facebook, geando um tráfego extraordinário em função deste evento. Vale citar o aplicativo “O Papa do fim do mundo”, desenvolvido em parceria do jornal “Clarín” e a “Folha de S. Paulo”. Este “app” reunirá fotos e imagens inéditas, histórias curiosas e relatos sobre a vida do Papa. O aplicativo custa US$ 2.99 (cerca de R$ 6,70) e pode ser baixado diretamente da Apple Store. Novos tempos de fé conectada.

Independente de religião, a Jornada Mundial da Juventude é um grande evento global, com milhões de peregrinos “presenciais” e que, desta vez, terão também a compania de outros milhões de seguidores 2.0. Vale a pena conferir, ao vivo e a cores, e pela Internet!


Cerimônia de posse do Papa Bento XVI (2005), e do Papa Francisco (2013)










Fonte: JMJ 2013, Websites, Wikipedia, Folha de S.Paulo, Jornal Extra.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades