Trip & Soul
Marco Aurélio Moura
Costumo responder, normalmente, a quem me pergunta a razão das minhas viagens: que sei muito bem daquilo que fujo, e não aquilo que procuro
Michel de Montaigne
05
fevereiro
2016

Paulistano tem samba no pé sim.

Nasci em São Paulo, mas cresci em Curitiba e, mesmo assim, assumo – sou apaixonado por São Paulo, a minha, a nossa São Paulo.

Carnaval nas ruas de São Paulo
E, neste 2016 fiquei feliz em ver que a cidade resolveu se abrir mais para o Carnaval e as ruas foram ganhando um novo colorido e uma sonoridade que não se escuta sempre – blocos, festas, bailes e até o trio elétrico de Daniela Mercury veio para mostrar aos paulistanos o que é a verdadeira “pipoca” do carnaval baiano. E, claro, que os foliões que só se entregam quando vão para os tradicionais endereços de Momo, apareceram e estão fazendo uma grande festa.

Eu, como bom folião que sou, acompanhei vários blocos, me acabei na descida da Consolação atrás do trio de Daniela e, agora me preparo para as festas do Rio de Janeiro. Ainda não sei se irei para a avenida ver as escolas de samba, que vale à pena, pois é um dos espetáculos mais lindo, colorido e rico da América Latina.

Carnaval nas ruas de São Paulo
Foi bom ver mais de 200 mil pessoas correndo atrás dos blocos a cada final de semana. Com apoio da Prefeitura de São Paulo, alguns bairros, como foram sendo abertos para a folia, como Pinheiros, Ibirapuera, Centro. A festiva Vila Madalena, teve que se adaptar às novas regras e horários, desafogando suas ruas e deixando seus moradores dormirem mais cedo. Triste, é constatar que algumas pessoas não ainda insistem em quebrar este protocolo provocando arruaças e, consequentemente, com policiamento mal preparado, partirem para uma briga de rua que não deve acontecer.

Deixando estes tristes acontecimentos, felizmente, o que pude ver, foram foliões que estão acostumados a frequentarem as folias em grandes cidades como Salvador, Recife e Rio de Janeiro que este ano puderam encontrar um novo prazer de diversão. Mas, será que esta tendência veio para ficar? Espero que sim, pois esta amostra provou que o paulistano gosta sim, de carnaval e nossa cidade tem infraestrutura para grandes festas.

Arquivos
Buscar nos Blogs
O que deseja procurar?
Escritores
Newsletter
Receba as novidades