Tecnologia em Eventos
Marco Barcellos
O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis
Fernando Pessoa
26
setembro
2018

ScanSource destaca a inovação em evento com palestra do fundador do WAZE

escrito por Marco Barcellos


Mostrar as inúmeras oportunidades de negócios, apesar das adversidades econômicas enfrentadas pelo Brasil, foi o desafio proposto pela ScanSource em seu evento anual para canais de distribuição.

O PPM & Potencializando 2018, realizado em setembro, em Campinas, conseguiu reunir os 300 maiores canais de distribuição da ScanSource no Brasil com seus principais fornecedores, que tiveram a oportunidade de realizar encontros privados, em busca de oportunidades de negócios. Essas empresas atuam em 27 estados e geram mais de 23 mil empregos no País. Juntas, somam cerca de R$ 10 bilhões de faturamento anual.

O Premium Partner Meeting & Potencializando 2018 reuniu os principais executivos do mercado para discutir a inovação no ecossistema de distribuição, onde a ScanSource destacou durante três dias a inovação em evento para mais de mil profissionais de todo o Brasil.

Para tanto, a empresa convidou o empreendedor e cofundador do Waze, Uri Levine, que falou sobre as dores que geram as maiores oportunidades de inovação. “Eu sempre tomo como ponto de partida um grande problema e vejo as soluções que trazem valor para as pessoas”, afirmou.


Além do exemplo do Waze, Levine destacou dois de seus novos empreendimentos, o Moovit, voltado a usuários de transporte público, e o Engie, um aplicativo que aproveita a eletrônica embarcada nos novos carros para antecipar diagnóstico de defeitos. No mercado empresarial, foco do público reunido no evento, Levine diferencia as inovações voltadas a melhorias operacionais e serviços entregues diretamente a clientes (como aplicativos de autoatendimento, por exemplo). “A maior dificuldade das empresas está relacionada a mudanças que chegam ao consumidor”, constata.

De forma geral, contudo, a chave é a precisão com que se questionam os processos de negócio (comunicação, atendimento, entrega etc). “É mais fácil ter sucesso nos projetos de inovação quando os problemas são claramente descritos e há pessoas motivadas a buscar novas soluções. Mas nada impede que alguém se dedique a problemas que estão por vir”, ponderou.

Rafael Paloni, presidente da ScanSource na América Latina, explica que a participação de Levine veio em um momento no qual a valorização dos serviços digitais abre novas frentes para os canais de diferentes perfis. “O negócio de distribuição e vendas de infraestrutura, network e segurança, assim como os serviços associados à cloud computing continuam com um crescimento consistente. O que temos agora é a oportunidade de conjugar inovações, integrar tecnologias emergentes ou legadas e criar soluções de alto valor para os clientes finais”, observa.

Além de Rafael Paloni e Uri Levine, o evento contou ainda com a presença de Alexandre Conde, copresidente da ScanSource para América Latina, e a palestra do professor e historiador Leandro Karnal.

Paloni nota que um dos grandes aprendizados com as startups é a abordagem de costurar soluções já existentes, por exemplo, juntar sistema de rotas com serviços meios de pagamento como base do aplicativo de transporte, e lançar negócios a uma velocidade inusitada no mundo empresarial.

Com 760 pessoas na América Latina, das quais 550 no Brasil, a ScanSource representa 85 fabricantes e mantém uma rede de 10 mil canais ativos, entre revendas, provedores, integradores, VARs e desenvolvedores. Nesse contexto, Paloni destacou o programa Partner to Partner, para fomentar a colaboração entre os clientes da ScanSource. “Em projetos complexos, um parceiro focado em determinada competência acelera a entrega e garante que se atenda plenamente o cliente final”, diz.


Fonte: ScanSource, Market21, TI Inside

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades